Assassinato ocorrido hoje em cima da ponte do Itapecuru foi vingança, diz delegado

Foi morto com 3  tiros hoje, por volta do meio dia, em cima da ponte sobre o rio Itapecuru, em Codó, (ponte que liga o Santo Antonio À Trizidela), Paulo Leandro dos Santos Sousa, mais conhecido como LÉO.

A vítima ficou alguns minutos agonizando caído ao chão com um capacete na cabeça, uma vez que pilotada uma motocicleta, até o SAMU chegar, foi socorrido mas, sangrando muito, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

De acordo com o que informou o delegado regional, Zilmar SANTANA, Léo respondia à dois inquéritos onde era o principal suspeito de dois homicídios, um deles, exemplificou o delegado, foi o de Gilson Oliveira Félix, vulgo Pica-pau.

Além destes dois indiciamentos, Zilmar Santana confirmou que Paulo Leandro dos Santos Sousa era suspeito de mais 3 homicídios, por isso a polícia trabalha com a hipótese de vingança.

Já existem suspeitas de quem teria mandado matar Léo, mas a polícia preferiu não dá maiores detalhes para não atrapalhar as investigações.

Dois homens o perseguiram e o mataram em cima da ponte, tomando rumo ignorado.

2 comentários sobre “Assassinato ocorrido hoje em cima da ponte do Itapecuru foi vingança, diz delegado”

  1. Olaaa Caros codornizes,fico me perguntando cadê as câmeras de seguranças que estão instaladas sobre a ponte???
    Pois si estão funcionando vai ser saber quem foi

    1. Xiiii seu menino, nenhuma das speed domes funciona não!!!
      Foi fogo de palha!!!
      E olha que em Codó tem profissional pra dar manutenção, mas escolheram uma empresa de caxias pra isso e agora ferrou!!

Deixe um comentário