ASSISTA AGORA – O risco de aderir ao chamado ‘saque-aniversário’ do FGTS oferecido pelo governo

A Medida Provisória 889/2019, do Governo Federal, planeja beneficiar cerca de 96 milhões de brasileiros liberando saques do Fundo de Garantida por Tempo de Serviço.

Ela traz três modalidades de saques. Estamos, por causa da mídia, mais familiarizados com o de R$ 500 que vão estar disponível já a partir de setembro/2019 ficando disponíveis até março/2020.

Mas existem mais duas modalidades e uma em especial, a chamada SAQUE-ANIVERSÁRIO merece uma atenção redobrada  por parte do trabalhador porque ela implica em algumas perdas.

A pedido nós gravamos este vídeo chamando a atenção do trabalhador para algumas coisas que não estão sendo divulgadas com maior afinco sobre o saque do FGTS. Confira o vídeo e fique atento na hora de decidir sobre fazer ou não adesão, saque do FGTS.

6 comentários sobre “ASSISTA AGORA – O risco de aderir ao chamado ‘saque-aniversário’ do FGTS oferecido pelo governo”

  1. A adesão faz quem quer. Ninguém é obrigado. Apenas foi criado mais uma válvula de escape. Na realidade o FGTS serve mais para enriquecer os empresários da construção civil. O rendimento para o trabalhador é insignificante.

  2. A adesão faz quem quer. Ninguém é obrigado. Apenas foi criado mais uma válvula de escape. Na realidade o FGTS serve mais para enriquecer os empresários da construção civil. O rendimento para o trabalhador é insignificante.

  3. A adesão faz quem quer. Ninguém é obrigado. Apenas foi criado mais uma válvula de escape. Na realidade o FGTS serve mais para enriquecer os empresários da construção civil. O rendimento para o trabalhador é insignificante.

  4. Declarações de Oscar Maroni: ” no meu balneário com 500 reais vc toma duas long nec e uma dose de wisk nacional, vc não fica bêbado, não come ninguém, sai liso e taxado de pobretão” agora…. já no cabaré da Chica em Codó, vc fecha pra balanço. Pega fogo cabaré….

Deixe um comentário