Audiência pública sobre segurança em Codó foi um fracasso do começo ao fim

O primeiro fracasso da anunciada audiência pública foi o fato de não conseguirmos trazer para ouvir nossos reclames a figura do nosso ilustre secretário de Estado da Segurança Pública, Jéferson Portela.

Em seu lugar veio o subsecretário Saulo de Tasso Weverton. Todos os demais integrantes da comitiva também apresentaram-se como substitutos de seus colegas de comando.

Saulo de Tasso em discurso que falou mais dos problemas que das soluções
Saulo de Tasso em discurso que falou mais dos problemas que das soluções

A primeira coisa que isso demonstra é que nossos problemas são de relevância diminuída, que sequer merecem a presença das autoridades que deveriam, ao menos, ouvi-los para nos dar aquele banho de lábia e dizer – se acalmem, estamos chegando agora, vamos resolver.

NOSSOS PROBLEMINHAS

E não são poucos os nossos problemas.

Vou destacar aqui apenas o que os substitutos destacaram na primeira parte da audiência realizada no auditório da Câmara de Dirigentes Logistas, também levada a efeito na segunda parte realizada na Câmara de Vereadores, à tarde.

Na área da Polícia Civil falou-se na  falta de uma Unidade do Instituto de Criminalística do Maranhão, o famoso ICRIM. Hoje a situação é crítica, todo exame pericial é feito somente em Timon, até de ‘queda’ de bicicleta.

Já acompanhamos famílias que esperam quase o dia inteiro pelo retorno do corpo do ente morto de forma violenta que foi passar por exame e a demanda codoense é grande segundo o próprio delegado regional.

“Nós estivemos no Icrim de Timon, nós não temos Instituto de Criminalística, a gente encaminha essa demanda ao Icrim de Timon, nós estivemos lá e eu escutei lá do gestor do Icrim que Codó, a regional de Codó, a demanda que nós criamos pra ele questão de armas, drogas que são encaminhadas ao Icrim, não é maior apenas do que Caxias. A gente envia mais armas do que a própria regional de Timon”, afirmou o delegado regional Alcides Nunes Neto em discurso de abertura na CDL.

Sobre isso, nenhuma solução foi anunciada. Ficamos só chupando o dedo.

E OS PRESOS NA DELEGACIA?

Outra questão suscitada foi a presença de presos de custódia na delegacia regional de Codó, o que é proibido por lei. Saulo de Tasso jogou a culpa nos governos que antecederam o de Flávio Dino, o que não deixa de ser verdade, mas a solução possível continua emperrada pelo governo que ele representa.

Mesa dos trabalhos
Mesa dos trabalhos

Refiro-me a arrastada reforma do Centro Regional de Ressocialização, no bairro São Pedro (antigo CSU). A obra deveria ter sido entregue em janeiro de 2015.

Só este ano já foram 3 paralisações dos trabalhadores por falta de pagamento.

“A Polícia Civil ela se recente, muitas das vezes, dessa situação de presos alocados nas delegacias e aí é uma outra situação de abandono, abandono do sistema carcerário que o governo atual implementa na construção de novos presídios para que possa retirar esses presos das delegacias dando implemento nas investigações colocar o policial civil na sua atividade fim, que é investigar os crimes que ocorrem”, prometeu em entrevista

E OS 71 PMS  DE CODÓ, SÓ?

A PM de Codó tem o mesmo efetivo de 15 anos atrás, segundo reclamação do próprio tenente-coronel Jurandir de Sousa Braga feita publicamente ao subsecretário de Segurança Pública do Estado.

São apenas 71 PM’s e 8 oficiais.

A solução ficou no campo da promessa de novo, aquela velha história do concurso, do treinamento e coisa e tal…

“Foram chamados novos policiais para a formação e nós estamos agora com um aporte de 400 policiais recém-formados que vão dá esse suporte não só pra Codó como todos os outros municípios do Maranhão”, assegurou Saulo de Tasso Weverton

SÓ 8 VIRÃO?

O blog apurou que a previsão para Codó não é nada animadora. O Comando-Geral  deve mandar apenas mais 8 policiais para este município e para não perdê-los o comandante do 17º BPM deve justificar, de forma bem fundamentada e escrita, por que ele deseja ter este ‘grande aumento de efetivo’ à sua disposição.

É mole?

Se dissermos que esta audiência foi um sucesso, estaremos brincando com os neurônios que ainda resistem na cabeça de alguns desta abandonada cidade.

24 comentários sobre “Audiência pública sobre segurança em Codó foi um fracasso do começo ao fim”

  1. Lamentável a ausência do Secretário. Se com Secretário o resultado é quase zero, sem sua presença…

    Não falaram sobre o toque de recolher em Codó diário a meia noite?

    Políticas de Segurança Pública falhas no Estado do Maranhão. Eis o resultado!

    Em Codó essa é a imagem da agência do Banco do Brasil a noite, quase 22h00, apenas dois caixas eletrônicos funcionando, final de semana sem dinheiro nos caixas eletrônicos.

    Ao invés de oferecer efetivo suficiente para o policiamento ter condições reais de inibir assaltos com explosões nas agências bancárias, em Codó optam por deixar a população sem dinheiro!

    A prática de assaltos em agências bancárias no Estado do Maranhão continua impune. Prática ultrapassada em outros Estados, continua existindo por total falta de atitude e vontade.política de governos passados e o pior, do atual governo estadual no Maranhão que utilizou a bandeira do “NOVO E MUDANČA’…

    O povo de Timbiras se humilha para se deslocar até Codó para sacar dinheiro.

    Banco do Brasil por dia vez não toma medidas de segurança preventivas eficazes, limitando-se a deixar pouco dinheiro nos caixas eletrônicos e não demonstra preocupação ou agilidade na reposição de equipamentos para voltar a funcionar.

    Só nos resta acionar o Poder Judiciário a fim de pleitear indenização por Danos materiais e morais contra o Banco do Brasil e Estado do Maranhão.

    Codó, Maranhão, 03 de Setembro de 2.015.

    Tomé Mota
    Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor
    OAB SUBSEČÃO CODÓ/MA

    1. Grande Presidente ………….., bem que você poderia fazer jus a esse cargo…se intitula defensor ……… e recebeu R$ 200,00 para fazer uma revisional do meu veículo e até hoje não resolveu nada, além de ficar se escondendo sempre que o procurava em sua residência. Pra um presidente da …..pega mau viu! Reveja seus conceitos e procure corrigir primeiro seus defeitos para depois tentar corrigir os outros!

  2. O Parabéns aos Vereadores Leonel Filho e Expedito Carneiro pois falaram em defesa do povo mesmo, a favor da população gostei muito, afinal Flavio Dino vai fazer algo ou não por nossa segurança publica??????? Ou passar estes 4 anos culpando o passado e precisa ou não de mais efetivo??????

  3. Pêdo e Bipolar ficaram mal na foto. Anunciaram a presença do secretário e lavaram um grande cano. Isso mostra o grande “prestígio” de quem se autodenomina “o homem do Governador” em Codó. kkkkkkkkk

  4. Então, até o momento o Sr. Flávio Dino não demonstrou nada. Se vai fazer algo de melhor ou é só conversa. Codó é discriminada por este Governo que falava que o Maranhão era de todos. Até o momento é só caxias….;Que Democracia é esta que um lado tem oportunidades. Com a palavra o Vereador Pedro Belo, que fique esperto se não ele vai ser o próximo a sobrar.

    1. Meu amigo Ronaldo, a equação é simples. Humberto Coutinho sempre foi o principal financiador das campanhas de Flávio Dino, desde a primeira para deputado federal. Daí o direcionamento de verbas para Caxias, agora feudo dos Coutinhos. Só isso e nada mais.

  5. Não TEM nada para Falar nessa Mudança de Governo,Tudo Parado sem Projetos para o Futuro do Maranhão Foram Bons em Dizer para o Povo que o Maranhão era de Todos Nós mais o JEITO de Governar é Totalmente Diferente só GERRI e DINO esse é o Maranhão pra Nós.

  6. Prefeitura de Codó vai gastar mais de cinco milhões na manutenção de praças
    Política 04-09-2015 às 13:171 comentário

    A cidade de Codó no Maranhão com certeza deve ter muitas praças e com isso o prefeito Zito Rolim vai desembolsar um valor milionário para mantê-las.

    A empresa Delta Projetos e Construções vai embolsar quase R$ 6 milhões da prefeitura para realizar a recuperação e drenagens das praças existentes no município.

    Há quem diga que as praças estão abandonadas, agora é esperar para ver a manutenção.

    A prefeitura municipal de Codó já é conhecida pelos contratos exorbitantes em todos os setores e na maioria da vezes aplicados incorretamente.

    qqqqqqquiquiqui+rsrsrs

  7. Oferecimento:Wersus Interactive!

    Posts
    Autor
    Denuncie

    Prefeitura de Codó vai gastar mais de cinco milhões na manutenção de praças
    Política 04-09-2015 às 13:17

    3 comentários

    A cidade de Codó no Maranhão com certeza deve ter muitas praças e com isso o prefeito Zito Rolim vai desembolsar um valor milionário para mantê-las.

    A empresa Delta Projetos e Construções vai embolsar quase R$ 6 milhões da prefeitura para realizar a recuperação e drenagens das praças existentes no município.

    Há quem diga que as praças estão abandonadas, agora é esperar para ver a manutenção.

    A prefeitura municipal de Codó já é conhecida pelos contratos exorbitantes em todos os setores e na maioria da vezes aplicados incorretamente.

  8. Que Façam a Reforma das Praças Elias Araújo em (Frente o Convento Santa Filomena)Praça Padre João Vilar (Matriz).Praça do Antigo Cinema,Praça Fausto Atrás do Complexo Renê Bayma,e outras que se Encontram em Total Abandono.

  9. O que mais esses vereadores sabem fazer é tá se preocupando com a imprensa local, parece coisa de fofoca, picuinha.Mas na hora de mostrar serviço é isso aí, fracasso total.
    Faltam ideias novas, propostas e coerência.Em 2016 vamos eleger novos representantes.

  10. Matéria: Prefeitura de Codó vai gastar mais de cinco milhões na manutenção de praças.
    Rapaz Diz isso não. Pois isso é mais um absurdo e uma grande molecagem dessa administração que mais parece uma casa de mãe joana.
    As praças de Codó, assim como toda a Cidade está abandonada por esse Desgoverno há mais de 07(sete) anos, e agora me vem esse “sujeito” que se diz Prefeito, com o Contrato desses. Deus nos acuda.
    É como dizem os mais velhos: Codó é realmente uma terra de muro baixo. Pois aqui um Paraíba, um Ceará e um Carioca mandam e desmandam e os vereadores(todos calados) e o MP fazem de conta que está tudo bem. Lamentável.

  11. A CÂMARA DE VEREADORES DEVE VERIFICAR, COM MUITO RIGOR, A VENDA DA PRAÇA “”MARIANO BARROS”
    QUE FICA ATRÁS DO ARMAZÉM PARAÍBA. PELO DECRETO DO SAUDOSO PREFEITO, JOSÉ DOMINGOS ARAÍJO, O LOCAL FOI DESTINADO PARA A EMPRESA TELMA INSTALAR O SERVIÇO TELEFÔNICO NA NOSSA CIDADE. POSTERIORMENTE, A TELEMAR ASSUMIU O CONTROLE DA TELMA E, APÓS CERTO PERÍODO, DEVIDO O USO DE CELULARES E INSTALAÇÕES DE TELEFONES RESIDENCIAIS E COMERCIAIS, A TELEMAR RETIROU-SE DA CIDADE. ENTÃO, O CERTO SERIA A TELEMAR DEVOLVER O PATRIMÔNIO AO MUNICÍPIO E NÃO “”VENDER”, O QUE CARACTERIZOU ENRIQUECIMENTO ILÍCITO. COM A PALAVRA OS VEREADORES.

  12. “”FELICIDADE””, EU NÃO FALEI EM DEVOLVER, FALEI NA VENDA, “”TOTALMENTE”” …, UMA TRIANGULAÇÃO FEITA POR UM COMPRADOR E, AO MESMO TEMPO, VENDEDOR, DE CAXIAS. TUDO FEITO NA MAIOR “…..””, POIS, A TELEMAR, AO SAIR DE CODÓ, PERDEU A SUA FINALIDADE EM CODÓ, PORTANTO A PRAÇA TERIA QUE VOLTAR AO MUNICÍPIO.

    VENDENDO O QUE NÃO LHE PERTENCIA, A TELEMAR PRATICOU ….. E POR TABELA OS COMPRADORES.

    ACONTECE, FELICIDADE, É QUE O PREFEITO NÃO TEM FORÇA MORAL PARA BUSCAR NADA, PRINCIPALMENTE DOS COMPANHEIROS COM QUE CONVIVEU EM CERTO “”R A M O de N E G Ó C I O “”. Segunda feira, darei explicações com mais detalhes dessa negociação, detalhes documentados.

Deixe um comentário