Autoridades e grande público realizam a abertura da 47ª ExpoCodó

No último Final de Semana foi aberta mais uma Exposição Agropecuária em Codó. Antes da solenidade da abertura oficial da ExpoCodó 2019, foi realizada a tradicional cavalgada, onde cavaleiros e amazonas participaram de um café da manhã ofertado pela organização do evento. Logo após o Café da manhã a cavalgada saiu em direção ao Parque de Exposição Walter Zaidan.

Estavam presentes no evento o prefeito de Codó, Francisco Nagib, o deputado estadual, Zito Rolim, secretários de governo, representantes do Governo do Maranhão, do legislativo municipal, além de empresários, representantes de entidades e investidores do ramo agropecuário.

O Presidente da ACRIVI, Júnior Pintor, falou da importância da 47ª ExpoCodó.

Começamos neste sábado em uma abertura junto com toda sociedade codoense. No Parque de Exposições Walter Zaidan esperamos receber cerca de 50 mil pessoas durante os sete dias de evento, ajudando a movimentar a economia local. Esperamos que bons negócios sejam fechados aqui, entre as empresas que estarão  com seus Stands. Esperamos muitos bons negócios e entretenimento para o grande público”.

A Expo-Codó 2019 terá em sua programação: leilões de animais, eventos técnicos, parque de diversões, praça de alimentação, exposição de animais, rodeio profissional em touros, cavalgada e muitas outras atrações. De acordo com a comissão organizadora da festa, entre as atrações artísticas confirmadas estão: Karol Bezerra, Ivan Lima e Acácio, Silvano Sales, entre outros shows.

Acostumado a acompanhar a cavalgada abertura do evento ano após ano, o deputado estadual Zito Rolim destacou a importância da feira para a economia da região. “É um evento muito importante para o calendário de atividades econômicas e sociais de Codó. É um trabalho de equipe. A cidade conta com uma equipe muito boa. Eu quero parabenizar a todos da organização, todos os participantes, todos os sócios da Associação dos Criadores. Um evento sempre bem vindo, que movimenta a economia local. Parabenizo a todos da ACRIVI, ao prefeito e a população que está vindo prestigiar”.

O prefeito Nagib também destacou o aspecto econômico da ExpoCodó que, logo depois do bem sucedido festejo junino em Codó, aquecerá o comércio e a economia como um todo. “Nós temos que ser persistentes e esperançosos mesmo diante de crises como a que vivem nosso país. Mais uma vez, com a união de empresários, comerciantes, o governo municipal e a ACRIVI, chegamos ao sucesso. O Parque de Exposição hoje é uma referência graças ao trabalho e coragem dessas pessoas. Quero dar meus parabéns a todos e desejar mais um ano de ótimos resultados. Com o apoio dos amigos, com o apoio do governo estadual, do governo municipal vamos dar continuidade a esse grande evento anual”, finalizou o prefeito.

Ascom – PMC

Um comentário sobre “Autoridades e grande público realizam a abertura da 47ª ExpoCodó”

  1. UMA BREVE HUSTORIA DA EXPOSIÇÃO AGROPECUARIA EM CODÓ:

    O CODOENSE está assistindo a mais uma exposição agropecuária em Codó.
    Tivemos a felicidade de assistir aos trabalhos de montagem do parque para a primeira exposição em 1969. Um trabalho incansável de criadores codoenses e do gerente do Brasil na época Walter Zaydan. Hoje o parque leva o seu nome. Foi uma grande festa. O Prefeito da época era René Bayma que em razao de um derrame sofrido tinha viajado para São Paulo a tratamento. Assumiu a Prefeitura o Vice, Antonio Edson Araújo, O Bitar. Fazem portanto 50 anos da primeira exposição. De lá pra cá tivemos a perspectiva de inúmeros projetos agropecuários aprovados pela SUDENE E implantados no decorrer de alguns anos.
    – Verde Negro Agropecuaria;
    – Arado Agropecuaria;
    – Orcaisa agroindustrial.
    – Agronosa agropecuaria;
    – Comvale agropecuaria;
    – Ersa agropecuaria;
    – Fazendas Modelo;
    – Monte Cristo agropecuaria;
    Foram projetos aprovados e milhões foram liberados para criação de gado de corte, gado leiteiro, matrizes e reprodutores de alta linhagem, plantios de
    arroz e amendoim.
    Pois bem as perspectivas eram de que tudo isso iria contribuir para transformar Codó em um grande centro de agricultura e pecuária. Por consequência teríamos as melhores exposições do Estado. Nada disso aconteceu. Nenhum destes projetos vingou e continuamos na mesma posição. Nenhuma destas fazendas existem hoje. Lamentável. O Parque de Exposição aos poucos se transformou numa espécie de festa de arraial. Muitas barracas de comidas e bebidas. Parques de diversões e apresentação de cantores. É isso aí. Continuamos e não chegamos a lugar nenhum. UMA pena.

Deixe um comentário