BACABAL: Alunos do curso de bovinocultor de Leite participam de aulas práticas

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.

Curso de Laticínio - Bacabal
Curso de Laticínio – Bacabal

O Pronatec tem como objetivo democratizar a educação profissional e técnica, através do aumento do número de vagas, ampliação de instituições pelo país e garantindo bolsas de estudos aos interessados.

“O programa sempre esteve aberto aos municípios brasileiros que desejam investir na qualificação de Mão de Obra”  em diversos seguimentos.

Apesar de existir desde 2011, em Bacabal o programa só ganhou ênfase a partir de 2013 com a chegada do novo governo.Em 1 ano e meio de administração milhares de jovens já passaram por cursos profissionalizantes nas mais diversas áreas. Sob a coordenação da Secretaria de Assistência Social e o apoio da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego, Renda e Turismo, muitos profissionais estão ampliando seus conhecimentos, melhorando a produtividade e ingressando no mercado de trabalho.

Esta semana 34 alunos que estão fazendo o curso de Bovinocultor de Leite foram agraciados com uma visita à Jataí Industrial, empresa de laticínios localizada na cidade de Itapecuru Mirim. Além de conhecer as instalações da indústria, os alunos, mais dois professores e cinco coordenadores do PRONATEC acompanharam de perto a produção de Queijo Mussarela, Queijo Ricota, Iogurte e Bebida Láctea. Para ter acesso às dependências da empresa, a equipe teve que adotar alguns cuidados como lavar bem as botas, as mãos e usar tocas para não contaminar os alimentos.

Como o município de Bacabal é um dos maiores fornecedores de leite à Jataí Industrial , o Diretor Geral da empresa Marcelo Vieira, entende que a aproximação com profissionais que já lidam com o manejo do produto, mas que precisam de aperfeiçoar seus conhecimentos, é benéfica para o setor que tende a melhorar  ainda mais a qualidade da produção.

“São pessoas que já trabalham no setor, mas precisam melhorar seus conhecimentos e dessa forma disponibilizar mão de obra para o setor que anda carente desses profissionais” disse Marcelo Oliveira.

Antes de se dirigem até Itapecuru Mirim, os alunos foram até à Fazenda Queixada uma das principais áreas de criação de Bovinocultura Leiteira de Bacabal e que fica localizada no Povoado Brejinho. A visita técnica faz parte das Disciplinas de Nutrição e Alimentação de Bovinos Leiteiros, Manejo da Lactação e Práticas de Ordenha ou  Ordenhadeira (mecânica que funciona mediante sucção a vácuo)

Todo esse trabalho que culmina em aulas práticas tem o acompanhamento da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego, Renda e Turismo. Para José Antônio todo esse esforço traz um resultado positivo e satisfatório na medida em que o governo municipal oferece todas as condições para que tenhamos Mão de Obra qualificada em grande escala.

“Já são mais de 4 mil pessoas beneficiadas com esses cursos e isso só está sendo possível graças a visão do novo governo, sem o apoio do atual prefeito de Bacabal nós não estaríamos realizando esse trabalho” disse Zé Antonio.

Deixe uma resposta