BANCOS – Site denuncia discriminação de codoenses contra timbirenses

Por Toussaint Frazão

Nada ainda funciona na agência em Timbiras
Nada ainda funciona na agência em Timbiras

Quase duas semanas depois daquela fatídica madrugada, nenhuma providência foi tomada em relação à agência do banco do Brasil de Timbiras, por aqui a coisa piorou e vida das pessoas ficou mais difícil ainda.

Todos os dias a história é a mesma: dezenas de pessoas entre funcionários públicos, aposentados e empresários tendo que se deslocar até as cidades vizinhas de Codó ou Coroatá para resolver problemas ou cumprir compromissos diversos.

E se você acha que o pior são os deslocamentos e as filas, está muito enganado, o problema é muito mais sério do que se possa imaginar. Várias pessoas ouvidas pelo site oitimba disseram que as agências nessas cidades são o “próprio inferno”, pois além da quantidade de pessoas em busca de atendimento, ainda existem a discriminação ao timbirense e os xingamentos que os mesmos são obrigados a ouvir.

Até hoje (06/02), nenhuma resposta foi dada ao cidadão que diariamente precisa dos serviços do daquele banco, por lá, somente destroços e nada de atendimento. Portanto, só nos resta esperar e torcer para quando a agência ficar pronta, não venha novamente “quadrilhas especializadas” de roubo a bancos e…. BUMMMMMM!

9 comentários sobre “BANCOS – Site denuncia discriminação de codoenses contra timbirenses”

  1. Do Blog Atual 7

    Edição do jornal O Imparcial desta sexta-feira (6) trouxe a lista dos 27 prefeitos que ainda irão a julgamento e que podem ter seus mandatos cassados por crimes como abuso de poder econômico e captação ilícita de votos.

    Campeões da lista, os prefeitos de Brejo, Omar de Caldas Furtado Filho (PV); e de Porto Franco, Aderson Marinho Filho (PDT), estão empatados com sete ações judiciais cada um.

    Ao todo, os 27 gestores municipais enfrentam o total de 66 processos, todos já com prazo final para que sejam julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão. Os 20 processos conclusos, que já estão aptos a julgamento, devem ser sentenciados até o início de março. Os 46 demais, que ainda estão em fase de instrução, têm um prazo maior, até o início de abril. Caso esse tempo limite não seja cumprido, o juiz responsável pelo caso pode até ser afastado do caso.

    Entre os prefeitos que já tiveram ações julgadas, se destacam o caso do prefeito Rafael Mesquita, o Gordinho (PRB), de Buriti de Inácio Vaz, que entrou com recurso contra perda de seu mandato; e do prefeito de Raposa, Clodomir Oliveira dos Santos (PRTB) – na foto acima, com a primeira-dama Maria Ivonete Silva dos Santos -, que teve o julgamento adiado essa semana, pela segunda vez, para a próxima segunda-feira (9).

    Abaixo, a lista completa dos prefeitos que estão na corda bamba, com o número correspondente de processos enfrentados na Justiça Eleitoral:

    Aderson Marinho Filho (PDT), de Porto Franco – 7
    Omar de Caldas Furtado Filho (PV), de Brejo – 7
    José Ribamar Moreira Gonçalves (DEM), de Icatu – 5
    José Ribamar Leite de Araújo (PSB), de Cândito Mendes – 4
    Kleber Alves de Andrade (PP), de São Domingos do Maranhão – 4
    Marcel Everton Dantas Silva (PV), de Governador Nunes Freire – 4
    Magno Rogério Siqueira Amorim (PPS), de Itapecuru Mirim – 3
    Raimundo Nonato dos Santos (PMN), de Humberto de Campos – 3
    Antonio Carlos Pereira de Oliveira (PSB), de Colinas – 2
    Crisógono Rodrigues Vieira (PTdoB), de Riachão – 2
    José Gomes Rodrigues (PMDB), de Buriticupu – 2
    José Rolim Filho (PV), de Codó – 2
    Veronildo Tavares dos Santos (PRB), de Santa Luzia – 2
    Adriana Luriko Kamada Ribeiro (PV), de Amarante do Maranhão – 1
    Carlos Alberto Lopes Pereira (PSDB), de São Bento – 1
    Filadelfo Mendes Neto (PMDB), de Pinheiro – 1
    Hamilton Nogueira Aragão (PSB), de São Mateus do Maranhão – 1
    Jairo Madeira de Coimbra (PSDB), de João Lisboa – 1
    João Francismar de Carvalho Feitosa (PMDB), de São Raimundo das Mangabeiras – 1
    José Alberto Oliveira Veloso (PMDB), de Bacabal – 1
    José Antônio Gordinho Rodrigues da Silva (PTB), de Passagem Franca – 1
    Leonardo Barroso Coutinho (PSB), de Caxias – 1
    Luiz Rocha Filho (PSB), de Balsas – 1
    Maria Ducilene Pontes Cordeiro (PRB), de Chapadinha – 1
    Maria Raimunda Araújo Sousa (PTB), de São Vicente Férrer – 1
    Valdivino Rocha Silva (PV), de Montes Altos – 1

    1. Legal né casca-grossa, você cospe no prata que come, kkkkkk , chamando os codoense de povinho ordinário , mais sempre esta aqui pra resolver teus problemas ,né?. não temos culpa de você passa por momentos difícil na vida , mais tenha fé tudo no final vai dá certo ok.

      1. Obrigado pelas palavras meu amigo, mas não estou passando por nenhum momento difícil e sou um homem de muita fé. Mas que no Codó tem um povinho ordinário, ah isso tem!

  2. CARO BLOGUEIRO, DE ANTEMÃO CONFORME PALAVRA DITA PELOS PRÓPRIOS TIMBIRENSES EM QUE OS BANCOS ESTÃO UM “INFERNO” EM CODÓ ELES(OS TIMBIRENSES) SÓ CONTRIBUEM PARA O AUMENTO DESSE CALDEIRÃO. EU NAS MINHAS RARAS IDAS AO BANCO TENHO PERCEBIDO UMA INTENSA RECLAMAÇÃO DOS TIMBIRENSES E NÓS CODOENSES TEMOS REAGIDO DISCRIMINANDO O COMPORTAMENTO DELES. NA VERDADES SOMOS TODOS CLIENTES E TEMOS QUE TER UM POUQUINHO MAIS DE PACIÊNCIA…….SIM, ESSE TAL DE CASCAGROSSA É UM BABACA.

  3. MAIS EM TIMBIRAS TEM O BANCO POSTAL DO BANCO DO BRASIL, MAIS OS TIMBIRENSES SÃO AZARENTO QUÊ O CORREIO FOI ASSALTADO QUASE UM ANO E NUNCA AJEITARO O COFRE TA DEPENDENDO DE UM COFRE PRA FAZER PAGAMENTO…ACELIO VEM FAZER UMA MATERIA SOBRE O BANCO POSTAL DE TIMBIRAS NÃO TA FAZENDO PAGAMENTO FALTA DE UM COFRE

Deixe um comentário