Chiquinho do Saae explica porquê codoenses estão sendo retirados do programa e voltando a pagar água

Diretor Chiquinho do Saae fala sobre a retirada de codoenses do programa MAIS ÁGUA.

Uma pessoa que nada pagava até  então  denunciou ao blogdoacelio que agora recebeu um “talão ” de R$ 52.

Chiquinho explica que existem critérios estabelecidos pela própria lei municipal que não foram cumpridos pela gestão anterior por causa de intuitos eleitorais, na hora de incluir os beneficiários.

Agora um levantamento, caso a caso, está sendo feito e vendo que se a pessoa não se enquadra (ter só um salário mínimo, possuir hidrômetro instalado, dentre outros) faz-se a retirada dela do programa e a conta volta a ser emitida.

Ele garantiu que o MAIS ÁGUA não vai acabar, está  apenas passando por uma espécie de auditoria interna como faculta-lhe a própria lei.

3 comentários sobre “Chiquinho do Saae explica porquê codoenses estão sendo retirados do programa e voltando a pagar água”

  1. Seria bom o SAAE transparecer o contrato de R$ 732 mil com aluguéis de veículos que “supostamente” pertencem a uma empresa na Cônego Mendonça.

    1. As explicações do gestor são plausíveis. Mas acho que o legislativo codoense deveria se interessar e se mobilizar para normatizar um programa permanente de abastecimento d’água que contemple a população de baixa renda.

Deixe um comentário