‘Codó tem 743 microempreendedores formalizados’, revelam dados mostrados em oficinas do SEBRAE

Jordânia Sousa é uma microempreendedora – tem uma mercearia, vende lanches e perfumes. Sonha em expandir o negócio, mas ainda faz parte de um número significativo de empresários codoenses  fora da formalidade.

 “É difícil, né, porque a gente não tem ainda todas as informações, todo aquele preparo que a gente precisa, então, é difícil”, explicou

O departamento de indústria e comércio do município já fez o levantamento e descobriu que  também há muita gente iniciando   de forma registrada – são 743 microempreendedores formalizados. Agora, garante o diretor, Antonio Luz, vai correr atrás dos que ainda não são.

“Se eu digo que tem 743 microempreendedores formalizados, por iniciativa própria, eu imagino que nós temos muito mais do que isso microempreendedores individuais que não são formais e o município irá formalizar porque formalizando eles terão acesso a linha de crédito com taxas de juros mais baixas e, com certeza, irão investir no seu negócio e o Codó vai ganhar no desenvolvimento econômico”

Para todos os que gostam  de empreender o Sebrae realizou um dia de oficinas em Codó, por isso Jordânia, que reclamou de falta de informação no início desta reportagem, também veio.

 “ter mais conhecimento e futuramente eu quero formalizar os meus negócios”, disse

Cursos do SEBRAE em Codó

Haroildo mesquita Cariman, que abriu um negócio formalizado de hospedagem de sites na internet, gostou das palestras e disse que  Participou para minimizar os riscos de ver o negócio fechar.

“O objetivo aqui foi aprender porque as vezes a gente tem um negócio e pensa que sabe de tudo, mas nunca sabe. A gente sempre está aprendendo e estou aprendendo aqui…SEM CONHECIMENTO O NEGÓCIO CORRE RISCO? Muito, ainda mais na crise em que a gente se encontra”

A consultora do Sebrae, Raquel Gomes,  destacou a importância do conhecimento no mundo do microempreendedorismo – vital para a sobrevivência de qualquer negócio.

 “Você que tem um empreendimento precisa saber das necessidades que tua empresa tem para que você venha a crescer porque não adianta você abrir uma empresa só por abrir, só pra dizer que abriu, não. Você tem que aprender administrar, você tem que aprender a gerenciar para que o teu negócio tenha continuidade e sustentabilidade”

2 comentários sobre “‘Codó tem 743 microempreendedores formalizados’, revelam dados mostrados em oficinas do SEBRAE”

Deixe um comentário