Contratados da prefeitura preferem ficar sem dinheiro que ir à Justiça

O presidente do SINDSSERM, Antonio Celso Moreira, em entrevista concedida ontem, 21, ao programa Coisa do Povo, da Eldorado AM, criticou o fato do governo de Zito Rolim, que já está se despedindo, nunca ter pago 13º salário aos contratados da prefeitura.

Este ano, ele acha que há a iminência de tais contratados não receberem sequer o mês de dezembro completo, uma vez que na área da educação, por exemplo, todos foram intimados a encerrarem suas atividades até 15 de dezembro.

“E agora nós estamos observando que, provavelmente, os contratados não irão receber o mês de dezembro…É PORQUE ELES TRABALHARAM ATÉ O DIA 15, NÉ? até o dia 15, mas até o dia 15 no caso são só os professores porque vigias, zeladores, os vigias continuam nas escolas, então o  prefeito ele deveria ter, pelo menos, a ombridade de pagar o mês de dezembro integralmente aos contratados uma vez que ele não paga o 13º”, respondeu ao radialista Francisco Lemos

CONTRATADOS FOGEM DA JUSTIÇA

O entrevistador quis saber o que o Sindicato pode fazer a respeito, Antonio Celso disse que pode denunciar ao Ministério Público, mas quando fez isso em 2013 nenhum contratado quis servir de testemunha para que o caso fosse adiante. Todos ficaram mesmo sem nada.

“Quando se trata de NÃO pagamento de 13º o próprio contratado se exclui de lutar pelo direito dele (…) ah, o prefeito não pagou então o sindicato vai lá e obriga o prefeito a pagar, não é bem por aí, não é por aí (….) se o prefeito não pagou o 13º o sindicato denuncia, agora se o contratado não recebeu esse dinheiro, então o contratado é o primeiro, já que ele está sendo de fato atingido, ele deveria ser o primeiro a procurar os direitos, buscar seus direitos, aí quando chega essa situação o contratado não aparece”, iniciou continuando

“Porque eu recordo muito bem que em 2013, nós fizemos uma denúncia com relação ao não pagamento dos contratados, 2013 mesmo,  na ocasião o promotor olhou lá a denúncia de disse – muito bem, agora a gente quer que vocês aqui do Sindicato tragam porque vocês não têm testemunhas, eu quero que vocês tragam pelo menos 5 testemunhas, pelo menos 5 contratados dizendo que não teriam recebido seu dinheiro para que o Ministério Público pudesse entrar com a ação e bloquear o recurso pra poder pagar o salário desse pessoal- aí a gente saiu atrás, atrás contava a situação e saia atrás dos contratados, olha nós vamos precisar de 5 pessoas, por incrível que pareça nós não conseguimos nenhuma pessoa”, concluiu com pesar

PENSANDO NO ANO SEGUINTE

Professor Marcos, que também se fazia presente ao studio da emissora, completou a questão em resposta à uma indagação do radialista.

Na visão de ambos, o contratado reclama mas não vai além disso porque pensa em ser contratado novamente.

“O que acontece, o contratado ele se exclui, como bem colocou o nosso presidente, justamente por conta desse ciclo vicioso, por quê? porque o contratado ele já visa, no caso esse ano, o contratado já visa o contrato do ano seguinte”, disse professor Marcos

13 comentários sobre “Contratados da prefeitura preferem ficar sem dinheiro que ir à Justiça”

  1. Claro! Se ele o pefeito for denunciado, o contratado perde o serviço é ainda é perseguido, porque em Codó não tem sindicato. Sindicato só existe pra descontar o dinheiro.

  2. E O ZITO SABE DISSE. ENTÃO ELE JOGA DA SEGUINTE FORMA: O CONTRATADO NÃO VAI A JUSTIÇA PORQUE PRECISA RENOVAR O CONTRATO NO ANO SEGUINTE E CONTRATADO NÃO VAI A JUSTIÇA PORQUE É MELHOR FICAR SEM O 13º DO QUE FICAR SEM CONTRATO O RESTO DO MANDATO TODINHO. SIMPLES ASSIM!

  3. Galera vi falar que os professores contratados vão trabalhar 40 horas e nao vão ganhar 2.711 por mes não, pois alei obriga pagar mais de 2.711 se trabalhar 40 para efetivo ocontratante que estipula o valor do contrato, juntamente com as zeladoras que tb vão trabalhar 40 para ganhar um salario minimo pois é TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA TACA

  4. João vc acha se fosse outro prefeito não estava na mesma situação.Essa é a lei meu amigo.Por isso vamos estudar e passar em algum concurso, isto é quando tiver algum.

  5. EU NUNCA TINHA VISTO O PREFEITO DEMITIR OS FUNCIONÁRIOS NO PERÍODO QUE GARANTE A LEI.
    NEM 3 MESES ANTES E 3 DEPOIS.
    PORQUE NÃO DEIXOU PARA A PROXIMA GESTÃO FAZER ISSO ?????
    RAM O PRESO !!!!!!
    POBRE QUE SE MISTURA COM RICO, COME MERDA. …..
    QUEM PREGOU CARTAZ NAS RUAS JUNTO COM A MULHER DO FUTURO PREFEITO ESTÁ DEMITIDA. …. KIKIKKKKK
    VÃO SABER AGORA O QUE É ENTREGAR A CIDADE PARA FORASTEIRO E O VALOR DO VOTO.
    SE VENDERAM ???
    AGORA TOMA !!!!!!!

  6. Esse celso e mesmo uma figura para o sindicato representar os funcionarios contratados na justiça ele celso sabe que não e preciso q todos os contratos va servir de testenunha basta o sindicato com o seu corpo juridico faser a denuncia no ministerio publico pois o sindicato não representa so os servidores efetivos e associados o mesmo representa toda a categoria ou me corrija se eu estiver errada e sindsserm sindicato dos servidores no serviço publico municipal mais esse sindicato a anos so tem defendido os professores

  7. Meu amigos Codoenses, o que tenho a dizer é que a burocracia em se cumprir horários por parte do servidor público da prefeitura vai ser muito grande, ponto eletrônico em escolas, postos de saúde, hospital… Tudo monitorado. Câmeras sabendo de tudo que o funcionário faz. Vereadores não poderam apadrinhar um emprego de fulano ou sicrano… Esperem só pra ver. No cabrecho viverá o povo de Codó. Abco a todos.

Deixe uma resposta