Coronel Jurandir afirma que vai arrochar fiscalização contra som automotivo ilegal

O tenente-coronel, Jurandir de Sousa Braga, após elogiado trabalho de segurança no carnaval de Codó, vai concentrar esforços agora contra um dos maiores incômodos da cidade – as horríveis aparelhagem de som automotivo cada vez mais adquiridas por irresponsáveis que acham que todo mundo adora uma a zuada deles, geralmente, com uma música desgraçada e um volume feito para arrebentar com  tímpanos de seres humanos (só dos humanos, os irracionais até dançam dentro das caixas).

Tenente-Coronel Jurandir

Na rádio FCFM, hoje pela manhã, em entrevista ao jornalista Alberto Barros, o comandante do 17º BPM citou um exemplo ocorrido na semana passada de um som arrebentando com aulas da escola estadual Mata Roma.

“Nós chegamos ao absurdo de quinta-feira um indivíduo do outro lado da rua, a 10 metros, com um som nas alturas que professores e alunos não conseguiam ouvir um o que o outro falava dentro da sala de aula, então isso não é uma questão de desconhecimento, não é uma questão de bom senso, é uma questão de ignorância, de estupidez mesmo, um indivíduo desse que tá a 10 metros de uma escola”, disse

LEGALIZAÇÃO DA CARRETINHA

Jurandir de Sousa Braga disse que a PM vai cobrar, a partir de agora, a legalização das famigeradas carretinhas (parte que carrega o paredão).

“Nós temos muitos equipamentos de som automotivo na cidade, final de semana já antes do carnaval a gente já tem observado várias solicitações pelo 190 de pessoas da comunidade se queixando de abuso de som automotivo em bares, em setores residenciais”

“Nós temos observado que muita gente gosta de som automotivo, adquire por um preço que, praticamente, compra um carro novo, um equipamento de som, monta uma carretinha e, além disso, ele não se preocupa em documentar, em legalizar sua carretinha, então nós vamos cobrar”, afirmou

LEGISLAÇÃO de reboque

Motoristas com habilitação categoria “B” só podem rebocar carretas com até 3.500 quilos de peso bruto total. Acima disso e até 6 toneladas, a CNH deve ser da categoria “C”.

Não há cobrança de IPVA nem seguro obrigatório. A única taxa é a de licenciamento.

No caso de carretas novas, o proprietário tem até 30 dias para fazer o registro no Detran. O mesmo prazo vale para a transferência de propriedade. Já mudanças de domicílio e de características devem ser informadas imediatamente.

47 comentários sobre “Coronel Jurandir afirma que vai arrochar fiscalização contra som automotivo ilegal”

  1. Tenente-Coronel Jurandir, a PM de Codó, já desfalcada, vai focar esforços combatendo paredões?!
    E o policiamento ostensivo?!

    Se senhor e os outros PM não tem o que fazer, eu tenho um terreno precisando de capina.

    O Delegado agora é vereador. O comandante da PM quer ser guarda de trânsito…
    E a taca só aumentando!

    1. Amigo esse é o Brasil que nós temos, nossos caros policiais ao invés de cuidar de nossa segurança, passam o dia todo atrás de som e carro rebaixado não que isso naum requer fiscalização, mas é muito esforço por isso enquanto pessoas são assaltadas e mortas diariamente e nada é feito… Mas afinal isso é Brasil.

    2. Atenção Coronel o senhor tem que tomar uma providência com esse cara que está faltando essas coisas com o senhor procure um advogado para tomar as devidas providências porque esses caras que colocam som automotivo estão perguntando a ordem pública é caso de polícia sim processe esse indivíduo boa sorte coronel.

  2. Fiscalizar eu acho certo não tiro a razão mas a descrição da notícia no começo do texto foi uma merda. Nossos som é comprado com mta dificuldade agora fale direito q aqe ngm e seu parente pra tá falando assim, é músicas ‘desgraçadas’nao se refere a nda cada tem seu gosto assim como vc tem…. enfim minha opinião

  3. Só encomoda som ruim som bom não se ouvi se entende. Se tá ruim pois legalize um espaço afastado da cidade onde agt possa ouvir nosso som. Engraçado q esses bandos de irresponsável no dia da eleição somos todos eleitores…Não tamos pedindo dmais apenas um espaço para som automotivo.

  4. Parabéns a PM tem que fazer isso mesmo a população apóia a atitude do comandante. Também é função dá PM fiscalizar o trânsito. CNH para todos dctos em ordem para todos e capacetes piloto e garupa. Boa sorte

  5. Esse texto do blogueiro é muito tendencioso, acho que vc deveria dar a noticia como ela é, e não se expressar na noticia, se expresse aqui mesmo nos comentários, desse jeito você perde a credibilidade. E é muito fácil resolver isso, criar normas e locais para que os paredões possam ser utilizados, afinal, vivemos num País democrático, e os próprios políticos q nos representam deviam fazer essa democracia!

  6. *Grupos de Som Automotivo *PÅRĖDÕËS DE CØDÓ-MA*
    *-VITINHO SM*
    *Gol Discarado *
    *Encontro de Paredões ma*
    *GOL ESTOURADO*
    *Mercado do som automotivo*
    *PAREDÃO DO MARRETA.*

    VEM EM NOTA FAZER UM PEDIDO A TODOS OS DONOS DE SOM AUTOMOTIVO DE CODÓ E REGIÃO PARA UMA GRANDE MANIFESTAÇÃO QUE OCORRERA DIA 12 DE MARÇO DE 2017 APARTE DAS 9H COM A CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA SAO SEBASTIÃO SAIDA PELA A AVENIDA SANTOS DUMONT ATÉ A PRAÇA DA PREFEITURA REIVINDICANDO UM ESPAÇO APROPRIADO PARA OS PAREDÕES DA NOSSA CIDADE.

    VAMOS TODOS JUNTOS.
    *#SOM AUTOMOTIVO NÃO É CRIME É PAIXÃO.*
    #Compartilhe

  7. O carro com o som não fica parado no msmo lugar vão subir nos morros atrás d vagabundos isso sim ao invés d tá implicando com carro q tem som

  8. PEGA O SOM DE VCS E VÃO OUVIR DENTRO DA CASA DE VOCÊS. VCS PODEM COMPRAR UM SOM, E NÃO PODEM REGULARIZAR O CARRO COM A CARROCINHA, E MUITO ENGRAÇADO. VAI PRA CIMA MESMO CORONEL. E OUTRA COISA, O SOM TEM Q SER BAIXO, POIS MEU OUVIDO NÃO E PENICO PRA OUVIR ESSAS BOSTAS QUE VCS BOTAM PRA TOCAR.

  9. Final de semana tem que ser Liberado som Automotivo. Tem tantas coisas mais importante pra voçes resolver. E voçes não resolve! À corrente dos encontro de paredão nunca vão acabar ! ✌

  10. Deve reprimir mesmo, pois o direito deles terminam onde começa o nosso. É bom pra um certo .. de um paredaozinho … que não respeita ninguém, aprender.. Esse bagunçou o percurso do Vivo bebo e bagunçou no boteco…

  11. Ao invés de ir atrás de bandido, vai fazer fiscalização contra som automotivo. Então faz um lugar apropriado para o som automotivo.
    #SOM AUTOMOTIVO NÃO É CRIME É PAIXÃO.

  12. Prende ladrão não querem né, da trabalho e risco de morte, garanto que esses arrombados ai se estivesse tocando Roberto Carlos (lixo) ou Daniel (outro lixo) eles estariam tudo na volta. É só liberar um lugar apropriado, e outra na hora das eleições os politicos vão tudo nas equipes pedir voto prometendo mundo e fundos. No brasil a unica coisa que pode pelo visto é roubar, matar e estuprar, por que o resto é ilegal.
    Eita paizinho de merda que eu vivemos.

  13. Brasil é assim, policia tira de quem trabalha duro pra adquirir seus bens e dos bandidos foge ou recebe propina!

    Não sou contra multa quem incomoda com som auto, mas isso não é motivo de arrochar quem nem diz a noticia.

    Tem q arrochar os ladrões e não gurizada de familia q não tem respeito..

  14. Esse tenente não tem e o q fazer pq eles não preocupa mais com a segurança pública a em vez de ficar perseguindo som automotivo nos já não temos policiamento q da conta da roubalheira no Brasil agora mais essa isso é tudo cambada de sem o q fazer corre atrás de bandido não querem não pq sabe morre agora atrás de gente honesta trabalhadora q custa montar seu som no carro pra curtir nos finais de semana eles querem a troco de q mais renda pra eles e prós governo roubarem mais esse é nosso Brasil terra dos ladrão .

  15. Ao invés d concentrar tanta atenção em algo que fere ninguém, deveria usa toda essa disposição pra prender bandidos tais como, assassinos, assaltantes do comércio em modo geral, estrupadores, etc.
    O Brasil precisa d segurança e certeza para um pai uma mãe de falia, de sair de sair cedo pra trabalhar ou levar um filho na escola e ter certeza q vai voltar pra casa, ao invés dos senhores buscar tanto prender um som q não mata ninguém, deveria sair pra rua com o foco na badidagem que faz oq faz em plena luz do dia e sai numa boua como se nd tivesse acontecido.

  16. Falta do que fazer, apenas.
    Tantas outras coisas a serem cobradas e esses palhaços correndo atrás de gente com som automotivo, tá de brincadeira né?
    Quantas bocas de fumo espalhadas por todos os estados e eles preocupados com som automotivo? Merecem o país que tem.

  17. Amigos existe o que é legal e o que é ilegal, o que a gente gosta e o que a gente não gosta, o que incomoda e o que não incomoda, o que é permissível e o que não é permitido. A policia cumpre duplo papel proteger o cidadão e reprimir os abusos, só que no caso os donos de paredão também são cidadãos e também tem sues direitos e estes devem ser garantidos e eles protegidos. O município de Codó se quer tem leis que regulamentam essa questão, a exemplo do que aconteceu com a extinção das serestas de rua e da proibição de venda de cerveja em garrafas em clubes de festa, esta poderá ser mais uma questão que cabe uma ampla discussão, e que poderá ser resolvida harmonicamente, é só uma questão de bom senso, precisamos entender que assim como o cidadão não deve abusar a policia não pode tudo. Creio eu que cabe aos nossos vereadores uma intervenção no sentido de propor e aprovarem uma lei municipal que regulamente esta situação de uma vez por todas. Som automotivo é uma questão de gosto, um elemento novo que caiu nas graças da juventude e que devemos respeitar, logico que eles também precisam respeitar os nossos direito e saber onde e como usar. Convenhamos, o que vale pra um, vale pra todos, então vamos acabar com os trios elétricos que tem uma potencia sonora até 5 vezes maior do que um paredão e que na maioria das vezes é contratado com dinheiro público para atividades de rua em área residencial e que a policia ao invés de proibir protege com a anuência do estado. Volto a dizer o mesmo que disse a algum tempo atrás, é tudo uma questão de conveniência, e cada um deve cumprir com o seu papel de forma moderada, sem se deixar influenciar e sem empolgação. Precisamos de sossego, precisamos de festa e de alegria, precisamos das forças de segurança e acima de tudo, precisamos nos respeitar convivendo em harmonia com a igualdade e com as diferenças.

    1. Pois não sou a favor de de aprovarem uma lei que regulamente isso barbaridade, se sem regularizar muitos não respeitam e exageram no som imagine regularizando. Caro Augusto serra acredito que em seu posto de serviço tenhas algo para fazer ao invés de ficar bancando o ator em defesa de quem você nunca apoio, a prova de sua ótima atuação no serviço público você viu na última eleição onde caiu de 900 votos para apenas 400 acho ,que você deve refletir melhor suas atuações e largar de bancar o espertinho que não ta funcionando.

    2. Mas é muita loucura na cabeça do cidadão será que é louco ou ta querendo só aparecer mesmo onde já se viu aprovar um projeto de lei que nem era pra existir legalmente nunca será possivel

  18. Existe sim pessoas sem noção.Mas tem muita gente que gosta de som automotivo e sabe respeitar o proximo.
    Esse blogueiro passau dos limites.Quanto ódio!
    É a última vez que acesso seu blog.

  19. A psicologia explica o caso das pessoas que precisam colocar som nas alturas. É que eles tem baixa autoestima. Em outras palavras, têm dúvidas se existem. Como não fazem nada de extraordinário para serem notados, arrombar nossos ouvidos na esperança de serem considerados gente. O pior é que o tiro sai pela culatra: só conseguem a consideração de outros pobres-coitados que, segundo Cazuza, “vieram ao mundo e perderam a viagem”

  20. Mas se o incentivo vem de pai pra filho fica mais difícil. O pai que pagou por um paredão deveria ter ensinado seu filho a ser educado e respeitar o direitos dos outros. Reclamar seus direitos sabem respeitar os dos outros não sabem e nem querem saber. Aí, na hora que a polícia vai agir, chama papai p escreve “textão”.
    Que fofo! Mas, paizinho, ensine seu filhinho respeitar, procure saber o que ele andou aprontando no carnaval, procure saber o quanto ele bagunçou. #setoca#

  21. É uma atitude louvável da polícia em prol da população de Codó, que vive sem sossego por causa da poluição sonora. Os donos de paredão têm o prazer de colocar som altíssimo. Essa fiscalização vai beneficiar a população de nossa cidade.

  22. Mesmo que haja proibição do uso de paredões perto de escolas, eles continuarão com o uso de som alto perto das casas, incomodando os vizinhos, que muita das vezes têm crianças pequenas. Mas para impedir o uso de paredões deveriam também cancelar festas em clubes que desrespeitam o horário permitido

  23. Todo mundo tem seu direito de se divertir, mas esse pessoal aí tem que aprender a respeitar o espaço dos outros. As leis têm que ser mais rígidas com esses baderneiros.

Deixe um comentário