Coronel Jurandir critica situação da Ciretran e denuncia irregularidades de bares

O comandante do 17º BPM, concedeu uma entrevista bastante crítica ao jornalista Alberto Barros na manhã desta quarta-feira, 22.

Falou sobre a operação noturna realizada ontem (21), programada para o bairro Codó Novo, com informações de que também estendeu-se ao Santo Antonio.

Foram apreendidas 2 armas de fogo e 9 brancas.

“No caso nós tivemos ontem a apreensão de duas armas de fogo e 9 armas brancas. Infelizmente não apreendemos mais porque colocamos vários policiais de folga e serviço extra e nossa realidade de efetivo é essa, um efetivo muito pequeno pro tamanho da cidade de Codó, que é a quinta maior cidade do Estado do Maranhão, nós temos um efetivo muito pequeno, mas mesmo assim sempre que há necessidade, que alguma coisa tenta fugir do controle, nosso efetivo está sempre pronto’, disse

SOBRE POLICIAIS A DISPOSIÇÃO DE POLÍTICOS

“Nós não temos um policial sequer a disposição de qualquer órgão público, de político, não temos interferência nem de políticos ou que qualquer outro tipo de gestão ou de qualquer outro poder do Estado, todos os policiais que nós temos aqui é trabalhando na rua, não tem ninguém protegido, não tem ninguém prestando serviço pra outra instituição, todo efetivo que a gente tem é colocado a disposição da população de Codó’

ALVARÁ FALSIFICADO

O comandante denunciou uma irregularidade – bares que funcionam com alvarás falsificados.

“Nós fechamos ontem 24 bares funcionando irregularmente, só 3 bares tinham todas as licenças de alvará (…) nós vamos continuar fechando o cerco, nós sabemos que a polícia Militar, sozinha, não é capaz de coibir a irresponsabilidade de outras instituições, eu lhe digo isso porque ontem (21) eu peguei vários alvarás desses barzinhos funcionando que não têm alvará, que não tem autorização e nem tem assinaturas de autoridades, não sei como é que conseguem essas autorizaçõeszinhas mequetrefe para funcionar, sem autorização de autoridade nenhuma, sem assinatura, tenho umas aqui pra te mostrar”

CIRETRAN NÃO RECEBE MOTO

Outro problema criticado pelo tenente-coronel Jurandir foi a superlotação da CIRETRAN.

“Nós estamos estamos numa situação hoje, Alberto, que a gente prende um indivíduo com uma pedra de crack, temos certeza que ele vai fazer 20 entregas de crack nesta mesma noite porque esse indivíduo vive disso, de tá levando crack a domicílio e a gente não pode recolher a moto porque o pátio da Ciretran não cabe e o diretor da Ciretran deu a ordem que não é pra receber, então a gente se depara com um assaltante conhecido, toma a faca dele e manda ele embora, não se pode pegar ele porque não tem lugar na Ciretran pra ficar com a moto dele….QUER DIZER QUE A ORDEM DA CIRETRAN É PRA NÃO RECEBER MAIS MOTOS, É COMANDANTE? Exatamente”

“Hoje, Alberto, de cada 10 homicídios e roubos que acontecem na cidade, todos estão utilizando motocicletas, eu não sei como coibir essa violência se a gente não poder chegar na periferia e descer um indivíduo desse de uma moto e recolher a moto dele, fica difícil”, finalizou

9 comentários sobre “Coronel Jurandir critica situação da Ciretran e denuncia irregularidades de bares”

  1. CORONEL JURANDIR,ISSO NÃO PODE ACONTECER, DENUNCIE PARA O GOVERNO DO ESTADO, PARA O DETRAN EM SÃO LUIS, ISSO É RIDÍCULO A CIRETRAN DE CODO AGORA DIZER QUE NÃO RECEBE MAIS MOTO APREENDIDA, DENUNCIE CORONEL,POIS A POPULAÇÃO NÃO PODE FICAR A MERCER DO CRIME SEJA NO TRANSITO SEJA O QUE FOR, DE UMA CIRETRAN, NÃO PODE MESMO.

  2. MEU DEUS DO CEU Q CUDADE E ESSA FICA NO LESTE DO MARANHAO, NA REGIAO DOS COCAIS,E ISSO Q FOI FEITA A MUDANÇA PARA PIOR, CD OS VEREADORES Q E DONO DA VERDADE ISSO ELES NAO VER COMUNICA AO GOVERNO CORENOEL

  3. Parabéns ao comandante jurandir, tem que continuar o trabalho de repressão é só assim que esse povo entende. Agora da o que da colocar …… na administração de órgãos que sequer o cara entende. Comandante sua patente cabe mandar prender esse …………………………………..

  4. Resumindo: Se o Comandante diz que “eu não sei como coibir essa violência”, imagine o cidadão comum que está à mercê da bandidagem, e morrendo diariamente em Codó. É só enterrar e esperar pra entrar na lista das estatísticas, né?

  5. Esse é governo da mudança? O comunista até agora não disse a que veio, até porque segurança pública é de responsabilidade do governo do Estado. Lamento muito pelo o que estar acontecendo em nossa cidade, e imagino que o senhor governador não vai fazer nada pra mudar, vai querer sim é detonar com a cidade para a culpa ficar sob os ombros do prefeito Zito. Isso, só conseguir eleger o seu candidato nas próximas eleições para prefeito, isso é triste, um governante pensar assim…

  6. Casca, acho que vc não entendeu as palavras do Coronel, o caso que ele quis se queixar é do espaço na Ciretran, onde ele fala que o diretor disse que não é pra colocar mais moto apreendida, então se ele não pode colocar as motos na ciretran ele vai prender essas motos e colocar aonde, se isso é atributo da ciretran.

    1. Você é que não interpretou direito o que ele disse: “Hoje, Alberto, de cada 10 homicídios e roubos que acontecem na cidade, todos estão utilizando motocicletas, eu não sei como coibir essa violência se a gente não poder chegar na periferia e descer um indivíduo desse de uma moto e recolher a moto dele, fica difícil”, finalizou. Ele quis dizer que homicidas e ladrões serão liberados porque não tem onde botar as motos? Ou é mais importante recolher as motos do que coibir os homicídios e roubos? Acho que ele se expressou de maneira confusa.

  7. Ei sei como resolver. Comandante cada vagabundo que for pego, analise a ficha dele, passou de três prisão. Enterrem ele de cabeça pra baixo, se ele sair na China, estará livre, se não, e porque o coisa ruim ficou com ele, estaremos livre rapidinho.

Deixe um comentário