Delegado Rômulo identifica suspeito e descobre que assassinato no Montevidéu pode ter sido por vingança

 

O delegado Rômulo Vasconcelos já identificou o autor do assassinato do jovem Gilvan Araújo de Jesus, 30 anos, ocorrida ontem, no Montevideu, por volta das 12h45mim.

Gilvan morreu esfaqueado

De acordo com a autoridade policial, um homem de 58 anos, chamado Martins,  esfaqueou a vítima, provavelmente por vingança. Entendia que Gilvan havia participado, no início deste ano, do assassinato do filho dele, um cadeirante assassinado cvardemente.

“O pessoal se fecha, né, porque o rapaz que morreu é do Montevidéu II e o que matou é do Montevidéu I e é um senhor de idade, é um senhor de 58 anos de idade, conhecido como Martins, no início do ano mataram o filho dele, cadeirante, e ele acha que esse rapaz tava envolvido na morte do filho dele e aí ele aproveitou a oportunidade e matou esse rapaz”, disse o delegado ao repórter Sena Freitas.

O suspeito está foragido, vizinhos disseram ao delegado que ele fugiu com uma sacola de roupas logo após o crime. Rômulo Vasconcelos disse esperar que ele se apresente para que responda o processo em liberdade, do contrário terá que representar pela prisão preventiva dele perante a Justiça.

Um comentário sobre “Delegado Rômulo identifica suspeito e descobre que assassinato no Montevidéu pode ter sido por vingança”

Deixe uma resposta