Delegado Rômulo prende homem que confessou ter esfaqueado Guilherme na concentração da caminhada

Hoje por volta das 12h30min o delegado Rômulo Vasconcelos apresentou à imprensa MAXSUEL DA SENE DA SILVA ALVES, de 22 anos. A autoridade policial explicou em entrevista ao blogdoacelio que o rapaz  confessou ter desferido a facada que matou ontem GUILHERME DE FREITAS MOREIRA, 21 anos, na concentração da caminhada de Zito e Weverton Rocha, no bairro São Francisco.

Dr. Rômulo disse que o rapaz chegou com camisa suja de sangue em casa, mudou-se com todos os seus pertences de madrugada para outra residência na rua Santa Rita e disse ter jogada a faca usada no crime dentro de uma fossa no bairro Codó Novo onde morava.

Confessou ainda que a vítima  teria furtado uma bicicleta de um parente dele, por este e outros  motivos tinha desentendimentos com Guilherme.

Romário Leal da Silva, o Ratinho, e Evair Santos da Silva serão soltos e de suspeitos de terem esfaqueado o rapaz passarão a ser testemunhas uma vez que agora passaram a relatar, com detalhes, a real participação de Maxsuel da Sene da Silva Alves, segundo eles o único que teria saído armado de casa.

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA 

2 comentários sobre “Delegado Rômulo prende homem que confessou ter esfaqueado Guilherme na concentração da caminhada”

  1. Ele vai falar na audiência de custodia, que foi forçado a confessar, ai sai livre e solto, pra outro. Dêr fim logo nele, e nos outros, nenhum vale nada, tudo vagabundo usuário de, sem serventia alguma a sociedade.

  2. É uma pena! que uma garotada que se acha que é impune, que acha que nada acontece com os mesmos, fiquem se matando, tendo uma vida inteira para viver e curtir: namorar, passear, estudar, curtir a vida. Tudo jogado fora por intrigas, picuinhas que não levam a nada; Mais uma vez leis fracas que praticamente incentivam a desordem, a desobediência, em todos os momentos que estamos vivendo.

Deixe um comentário