DESVALORIZAÇÃO – Governo Zito abre seletivo ‘miado’ e continua valorizando o ‘Q-uem I-ndica”

Não podemos criticar nosso prefeito ou nossa secretária de Educação pela iniciativa de abrir seletivo para a classe dos professores, se bem que deveria ser um concurso público, pois, de toda  forma, a oportunidade está aberta.

Mesmo batendo palmas no início, não posso deixar de criticar algo que não pode passar, neste momento, de forma despercebida.

Tente responder, com lógica suficiente para deixar à todos satisfeitos, por qual motivo um município tem necessidade de, exatamente, 831 professores e só abre seletivo, em vez de concurso, para 265 educadores?

Pergunte-se, por que o tal seletivo não abrange toda a necessidade do município? É para continuar com as indicações sem mérito? É para que o resto continue mendigando anualmente uma vaga? Responda – Como todos os demais 566 que a Secretaria de Educação precisará vão ser contratados? Será pelo velho QI (Quem Indica)?

Não consigo achar outra explicação e quem a tiver que se sinta a vontade.

Se a prefeitura trabalhou com 831 professores contratados em 2013, certamente, terá a mesma necessidade em 2014, ou mais, já que nenhuma escola foi fechada (só para este ano o governo já anunciou a construção de mais 18 na zona rural). O número é tão expressivo que é digno de um concorrido concurso público e não de um simples seletivo para ‘paliativar’ a situação.

A GRANA É FRACA

Outro questionamento plausível é quanto a remuneração. Se não for o já lascado e desmotivado  professor codoense, que esteja desempregado, quem mais vai se interessar por uma salário de R$ 746,42,   E ainda ter que se deslocar para a zona rural gastando do próprio bolso como muitos fizeram ano passado?

Num Brasil de Piso Nacional caminhando para a casa dos R$ 2.000,00 o salário ofertado no seletivo de Codó parece mais uma brincadeira desgraçada, uma oferta para quem está sem a menor opção, um disparate para a digna profissão do professor, a profissão que forma todas as outras profissões do mundo.

Com tanta grana que o Governo Federal manda pra Codó (SÓ ANO PASSADO DO FUNDEB foram mais de 64 milhões de reais), digno de aplausos seria o governo Cuidando de Nossa Gente lançar um edital para concurso público.

Isso sim seria valorizar a meritocracia em detrimento da vergonhosa e deletéria indicação, o cabide eterno dos favores, a humilhação de, depois de conseguir este salário miserável, não poder dizer nem ‘AI’ para qualquer coisa que fira os interesses da classe dominante.

Você sabe quantos professores competentíssimos estão a mendigar vagas anualmente porque o município insiste em não fazer concurso público? Nem eu, mas eles existem as dezenas, acredite.

Pena que nunca veremos isso pois estamos num município onde emprego, ainda que temporário, é coisa que deve se agarrar com unhas e dentes, mas a melhor resposta para um negócio descarado desses seria INSCRIÇÕES ZERO.

Que Deus tenha piedade dos nossos professores.

13 comentários sobre “DESVALORIZAÇÃO – Governo Zito abre seletivo ‘miado’ e continua valorizando o ‘Q-uem I-ndica””

  1. Acélio, como sempre você fez uma ótima matéria, parabéns… Falou tudo, só esqueceu que, além desse salário ser péssimo, ele ainda atrasa e muito menos paga o 13º… acho que nesse seletivo tem que haver uma clausula, sobre o pagamento em dia e os direitos total de um trabalhador…

  2. A postura adotada pelos governantes em relação à classe dos professores (um dos tripés de qualquer sociedade desenvolvida) é uma afronta a inteligência do cidadão. Infelizmente, não vai ter inscrição zero.

  3. INFELIZMENTE, ACÉLIO, ESSE É O RETRATO DA EDUCAÇÃO DE NOSSA QUERIDA CODÓ, ONDE OS MAIS INTERESSADOS PELO PODER CONTINUAM BOTANDO O POVO SOFRIDO SEMPRE EMBAIXO DO CHINELO, ISSO É LAMENTÁVEL…..

  4. Cumpade véi, a verdade é que esses cargos servem como moeda de troca (contrata o sujeito na condição de que ele e sua família vote no poderoso da vez). Fato. Além do mais, político algum tem interesse que o povo seja educado e esclarecido, pois fica mais difícil enganar e manipular. Só isso e nada mais.

  5. CONCORDO COM VC ACÉLIO NESSE QUESTIONAMENTO O GOVERNO NÃO VALORIZA O POVO NESSE MOMENTO SALVO SOMENTE NAS ELEIÇÕES QUANDO LHE E OPORTUNO ENFIM O PREFEITO SOMENTE CUIDA DA GENTE DELE.

  6. CONCORDO COM VC ACÉLIO NESSE QUESTIONAMENTO O GOVERNO NÃO VALORIZA O POVO NESSE MOMENTO SALVO SOMENTE NAS ELEIÇÕES QUANDO LHE E OPORTUNO ENFIM O PREFEITO SOMENTE CUIDA DA GENTE DELE.

  7. É prezado Acélio.. a situação do professor no maranhão é tão humilhante que dá vontade de chorar…eu trabalho Educação Ambiental na Universidade Estadual…remuneração para professor especialista 1.500 com descontos.. 1.300… será que recebo logo ao encerrar a disciplina que dura 6 semanas.. ????
    Quem dera!!! disciplinas encerradas em novembro.. polos Codó e São Mateus.. nunca pagaram.. liga para o financeiro e pede previsão de repasse.. ouvirá: Colega professora, sente e espere pois nem previsão.

    1. Pois é Emanuele. Assim como em outras áreas o jornalismo também é um jogo de interesses. Será que o sr. Acélio vai escrever alguma postagem, artigo ou coisa do tipo falando mal do governo? Por quê será??

  8. é realmente desproporcional a quantidade de vagas oferecidas pela demanda existente de professores na cidade de codó, comparado ao outro seletivo o número de vagas é inferior ao mesmo em algumas áreas, como educação infantil da zona rural no seletivo passado eram 50 vagas para os interiores e agora apenas 19, que é isso? que matemática doida é essa, será que as escolas fecharam? sem falar que o salário é o mesmo de dois anos atras.

  9. nossa como preciso desse décimo. no ano passado foi pago e nesse será porque até o momento não saiu? oh Zito que sacanagem, paga agora nesse mês, pois neste mês ñ tem contratados, pois encerraram-se os contratos. Nesse mês pague o décimo é nosso direito. pois o dinheiro que seria o mês, que vc ……. agora daria pra pagar nosso décimo.

Deixe uma resposta