Dilma Rousseff garante apoio incondicional a Lobão Filho e vinda ao Maranhão

A presidente Dilma Rousseff (PT) confirmou na terça-feira, dia 27, ao senador Edison Lobão Filho, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, que estará na campanha eleitoral do aliado, inclusive com visita ao Maranhão durante o processo eleitoral.

Lobão Filho, Dilma e Edison Lobão
Lobão Filho, Dilma e Edison Lobão

Segundo Lobão Filho, Dilma garantiu que virá ao Maranhão para evento oficial de campanha. “Não acertamos data, mas ela garantiu que virá, com certeza”, revelou o senador, que esteve com a presidente em jantar oferecido pelo vice-presidente, Michel Temer (PMDB), no Palácio do Jaburu.

O ministro de Minas e Energia, senador Edison Lobão, e pelo menos outros 17 pré-candidatos a governador pelo PMDB também participaram do encontro, no qual Dilma recebeu garantias de apoio do partido ao seu projeto de reeleição – e reafirmou a aliança do PT com o PMDB nos estados.

Na conversa que manteve com a petista, Lobão Filho comentou os avanços de sua pré-candidatura no Maranhão e as adesões de lideranças políticas importantes que tem recebido em viagens pelo interior do estado.

Ele explicou, ainda, que o cenário eleitoral hoje no Maranhão é muito claro no que diz respeito às duas principais pré-candidaturas: o peemedebista com o apoio de Dilma e do ex-presidente Lula, e o comunista Flávio Dino com o apoio dos dois principais adversários do PT, o senador Aécio Neves (PSDB), e o ex-governador Eduardo Campos (PSB).

“A minha posição nas eleições todos já conhecem: estou e estarei ao lado da presidente Dilma. Agora, o meu adversário está dividido entre Aécio Neves e Eduardo Campos, os maiores opositores ao Governo Federal”, reafirmou Lobão.

Lobão Filho relatou à petista que o grupo político que o apoia no Maranhão está “entusiasmado e coeso” em torno do seu nome, e que a aliança do PMDB com o PT “se fortalece a cada dia”, independentemente do cargo que será ocupado pelo partido de Dilma na chapa majoritária.

Durante o jantar, o senador Lobão Filho recebeu, ainda, manifestações de apoio de vários colegas de partido. O vice-presidente Michel Temer, por exemplo, afirmou que quer participar diretamente da campanha no Maranhão.

Segundo a assessoria do pré-candidato peemedebista, Temer confirmou que estará presente em São Luís na convenção que homologará o nome do senador como candidato a governador do Maranhão.

Presidente diz que Dino foi “decepção”

Na conversa que manteve na terça-feira, dia 27, com o senador Edison Lobão Filho, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, a presidente Dilma Rousseff (PT) relatou mágoa pelo fato de o pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino, haver-se aliado ao senador Aécio Neves (PSDB) e ao ex-governador Eduardo Campos (PSB), apenas dois meses após deixar a Embratur, órgão do governo federal para o qual fora nomeado pela própria petista.

Segundo o candidato Lobão Filho, a presidente relatou que a traição do comunista foi “uma das maiores decepções políticas desta eleição”.

A presidente disse, ainda, que não esperava “uma traição tão vil em tão pouco tempo depois da saída dele do governo”, segundo as palavras do candidato do PMDB.

Dino foi presidente da Embratur durante quase três anos e, mesmo sendo de um partido da base aliada, dará palanque no Maranhão aos dois principais adversários da petista – Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB).

As queixas foram feitas durante conversa com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), e com seu filho, o senador Edison Lobão Filho, pré-candidato peemedebista ao Governo do Maranhão.

Mais

Em entrevista a O Estado, Lobão Filho relatou, também, que recebeu da presidente Dilma Rousseff garantias de “um novo tratamento” ao Maranhão. “A reunião foi um sucesso em todos os sentidos. Uma conversa animadora sobre um novo tratamento ao Maranhão”, afirmou.

13 comentários sobre “Dilma Rousseff garante apoio incondicional a Lobão Filho e vinda ao Maranhão”

  1. Para quem conhece o estilo da Presidente, Dilma Roussef, a expressão não condiz com as suas atitudes. Acontece que, não haverá desmentido do que está sendo levado à mídia eletrônica ou impressa. Seria constrangedora tal desmentido, portanto, cada um fica com a sua imaginação.

  2. Eu até pensava em votar no Lobinho ,mas ele tá se juntando ao que há de pior na política nacional , esse desgoverno do PT só está trazendo desgraça para o povo brasileiro,a inflação voltou,a maior empresa publica a Petrobrás está falida sem contar com os escândalos de corrupção nunca vistos na história do Brasil.
    Prefiro mil Eduardo Campos !

  3. o Flavio Dino está com o povo,a Dilma não manda nos voto do Maranhão para Governador,basta ver a última pesquisa da Amostragem:Flavio 57% e Edinho 18%

  4. o Lobão está com a Dilma que não vota no estado.
    Mais o Flavio Dino está com o 53% do povo maranhense que vota no estado, vc esqueceu esse pequeno e muito importante detalhe, porque que elege o governador não é o presidente e sim o povo maranhense que está cansado desse grupo politico Sarney/Lobão.

  5. Acelio como já foi dito por muitos, Flávio Dino está c/ o povo. E mais, tem a torcida dos três presidenciáveis. Ver a foto q Dilma tirou c/ Flávio toda agarradinha e feliz e compara c/ essa foto tirada, constrangida, perto de Lobinho.

  6. é bom o lobinho voltar para ser senador sem voto, coisa que ele faz há bastante tempo e com desempenho nota zero… um senador sem força para nada… manda ele defender o pai dele das dezenas de apagões no brasil afora…

  7. esse lobo esta despachado, ele pode apelar pra Dilma, lula mais o povo já está decidido não quer mais esse governo que só botou o Maranhão no atraso é simples de entender o povo não quer e pronto.

  8. Minha gente,desde quando A Presidente Dilma,vota no Maranhão. Ela nem se mente nas coligações nos estados. Quem comanda TUDO é o Diretório Nacional do PT. E pronto. Agora os filiados Bem Aliados votam na ORIENTAÇÃO DO PARTIDO,mas tenho certeza que 100% dos simpatizantes e amigos do PT,VOTAM 13 e 65(Flavio Dino). Não é contra o PT,mas sim,contra a NÃO ALTERNANCIA DE PODER NO MARANHÃO. Se no Maranhão a cada 4 anos trocasse de Governador e de esquema: saindo um PARTIDO e entrando outro com ESTILO DIFERENTE,o Maranhão era mais RICO QUE A BAHIA. Deus salve o Maranhão.

Deixe uma resposta