Documento mostra que Guillermo Quiroga foi indiciado por 3 crimes

O jornalista Francisco Oliveira, do Correio Codoense, publicou cópia do ofício 181/2014, enviado pelo delegado de Timbiras, Alcides Nunes Neto, à Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão onde informa sobre a prisão do médico boliviano Guillermo Quiroga, ocorrida na manhã de hoje em seu consultório localizado na rua Rio Grande do Norte, em Codó.

Ofício do delegado à SSP/MA
Ofício do delegado à SSP/MA

No ofício o delegado informa que foi o juiz de Direito Ailton Gutemberg Carvalho Lima quem autorizou a prisão temporária de 5 dias do ortopedista e informa os motivos.

“De acordo com as provas já documentadas no Inquérito Policial Guillermo Quiroga Cuellar submeteu a vítima R.S.R. à uma tentativa de aborto contra a sua vontade, entre os dias 05 e 06/11/2014. A vítima foi mantida em cárcere privado e ameaçada pelo médico e outra pessoa, ainda não identificada, no curso do procedimento abortivo, feito em dois motéis, um na cidade de Timbiras e outro em Codó/MA”, escreve o delegado

Quiroga foi indiciado no inquérito como tendo cometido 3 crimes – tentativa de aborto sem o consentimento da gestante, ameaça e cárcere privado.

2 comentários sobre “Documento mostra que Guillermo Quiroga foi indiciado por 3 crimes”

  1. BOMBA! Justiça determina afastamento de Teresa Murad do comando da Prefeitura de Coroatá; Ricardo Murad está inelegível por 8 anos
    A prefeita de Coroatá, Teresa Murad acaba de ser afastada do comando da Prefeitura de Coroatá. O presidente da Cãmara de Vereadores deve assumir o posto imediatamente. A vice-prefeita foi atingida pela decisão da justiça e não pode assumir o cargo.

    Na mesma decisão, a justiça cassa os direitos políticos de Teresa Murad, Neusa Furtado e do secretário de Estado da Saúde, Ricard Murad, por 8(oito) anos.

    O TRE deve marcar nova eleição no prazo de 20 a 40 dias.

    Confira o teor da decisão da justiça.
    ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA NO BLOG DO GILBERTO LIMA ÀS 18:56 DO DIA 13/11/14.

Deixe uma resposta