Equipe de fiscalização realiza primeira noite de LEI SECA em Codó

Foi realizada ontem, 15, a primeira noite da Operação Lei Seca realizada em Codó pelo departamento de Ação Para o Trânsito do DETRAN/MA e pela Companhia Rodoviária Estadual.

O capitão Adonias Dias, da Companhia, impressionou-se com a quantidade de apreensões de motocicletas, cujo número ainda não foi divulgado, por conta de irregularidades.

“Você tá verificando a quantidade de motos apreendidas já sem habilitação, sem licenciamento, a quantidade bastante grande, em coisa de 30 minutos já pegamos aquela quantidade ali”, disse

Quem passou pela blitz na primeira noite foi convidado a realizar o teste do bafômetro.

“Se ele se recusar a fazer o teste do etilômetro vai ser notificado e se ele fizer o teste também vai ser notificado (…) vai depender se for 0,1 até 0,30 é infração, acima de 0,30 é prisão”, alertou em entrevista à imprensa presente

O DETRAN, que contou com o apoio de uma equipe da 3ª CIRETRAN, chefiada hoje por Ricardo Reis, também está fazendo trabalho de conscientização.

“Nós estamos aproveitando essa ação para sensibilizar a população de que é importante evitar dirigir e associar o álcool, nós não estamos de maneira alguma proibindo as pessoas de ingerirem bebida alcóolica, o que nós estamos tentando aquelas pessoas que nã ingeriram a não ingerir bebida alcóolica e dirigir e coibir aquelas pessoas que ainda, por ventura, tenham ingerido bebida alcóolica, elas serão, então, alvo da fiscalização”, frisou o capitão Edilson Cardoso, do departamento de Ação Para o Trânsito.

A equipe permanecerá em Codó ainda por vários dias e noites.

12 comentários sobre “Equipe de fiscalização realiza primeira noite de LEI SECA em Codó”

  1. TÁ CERTO SE EM TODOS OS ESTADOS TEM FISCALIZAÇÃO NO TRANSITO PORQUE QUE NO MARANHÃO TEM QUE SER DIFERENTE, TEM QUE FISCALIZAR MESMO PEDIR DOCUMENTOS EM DIAS DO CONDUTOR E DO VEICULO. E O RESULTADO TA AI PRA TODO MUNDO VER DIAS SEM ACIDENTE NO TRANSITO EM CODO.

  2. MUITO FELIZ ESTA AÇÃO, PARABÉNS AS AUTORIDADES, A POLICIA MILITAR E CIVIL, AO DM TRANS, AOS AGENTES DE TRANSITO, A GUARDA, AO PREFEITO, AOS VEREADORES, DELEGADOS É UM EXEMPLO DE BOM TRABALHO, VÃO SALVAR MUITAS VIDAS.

  3. Quer dizer que enquadraram a Ciretran e agora o órgão tá ajudando na apreensão das motos, é? Huuum…Pra quem reclamava das apreensões por falta de local pra colocar os veículos, ele mudou da água pro vinho!Que beleza!Parabéns! No Codó tem bastante espaço, é só alugar um.

  4. Enquanto isso só morreram 4 ontem a noite essa estratégia de prender moto não tá adiantado em nada pois toda vez que as autoridades resolvem fazer blitz sempre acontece outras coisas na cidade e ninguém fala nisso só sabe da Parabéns pelas blitz realizada brincadeira a população não tá tendo segurança fala sério.

  5. SE ALGUEM MORRE NÃO É POR FALTA DE FISCALIZAÇÃO E SIM SE ENVOLVENDO COM COISAS RUINS… CLARO QUE MATAR NÃO É A MOEDA CERTA… MAIS INFELIZMENTE EH ASSIM…

  6. Eita Codó quente: R$ 2,7 milhões são gastos com manutenção de ar condicionados

    Publicado em 15 de maio de 2015 às 10:22
    Prefeitura de Codó assinou oito contratos para manutenção de ar condicionados em 2015
    Prefeitura de Codó assinou oito contratos para manutenção de ar condicionados em 2015

    A Prefeitura de Codó deve ter muitos aparelhos de ar condicionado para fazer manutenção. No Diário Oficial do dia 5 deste mês, traz o extrato de oito contratos da gestão de Zito Rolim (PV) para manutenção de ar condicionados.

    Os oito contratos somados fica em torno de R$ 2,7 milhões. As empresas contempladas com os contratos são somente suas: E. R. Sousa Soares e R. S. Santos. São quatro contratos para cada uma.
    Prefeito Zito Rolim fez oito contratos que juntos somam mais de R$ 2,7 milhões
    Prefeito Zito Rolim fez oito contratos que juntos somam mais de R$ 2,7 milhões

    A vigência dos contratos é igual para todos: de fevereiro a dezembro deste ano.

    Mas o detalhe mais interessante na maior parte desses contratos para manutenção de ar condicionados é de onde sairá a verba para o pagamento. Em quatro extratos é mostrado que sairá verba do Fundo Municipal de Saúde e também do Fundo de Manutenção da Educação Básica (Fundeb) para o uso de diversas secretários. O que não pode pela legislação já que tais verbas devem ser usadas somente nas áreas correspondentes.

  7. Em resposta ao comentário que diz que morreram quatro devo dizer que os que morreram não eram ………………… portanto, enquanto a policia estiver prendendo moto e os ….. estiverem se matando tá tudo muito bem.

  8. É a nova gestão. Boa iniciativa, mas tem que ter relatórios entre o o ,Batalhão da PM, Ciretran e Promotores de Justiça.
    Assim vai evitar que não sejam liberadas motos e carros apenas com pedidos políticos, mas somente após a legalização na forma da lei de trânsito.

  9. É louvável as blitz na cidade… Só que há uma onda de violência na cidade inteira, e não se ver o governo do estado disponibilizar homens para ajudar na segurança pública de Codó. Talvez, seja mais fácil recuperar o estado tirando dos que tem menos, pois provavelmente nenhuma moto roubada de pais de famílias foram recuperadas, mas muitas motos de homens trabalhadores foram apreendidas, e pelo que vir não houve sugestão de teste do etilômetro a nenhuma das cidadãos abordadas. Grande porcaria esse governo de Flavio Dino, que pegou um estado quebrado e quer obter recursos as custas do povo mais carente, pois até o momento, este não trouxe nenhuma melhoria de vida para a população codoense, “excluí-se da população os poucos politico, panelinha, que foram agraciados com cargos, para colocar seus puxa saco de campanha”. Ah para finalizar
    Art. 244. Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor:
    I – sem usar capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção e vestuário de acordo com as normas e especifi cações aprovadas pelo
    CONTRAN;
    II – transportando passageiro sem o capacete de segurança, na forma estabelecida no inciso anterior, ou fora do assento suplementar colocado
    atrás do condutor ou em carro lateral;
    III – fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas em uma roda;46
    Código de Trânsito Brasileiro
    IV – com os faróis apagados;
    V – transportando criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança:
    Infração – gravíssima;
    Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir;
    Medida administrativa – Recolhimento do documento de habilitação;
    Essa é pra um guarda municipal que mandou eu estudar o CTB, que liberou um pessoa que dirigia uma motocicleta, o condutor era habilitado, mas o passageiro estava sem capacete, , mandou eu estudar o CTB, ta ai seu incompetente o que vc deveria ter feito e não fez. Além do mais quem os guardinhas de Codó abordava e eram conhecidos deles, eles liberavam.

Deixe uma resposta