Escola reconstruída em Timbiras deixa de homenagear ditador e passa a se chamar Paulo Freire

O Governo do Maranhão realizou, no último fim de semana, a entrega simultânea da reforma de dez escolas em oito diferentes municípios. Nesta lista, a cidade de Timbiras recebeu uma escola reestruturada e um motivo a mais para comemorar: a unidade, que antes homenageava um ditador militar, agora terá como nome Paulo Freire, educador Patrono da Educação Brasileira. O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, entregou a escola, parabenizando a comunidade escolar pela escolha do novo nome.

 Escola Paulo Freire, em Timbiras
Escola Paulo Freire, em Timbiras

“Agora, são mais 10 escolas entregues, mas aqui em Timbiras de uma maneira muito especial, porque além de entregar uma escola nova, do ponto de vista físico, trazemos também uma escola com outra concepção, uma mudança do ponto de vista ideológico. Tem um novo nome e foi a comunidade escolar que fez essa escolha, de tirar o nome de um ditador da era militar para um grande pedagogo, alguém que transformou a vida das pessoas com a Educação”, exaltou o secretário Felipe Camarão, lembrando o simbolismo da troca.

Antes o Centro de Ensino (C.E.) Paulo Freire se chamava C.E. Emilio Garrastazu Medici, em referência a um dos presidentes da Ditadura Militar no Brasil. Uma votação incluindo alunos, pais de alunos, funcionários e professores alterou o nome. “Estamos recebendo uma escola reformada e de nome novo e também mudamos a gestão, por eleição, temos uma escola democrática. Agora é uma escola digna de qualidade, com salas climatizadas, tudo perfeito. Agora, é trabalhar para alavancar os índices educacionais do Maranhão”, apontou a gestora da escola, Claudia Lindoso, listando as novidades.

Os 592 alunos da unidade escolar, que se dividem nos três turnos, agora têm salas climatizadas e equipadas, carteiras novas. A estrutura passou por pintura, troca da parte elétrica e hidráulica, reparos no piso, teto e paredes.

Wesley Aguiar, 18 anos, é aluno do terceiro ano, e percebe com clareza as diferenças no ambiente. “Vendo o antes, de como a gente estava, estamos agora às mil maravilhas. Muito bom ter recebido essa reforma, e estamos muito agradecidos ao Governo por ter contemplado a nossa escola, porque da forma que estava não dava mais para continuar. Chegou num momento certo e hoje recebemos a escola pronta para usar”, ressaltou o jovem.

Troca de nomes

O processo de mudança do nome do C.E ocorreu com base no Decreto Nº 30.618 de 02 de janeiro de 2015, que proíbe atribuir ou propor a atribuição de nome de pessoa viva a bem público, de qualquer natureza, pertencente ou sob gestão do Estado do Maranhão ou das pessoas jurídicas da Administração Estadual indireta. No decreto, a vedação é estendida também a nomes de pessoas, ainda que falecidas, que tenham constado no Relatório Final da Comissão da Verdade de que trata a Lei Nº 12.528 de 18 de novembro de 2011, como responsáveis por crimes cometidos durante a ditadura militar.

SECAP por Mariana Salgado

Um comentário sobre “Escola reconstruída em Timbiras deixa de homenagear ditador e passa a se chamar Paulo Freire”

  1. Esse povinho devia estudar mais e conhecer os dois lados da história, e não se deixar levar por ideologias políticas que imperam dentro de nossas escolar, como faz a politica do PT e PCdoB. por isso esse estado esta condenado a viver nesse mar de lama, miseria e ignorancia.

Deixe um comentário