Ex-presidente João de Deus conta como fez para pagar o INSS da Câmara e ficar livre de problemas com a Justiça

O ex-presidente da Câmara de Codó, João de Deus Sousa Bonfim, concedeu entrevista ao blogdoacelio para falar sobre a polêmica dos ‘ex’ que não repassaram a arrecadação mensal para o INSS quando estiveram à frente do parlamento.

Ex-presidente João de Deus – agiu corretamente e está livre da Justiça

A polêmica voltou a tona quando o prefeito Francisco Nagib passou a descontar mais de 80 mil reais todo mês alegando que  pagou uma dívida de INSS da Câmara e agora está cobrando, parceladamente, o que gastou.

João esteve como presidente entre maio e setembro de 2011 e fez diferente. Consultou o TCE (Tribunal de Contas da União) e, atendendo à orientação recebida, pagou os 22% sobre a folha e reduziu o salário de seus colegas para não extrapolar o limite de 70%, instituído em lei,  para gastos do legislativo.

“E o Tribunal de Contas do Estado me autorizou a fazer isso, a reduzir o salário (dos vereadores) e pagar a previdência e assim nós fizemos nos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro de 2011, neste período a Câmara não ficou devendo INSS, mas ficou os anos anteriores e posteriores descoberto, por isso a negociação agora foi tão alta”

Conta que à época foi estressante uma vez que deixou todos os vereadores insatisfeitos, mas hoje respira aliviado pois não tem seu nome sujo como têm aqueles que não tomaram o mesmo cuidado.

“No período foi muito ruim porque eu angariei a inimizade de, praticamente, todos os vereadores, mas hoje eu não sou candidato mais é porque eu não quero, não é porque eu não possa, enquanto nós temos ex-presidentes que querem ser candidatos e a lei os tornou inelegíveis”, garantiu

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA

3 comentários sobre “Ex-presidente João de Deus conta como fez para pagar o INSS da Câmara e ficar livre de problemas com a Justiça”

  1. Publica tudo sobre João de Deus. É só a pura verdade, se faz de mudo pra não dar recado. .Frase que gosta de falar que não sei se é de sua autoria: NÃO SOU MELHOR NEM PIOR SOU DIFERENTE.

Deixe uma resposta