Governo CIDADE DE TODOS tá jogando no olho da rua contratados até com 22 anos de serviços na Prefeitura de Codó

O que o prefeito novo faz é demitir os contratados do governo anterior. De tão repetitivo, isso acabou tornando-se normal na cabeça da pessoas.

Mas o governo CIDADE DE TODOS inovou.

Principalmente na pasta da Saúde, tem gente que tinha até 22 anos de serviço na Prefeitura que já tá no olho da rua. Gente com 14 anos, 16 anos, 18 anos de serviços prestados como contratado que, neste governo, foi jogado fora sem qualquer justificativa.

Como se explica isso?

22 comentários sobre “Governo CIDADE DE TODOS tá jogando no olho da rua contratados até com 22 anos de serviços na Prefeitura de Codó”

  1. Tô achando q tá é demorando d+ tirar esse povo e colocar quem o ajudou na campanha, coloca logo teu pessoal Dr. Zé FRANCISCO , tira todos q trabalharam no governo do Zito e Nagib

  2. José Francisco, vc falava nos quatro quantos da cidade, que ia gerar emprego, não demitiria ninguem, que ia ser diferente, muitos acreditaram em vc, e, olha o que vc está fazendo.

  3. Pior foi o Nagib,que jogou no olho da rua a dignidade do povo codoense,que tinham que ir pra Timbiras,Presidente Dutra e Peritoro pra serem tratados por coisas simples que não tinham no HGM. Suas criticas são iguais as da Globo contra o Bolsonar. Que feio!!

  4. É assim mesmo, minha tia estava com 16 anos na educação, quando o Nagib entrou no governo demitiu ela e as outras colegas dela que havia até umas que tinham mais tempo que ela, quem segura é o concurso público, só existe esse meio pra prefeito não demitir.

  5. ESTA SEGUNINDO O COMPORTAMENTO DO NOVO MUNDO?
    HIPOCRISIA .
    NÃO ESTA SE IMPORTANDO COM NINGUEM, SOMENTE SENDO HIPOCRITA.
    AS VEZES FAZ UM BOM TRABALHO, MAS MESO QUADNO O FAZ TEM UM PPOUCO DE DESINFORMAÇÃO NO MEIO, AFINAL O OBJETIVO É SATISFAZER O INTERESSE PESSOAL E NÃO DA COLETIVIDADE, ESTA É SOMENTE USADA COMO MEIO PARA CONSEGUIR OS OBJETIVOS.

  6. VAMOS COBRAR QUE O PREFEITO FAÇA UM CONCURSO DE VERGONHA, NÃO COMO ESSE QUE O NAGIB FEZ COM 100 VAGAS, A PREFEITURA TEM MAIS DE 4000 CONTRATOS E O POVO FICA NESSA DE A CADA G0VERNO O MEDO DE IR PARA A RUA. E O MP QUE NÃO FAZ NADA, UMA VERGONHA ESSE PROMOTOR QUE SÓ RECEBE SALÁRIO E NÃO FAZ NADA, MAS SE FOSSE ACUMULO DE CARGOS ESSE PROMOTOR É VALENTE PARA COM OS MAIS FRACOS, AGORA QUE VER ESSE PROMOTOR ENFRENTAR PREFEITO.

  7. E o ciclo da vida, empresas privadas fazem o mesmo e ninguém fala nada, como não é concursado na rede publica dá nisso, não vejo anormalidade nisso o que vejo de anormal e passar tanto tempo sem concurso pra lotar estas vagas, pois bem sabemos que muitas vagas preenchidas de contratados de 16,20,04 anos “muitos” podem estar acomodados dando uma prestação de serviço ruim e o principal defasados nas novas mitologias e tecnologias que o mercado de trabalho necessita.
    Acho sim que pode fazer, e acho que deve ser feito concurso.

    1. Uma coisa temos que lembrar, prefeitura não pode ser cabide de empregos, vivemos no.mundo da tecnologia onde se substitui a máquina humana, então onde se tem 10 com a tecnologia usa-se 5, o prefeito tem é que trazer empresas pra gerar empregos diretos em Codó. Agora vc entra dentro de uma sala de qualquer secretaria, onde cabe 5 tem 10, aí fica difícil.

  8. Acelio você tem toda razão, esses servidores com 15 anos ou mais que estão sendo demitidos, talvez não tivesse nenhuma ligação com o Nagib e com o Zito, e até tenha votado no dr. Zé Francisco e estão sendo postos pra fora. Sem lógica um negocio desses.

  9. O que se espera é que o prefeito Dr. Zé Francisco, passado esses primeiros anos de governo, faça um concurso público decente, mais abrangente. Que ele nem espere recomendações do Ministério Público, faça o concurso independente disso. Há anos a população codoense espera por isso. Vamos acreditar e contar com a sensibilidade do prefeito em relação a esta situação.

  10. Se existem vagas, tem de haver concurso, isso e fato, porém, se três meses consecutivos na mesma cargo/função, gera vínculo empregatício, imagine, 20 anos…

Deixe uma resposta