Gracinaldo expressa preocupação com o futuro do Viva Cidadão de Coroatá

Em suas palavras na Câmara Municipal, o Vereador Gracinaldo (PSL) demonstrou grande preocupação com o futuro de um órgão público de muita utilidade para a população do Maranhão, que fora concebido e implementado ao longo do governo de Roseana Sarney: o Viva Cidadão.

Gracinaldo é conhecido por seu trabalho solidário junto à população de Codó, para ajudar as pessoas no transporte até a cidade de Coroatá (60 km de distância) e a tirarem seus documentos na única unidade que atende a região.

Há um bom tempo levo as pessoas para tirarem seus documentos no Viva Cidadão de Coroatá, mas não faço com alegria ou prazer e sim com pesar, pois já teríamos que possuir uma unidade em nosso município para atender a nossa população, e a uma distância confortável para todos tirassem sua própria documentação. Já pedimos por requerimento ao governo do Estado, pedimos publicamente, mas infelizmente ainda não temos nem perspectivas e nem previsão ”, comentou.

Viva Cidadão pode fechar as portas

O parlamentar lamentou sobre o clima de incerteza testemunhado naquela cidade, por pessoas de Codó e região que estavam acostumados com os serviços, na qual seus documentos ficavam prontos em no máximo cinco dias úteis. “Infelizmente existe um grande ponto de interrogação sobre a existência daquele órgão. Ainda não tivemos nenhuma notícia do governo do estado sobre a continuidade e o funcionamento do Viva Cidadão de Coroatá.”.

Gracinaldo ainda disse que muitos funcionários estão desmotivados para continuarem trabalhando e com salários atrasados desde dezembro.

A prefeitura de Coroatá ainda está fazendo esforços para manter os serviços, mas até mesmo o edifício onde se localiza o Viva Cidadão está com pagamentos de aluguel atrasados. O futuro incerto do órgão fez com que Gracinaldo pedisse apoio aos colegas de parlamento em busca de soluções para assistir aos munícipes que precisam dos serviços.

O edil encerrou seu discurso declarando que ainda vai continuar prestando esse serviço, de levar as pessoas até Coroatá para tirarem seus documentos, mas com a preocupação de chegar no município e encontrar as portas da instituição fechada, o que será uma grande perda para a população de toda a região.

Indicações da Semana

Pela indicação Nº 13/15, o Vereador Gracinaldo solicita ao executivo a recuperação da massa asfáltica da Av. 1º de Maio, como também as passagens de água por canaletas nos cruzamentos 1ª, 2ª, 3ª e 4ª Travessas da 1º de Maio, devido ao estado de intrafegabilidade na qual se encontra.

Com as indicações Nº 14/15 e Nº 15/15 o edil solicita, respectivamente, a recuperação de massa esfáltica da Rua Magalhães de Almeida, no inicio do cruzamento com a Rua Piauí, a recuperação de pavimento com meio fio e sarjeta da Trav. Parque Eldorado e da 1ª Travessa da 1º de Maio no São Francisco, além da construção de pontes de CIMENTO das ruas Magalhães de Almeida, Acre e Moises Reis, todas no São Francisco.

Ascom

9 comentários sobre “Gracinaldo expressa preocupação com o futuro do Viva Cidadão de Coroatá”

  1. Louvável o seu pronunciamento vereador, pois o Viva cidadão é um órgão de extrema importância para população maranhense. Sabemos da sua luta para vinda de uma unidade para Codó e agora da luta para o não fechamento da unidade de Coroatá. Pena vereador que seus poderes são limitados. Mas o que tem a dizer o parlamentar Pedro Bello sobre tudo isso. O viva cidadão é um órgão estadual e sabemos que o sr. pedro é o representante do Governador na cidade.

  2. vereador vc devia era se preuculpar com preço da agua q seu prefeito de paixao. pq antes vc andava dizendo que jamais vc decharia de ser a favou do povo .pra ser a favou de prefeito, e agora me responda vc me falou isso na minha casa, vc e mais um …….. , o …… mudou seu pensamento
    zero pra vc, por favou nao pessa meu voto

  3. Por razões políticas que são óbvias a cidade de Coroatá tem sido favorecida com serviços que Codó não dispõe. Com quase 120 mil habitantes, o município de Codó deveria polarizar esses serviços que tem sido destinados majoritariamente para a citada cidade vizinha, que possui menor população e localização geográfica desfavorável quando comparada a Codó. Ainda assim representantes do povo preferem se ocupar com questões que não são de sua competência legal, ao invés de trabalhar para trazer os serviços que esta cidade clama a muito tempo. Ai pergunto: levar cidadãos para outros municípios para tirar documentos e pedir em troca favores eleitorais seria a razão desse comportamento desprezível?

  4. Já que o Vereador está preocupado, com a situação desse Órgão tão necessário, a população, o mesmo deve tomar providências rápidas, ou seja usando tua inteligência, convocando todos os vereadores das Cidades que utilizam os serviços, e pressionar o governador a manter os serviços, prestados pelo Viva cidadão

  5. Pingback: Governador Flávio Dino, não desconte seu ódio e inveja na coletividade!!! | Caio Hostilio

Deixe um comentário