Lesados da ELETROMOTOS em Codó vão protestar em frente ao fórum quinta-feira

Na próxima quinta, às 9h da manha, codoenses que foram lesados pela COMPRA PREMIADA ELETROMOTOS vão estar na frente do Fórum de Justiça, na Av. João Ribeiro, para cobrar, de maneira ordeira e pacífica, o andamento do processo que tenta recuperar dinheiro investido por quem acreditou no negócio que faliu em 2013.

João Paulo ainda não ressarciu os lesados de Codó e Timbiras
João Paulo ainda não ressarciu os lesados de Codó e Timbiras

Um grupo está se organizando para protestar em frente ao prédio da Justiça e depois descer até a casa que pertence ao empresário João Paulo Sousa dos Santos, atualmente penhorada.

RELEMBRE O CASO

Os clientes da compra premiada ELETROMOTOS, de Codó e Timbiras, ficaram na mão  desde que o dono da empresa desapareceu da cidade, dia 8 de março de 2013, às 3h30 da madrugada e nunca mais voltou à Codó para ressarcir seus ex-clientes.

Para trás, João Paulo Sousa dos Santos, de Bacabal mas morava em Codó há vários anos, deixou nada menos que dois grupos de clientes, cada um com 48 pessoas, e mais outro na vizinha cidade dos timbirenses (acredita-se que com a mesma quantidade de gente que sonhava em ser sorteado na motocicleta  ou em algum eletrodoméstico sem precisar tirar do bolso mais nada).

As vítimas contaram à imprensa, à época, que no último sorteio,  realizado na noite  22 de março, João Paulo  ainda teve a coragem de mandar alguém recolher o dinheiro (mensalidade).

O sujeito mandado, após pegar tudo, disse que iria trocar um cheque e logo voltaria para o local (centro da cidade), mas também desapareceu. Formou-se um tumulto naquela noite, mas já era tarde.

O golpe já havia se concretizado.

Deixe um comentário