Movimento que fechou BR-316 fará audiência pública na zona rural este mês

Comissão de líderes do Movimento Por Libertação Rural
Comissão de líderes do Movimento Por Libertação Rural

A comissão que esteve a frente do bloqueio da BR-316, recentemente, está organizando uma audiência pública onde o tema da MA-026  e muitos outros entrarão na pauta de discussão. Será na Santa Rita do Moisés, dia 26 de agosto. Abaixo o texto do convite, enviado ao blogdoacelio, na íntegra:

“O Movimento Por Liberdade Rural – que é uma ação das associações e comunidades rurais, onde estão engajadas mais de 30 comunidades incluído  áreas do  ITERMA , CRÉDITO FUNDIÁRIO e INCRA. em busca de politicas publicas para as famílias do campo –  realizará uma audiência pública na comunidade Santa Rita do Moisés, Codó-MA, onde serão convidadas as autoridades competentes a se manifestarem  sobre  a seguinte pauta:

  1. Reforma da MA 026;
  2. Construção das estradas vicinais;
  3. Credito Fundiário (compras de terras não recebidas, SICs e renegociação )
  4. Demarcação De Áreas Rurais
  5.  Banco Do Brasil e  Caixa sobre liberação e execução  do PNHR em Codó
  6. Agilidade Do INCRA e ITERMA nos Processos
  7. Perfuração de poços nas comunidades rurais;
  8.  Construção de postos de saúde em comunidades pólos;
  9. Melhoria na qualidade da Educação do Campo;
  10. Assistência Técnica( estadual e municipal ) para o homem do campo ;
  11. Maquinários  do PAC; trabalhando para o agricultor familiar no município de Codó

Local: Comunidade Santa Rita do Moisés

Data: 26 de Agosto de 2014

Inicio: às 08:30 h

Encerramento: às 16:00 h

Contamos com vossa participação nesse evento, visando melhorar as relações entre a sociedade civil e o poder  publico.

3 comentários sobre “Movimento que fechou BR-316 fará audiência pública na zona rural este mês”

  1. que convidem todos do município a começar pelo prefeito Zito e todos os seus secretariados, para esclarecerem a toda comunidade rural sobre os como a zona rural esta 100.

    cem estradas
    cem educação
    cem saúde
    cem segurança
    sem agricultura
    em esta cem.

  2. É muito bom vive em um pais democrático, sabemos que constitucionalmente temos direito a saúde, educação, moradia digna e principalmente direto a terra para trabalhar no caso da agricultura como base da alimentação humana e animal no mundo. Fico feliz em ver nossa população rural correr atrás dos seus direitos e fazer isso de forma mais pacifica e legal possível, gosto de ver nossos agricultores aclamar por tudo que eles não tem mas merecem muito,e os políticos do poder apenas prometem e renovam a esperanças dos inocentes e leigos agricultores assim deixados propositalmente, sem os investimentos devidos na educação para que os mesmos sejam manipulados neste período eleitoral com as promessas e as compras de voto barato como recém mostrado no fantástico. meus parabéns a comissão organizadora e a todos os agricultores codoenses pela o apoio a iniciativa da região do barracão.

Deixe uma resposta