Fale com Acélio

Desde 09/06/24 no HGM

O jovem LEANDRO MAX Moreira Silva, de 32 anos,  está no HGM desde 09/06/24. Ele sofreu um grave acidente de moto contra carro na Trizidela e teve traumatismo craniano, também está com o maxilar quebrado ( o queixo). A ficha dele descreve seu caso como ‘gravíssimo’.

Em Codó está sendo acompanhado pela esposa. Sua mãe, dona Valda Moreira Silva, está com fratura no pé em Imperatriz, onde mora,  sem poder lhe prestar assistência de perto.

Por meio de Dona Creuza, uma amiga dela codoense, um áudio da mãe chegou à nossa redação onde, aos prantos, a genitora do paciente expõe sua angústia ao saber que o filho, à beira da morte, está precisando de duas especialidades que NÃO são ofertadas pela saúde pública do governo de Zé Francisco – neurologista e um bucomaxilo.

“Só que além de não ter o suporte que ele precisa também não tem o profissional que ele precisa passar por esse profissional que é o neuro, ele precisa ser examinado por um neuro. O profissional que ele tá precisando nesse momento é de um neuro e também de um bucomaxilo, que é o médico pra ver a questão do maxilar dele que foi fraturado, então o hospital não dispõe destes dois profissionais”, diz no aúdio

Ela também faz um apelo em nome da vida do filho, apela pela mais urgente transferência.

“Então a gente tem que correr contra o tempo porque o que tá em jogo é a vida dele e que a vida é o bem mais precioso que a pessoa tem, então o meu desespero daqui de longe, como mãe, é tá conseguindo um hospital que ele tenha esse acompanhamento’, frisa


Dona Creuza também nos enviou o vídeo de uma tia do paciente. Dona Vívian pergunta pelas autoridades municipais que não estão vendo casos como o do sobrinho dela acontecerem todas as semanas, repetidamente.

Ela pergunta se deixarão Leandro Max morrer no HGM.

“Que as autoridades maiores tivessem consciência que é uma pessoa, é uma vida que tá em jogo e nunca foi feito nada, nada foi feito. Cadê as autoridades pra tá vendo esse caso? A gente mora em imperatriz, a mãe dele tá com o pé quebrado, não tem como ela tá se locomovendo daqui pra outra a cidade, sem condição financeira porque a gente sabe que é um gasto e não é pequeno, então ele tem que ser transferido pra outro hospital. Será se meu sobrinho vai morrer por falta deles não fazer nada?”, questiona

 

NINGUÉM AGUENTA MAIS O GOVERNO DESTE HOMEM

12 comentários sobre “NO DESESPERO: Família pergunta se autoridades vão deixar jovem acidentado morrer à míngua dentro do HGM de Codó”

  1. Zé Francisco é um exemplo de que prefeito médico não é sinônimo de saúde pública de qualidade.

    Assim como eleger um “prefeito empresário” não será sinônimo de geração de empregos.

    Sinais estão aí.

    1. Mas o HGM está muito melhor com o médico do que no tempo do empresário, que inclusive confessou que ia mandar quebrar a UTI para prejudicar Zé Francisco.

    2. Os defensores contratados pelo Zé Chico são experts em justificar o injustificável dos infinitos malefícios da atual gestão. Meus parabéns.

  2. Caso recente.
    Ao ler o laudo das condições físicas acima postado, se verifica que todas as intervenções ao alcance da disponibilidade técnica do hospital estão sendo feitas. Ainda se verifica que será importante uma reação positiva do paciente para efetuar transferência com segurança.
    Não se verifica nenhuma negligência do hospital.
    O que se verifica é que estão usando e abusando dos pacientes graves sob cuidados para compor uma narrativa totalmente distorcida, e de acordo com o interesse politico daqueles que mandavam no sol quente pacientes em carrinho de mão.

  3. Ué, a liberação da transferência é feita pela equipe do HGM ou por São Luís?
    Cobrar neurocirurgia e cirurgião bucomaxilofacial no HGM soa como um tom de desespero e despreparo intelectual, técnico e demonstra oportunismo político em detrimento ao sofrimento da família.

    Pra quem diz que o HGM não tem nada, me pareceu muito competente em estabilizar e manter a vida do paciente gravemente acidentado há mais de uma semana.

  4. Sou tia do paciente moro em imperatriz estamos nos referindo sobe a transferência e afirmando que o hospital para público de codo não tem neurologista e isso é lamentável uma cidadã grande como essa ele está muito bem cuidado no HGM mais prescisa de neurologista e lá não tem

  5. A senhora Samia Moreira, tia do paciente, desmente o desespero da postagem ao afirmar que o sei sobrinho está sendo muito bem cuidado no HGM. Apenas lamentou a falta de neurologista para o caso grave. Mas se a indicação for cirurgia de alta complexidade, desde que o HGM foi fundado, nunca teve. Isto, nem nos hospitais regionais das cidades próximas. A solução é oa que o HGM está insistindo junto ao SUS — uma vaga num hospital da capital habilitado para esse caso.
    De resto, é política baixo nível da oposição que o blog toma partido e perde credibilidade.

  6. Uma vida clamando por saúde, uma família desesperada, clamando por ajuda. Esse povo bajulador deveria no mínimo se sensibilizar com a dor da família, se não pode ajudar, também não atrapalha.
    Hoje é este jovem, amanhã pode ser qualquer um de nós.

    1. “Alegria”, antes ter escrito teu comentário, deveria ter lido aí o comentário da Samia Moreira, tia do paciente, afirmando que ele está sendo muito bem cuidado no HGM.
      “Alegria”, além de babão de um certo pré-candidato, você é uma tristeza em estado terminal.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

 

 

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias