PAFOR formará mais 60 professores em Inglês e Espanhol em Codó

O  PAFOR – que é um programa de Formação  – foi criado pelo Ministério da Educação para atender professores efetivos da rede pública que atuam sem a formação específica para a disciplina que ministram em sala de aula.

Mesa formada na solenidade de abertura
Mesa formada na solenidade de abertura

 “A oferta do Pafor tanto para as turmas de primeira licenciatura, quanto para a segunda licenciatura, que são aquelas turmas que obedecem a legislação onde o professor trabalha uma disciplina, mas ele não pé habilitado nela, ele tem a opção, através da plataforma Freire, de corrigir e fazer esta formação”, detalhou a coordenadora do programa em Codó, professora Raquel Pinho

BENEFICIADOS EM CODÓ

No Brasil inteiro foram abertas 105 mil vagas. Em Codó, 60 professores  iniciaram recentemente  formação em Letras Inglês e Letras Espanhol. Professor Marco Aurélio  Frota dos Santos contou que passou pela exata situação que descreve o critério do Pafor e quer evitar a repetição do problema.

 “Inclusive eu comecei com artes na escola São Luís e eu senti uma dificuldade porque eu não tinha um conhecimento além daquilo e eu precisava de uma formação a mais para que eu especificasse meus alunos mais diretamente, como eu posso dizer, então o PAFOR foi uma forma que eu encontrei justamente para aprimorar meus conhecimentos e passar o certo aos meus alunos”, disse

Professores e convidados
Professores e convidados

A formação é de quatro anos e as aulas serão sempre aos fins de semana, explicou a coordenadora institucional do programa executado pela Universidade Federal do Maranhão. Raimunda Ramos,  em parceria com os municípios. Ela exortou os professores à não desistirem porque muitas dificuldades, de ordem pessoal, virão.

“Trabalhar, estudar e agregar o seu tempo de estudo à todos as suas atividades profissionais e cotidianas requer um grande desafio para estes professores da educação básica”, frisou

ATÉ O FIM

Professora Lêda Maria Bezerra Pereira garantiu que vai até o final da formação. Está concluindo Pedagogia e iniciando Letras Inglês. Entende que quanto mais qualidade profissional tiver, mais haverá um reflexo disso na sala de aula.

“Reflete sim porque a gente já sendo qualificado, quanto mais qualificação você tiver melhor tanto pra gente como pro aluno”, garantiu

Deixe uma resposta