PÁGINAS DE CODÓ (XCII) – LUIS CÂNDIDO SOUSA ROCHA

Cândido Sousa
Cândido Sousa

Nascido no dia 23 de novembro de 1973, na cidade de Pirapemas, no Maranhão. Filho de Walter Luís Batista da Rocha e Raimunda Sousa Rocha.

Veio morar em Codó, tendo em vista que seu pai foi contratado para trabalhar na Fábrica de Cimento.

Estudou o curso primário na escola da Vila Nassau, onde morava.

Continuou seus estudos no Colégio Senador Archer até a conclusão do 2º grau, exercendo uma expressiva liderança no meio estudantil.

A partir de 1987, veio morar com sua avó Hotelina Maria de Sousa, naquele mesmo ano a convite de seu amigo Roberto Matos, passou a frequentar as reuniões do Clube de Jovens “AJUC” do bairro São Sebastião, tornando-se presidente mais tarde.

Esse grupo serviu-lhe como uma grande escola, no âmbito de prestação de serviço à comunidade carente. Participou da construção da primeira capela de São Pedro, no bairro que leva o mesmo nome.

Serviu o Tiro de Guerra em Codó. No ano de 1995 fez o curso de sistema de TV, da Rede Globo, trabalhou no Sistema Mirante de Comunicação – Codó e na TV Cocais. Em 1996, concluiu o documentário sobre a cidade de Codó, que deu o título “Uma Codorna Me Contou”.

Esse trabalho tem sido de grande utilidade para os amantes da história codoense, que utilizam como fonte de pesquisa.

Fez o curso de “Segredos do Cinema” no CEUMA em São Luis, no ano de 1998, neste mesmo ano, perdeu sua genitora Raimunda Sousa Rocha, vítima de uma AVC, o que lhe causou uma perda irreparável.

Participou do curso de Parapsicologia e Religião ministrado pelo ilustre Padre Quevedo, na cidade de Coroatá, credenciando-lhe a proferir palestras sempre que é convidado. É o autor do livro sobre comportamento e relações, com um pouco de filosofia e poesia, tem como título “Quando vêm os Ventos”, inédito.

Casado, esposo exemplar, sincero, amigo, bastante preocupado com o desenvolvimento cultural de Codó, por este motivo, está elaborando um outro documentário sobre Codó e sua gente, desta vez em CD-ROM, com fotos raríssimas, que ilustram este importante trabalho.

Costuma sempre a dizer: “A terra não é quadrada, por isso ninguém tem canto para ficar”. Arrimado nesta célebre frase, é que o menino nascido em Pirapemas, veio para Codó, cresceu, se fez homem e é um dos personagens que fazem a história contemporânea desta boa terra.

Há bastante tempo vem exercendo a função de cinegrafista da TV Mirante.

Membro do Instituto do Histórico e Geográfico de Codó, ocupante da cadeira nº 13.

Codó – MA, 13 de outubro de 2014.                                                       Prof. Carlos Gomes.

Sócio Fundador da Associação Cultural Codoense “Antonio Almeida Oliveira”.

Transcrito do Livro Codoenses & Não Codoenses, inédito.

8 comentários sobre “PÁGINAS DE CODÓ (XCII) – LUIS CÂNDIDO SOUSA ROCHA”

  1. Cândido, o branco, simples e inocente. Nenhum outro nome poderia lhe cair tão bem quanto este.
    Meu marido, confidente, amigo, apoio, irmão e companheiro eterno. Pai dedicado (ao extremo)…entregue a tarefa mais sublime que um ser humano recebe: guardar uma vida…educar, amar e supri-la de sentimentos e meios para que esta cresça e se torne, no resumo de tudo, digna de ser e de estar.
    Se o Artur Cândido (nosso filho) já soubesse controlar seus sentimentos, viria aqui e certamente tbem diria que o seu pai é,sem dúvidas, o melhor, mas talvez ele so precise correr de encontro ao pai, quando este chega em casa, com um sorrisinho dispretencioso no rosto e perguntar: Vochê ter um abaço, papai?!
    Peço ao Criador que o mantenha firme em suas convicções, que o abençoe e que lhe dê motivos para continuar a sonhar…no oceano mais prafundo ou na mais alta nuvem.
    E para o homem com quem divido a minha existência…um bom dia de cada vez.

    P.S.: Sim, ele tem os olhos de parar o tempo, quem o conhece sabe e sente.

  2. Quero parabeniza-lo, pela grande pessoa que é, um homem de caráter, que continue sendo a pessoa admirada e respeitada que é, te desejo muito sucesso, na tua vida profissional e pessoal, abraço.

  3. Parabens jovem Candido Sousa, história de vida assim deve ser divulgada, pois serve de exemplo para que outras pessoas possam seguir.

    Eu conheço seu trabalho, junto a seu colega de trabalho, o Repórter Dr. Acelio Trindade, ambos estudiosos e inteligentes.

    Desejo sucesso e que continue sendo esse jovem estudioso…

    De Seu amigo: José Luís dos Santos Castro – Sindicalista e hoje estudante de Direito na Universidade do Estado da Bahia – UNEB.

  4. Grande cidadão, homem simples que tenho a honra de conhecer ainda na pré-adolescência. Lutador e amante da arte cotidiana perpetuada em seu olho mágico…lembro com saudade de uma frase sua, no inicio da década de 1990, onde ele dizia: Evannildo tá vendo essas imagens que estou fazendo da Igreja São Sebastião, da fábrica velha e da praça do viveiro? um dia tudo isso estará mudado, e eu terei essas imagens guardadas para contar a história. Parabéns!!!

  5. “A terra não é quadrada, por isso ninguém tem canto para ficar”…realmente. Talvez por isso resolvi seguir adiante, mas vc ficou. Não me arrependo. Vc num mundo que não é quadrado, resolveu permanecer parado, na corda bamba que a vida oferece. E vejo que lhe ofereceu coisas boas, diria até excelentes, bênçãos que não podem ser valoradas. E assim vamos vivendo, eu girando nesse mundo e vc se equilibrando nele (e como todo ótimo equilibrista, recebendo aplausos por isso). Mas, por ser redondo, um dia talvez nos encontremos novamente e direi…que bom revê-lo, como vai o filho e a esposa? e vc dirá, estamos bem e vc? eu responderei….continuarei andando e encontrando felicidades por onde eu passo. Parabens por tudo que fortes e ainda pelo que ainda serás nessa vida.

  6. Meu primo e camarada Cândido Sousa, seu da sua dedicação e profissionalismo, que nasceu em meio aventuras e curiosidades de um adolescente que veio lá do interior.ah! Se soubessem de quantas vezes, na sua companhia fomos ignorados pela sociedade injusta.sem saber que os jovens querem apenas uma oportunidade.
    Quero mais uma vez, parabrisar pelo sucesso que tem conquistado, você merece e muito mais.

Deixe uma resposta