Pedro Belo articula e Cervejaria AMBEV passará a comprar mandioca de agricultores codoenses

Na tarde de ontem, 23, esteve na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Codó um representante da CERVEJARIA AMBEV, a maior do Brasil, presente hoje em 19 países.

A empresa, fruto de uma fusão entre Brahma e Antarctica ocorrida em 1999, é dona de 32 marcas de bebida e possui 32 cervejarias no Brasil e mais duas maltarias. Só para se ter uma ideia do tamanho dela, a AMBEV gera 35 mil empregos.

Em Codó interessa-se pela produção de mandioca, pois desde o ano passado  produz no Maranhão a cerveja intitulada de MAGNÍFICA que usa mandioca em sua composição.

Até agora agricultores de Magalhães de Almeida e de Tabuleiro do São Bernardo, região do Baixo-Parnaíba fornecem a matéria-prima maranhense.

Ficou acertado ontem que a ideia será levada à outros produtores codoenses para que garantam o maior número de toneladas possível à AMBEV.

Acompanharam o representante da empresa ao Sindicato alguns apoiadores do ex-vereador Pedro Belo, que segundo Ribamar Oliveira, foi o articulador desta abertura de negócios que pode impulsionar a produção de mandioca no município. VEJA O VÍDEO

3 comentários sobre “Pedro Belo articula e Cervejaria AMBEV passará a comprar mandioca de agricultores codoenses”

  1. Era o que esse Secretário de agricultura deveria fazer, pois ele só faz politica para ele e colocar duficuldade para quem não vota nele, valeu Pedro Belo

  2. Vixe ja compraram o passe do Presidente Antônio Barros ou o Prsidente é esse baxim ai? E esse Neutin agora quer ser o que… variador? Só entendo que é mais promessas do Pedro promessa.

Deixe um comentário