Poção de Pedras terá revisão eleitoral, passando a integrar o rol de cidades que terão biometria em 2015

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargador Guerreiro Júnior, autorizou na tarde desta terça-feira, 2 de junho, que os eleitores da cidade de Poção de Pedras seja recadastrado biometricamente a partir do segundo semestre de 2015.

secretário Wagner Sales, juiz auxiliar Sebastião Bonfim, ex-prefeito Gildásio e o deputado estadual César Pires
secretário Wagner Sales, juiz auxiliar Sebastião Bonfim, ex-prefeito Gildásio e o deputado estadual César Pires

A autorização se deu após o deputado estadual César Pires e o ex-prefeito Dr. Gildásio Ângelo (Poção de Pedras) se reunirem com o juiz auxiliar Sebastião Bonfim (presidência do TRE-MA) e com o secretário Wagner Sales (Tecnologia da Informação) para formalizarem o pedido e garantir que a classe política do município irá apoiar a ação da Justiça Eleitoral, prova disto é que o requerimento foi subscrito pelos vereadores: Antônio Nilton da Silva Cruz (PMN), Adailza Brandão Bezerra(PMN), José Carlos do Nascimento Filho(PR) e Leandro Sampaio(PSDB)

O Pleito encaminhado por César Pires e o ex-prefeito Dr. Gildásio Ângelo se deu em função da identificação por parte deles, que com a população de 18.636 habitantes (IBGE/2012), tem hoje o município 16.119 eleitores, segundo o cartório eleitoral em outubro de 2012, o que corresponde a 96% da população.

Atualmente, 55 cidades maranhenses estão passando pelo processo de recadastramento biométrico de forma ordinária e 14 (Imperatriz, Açailândia, Balsas, Riachão, Viana, Timon, Caxias, Coroatá, Codó, Cajari, Santa Inês, Paulo Ramos, Marajá do Sena e Bela Vista do Maranhão) já estavam com cronograma fechado para iniciar a revisão obrigatória a partir do mês de julho.

Ainda que com cronograma e metas estabelecidas e fechadas, o presidente do TRE-MA Des. Guerreiro Júnior e o juiz auxiliar Dr. Sebastião Bonfim, sensibilizados com a situação, atenderam ao pleito do Dep. César Pires.

No bojo da discussão ainda foi incluído o município de Esperantinópolis, que passou também a integrar esta fase da biometria em 2015, estabelecido pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Deixe um comentário