Por Rosina Benvindo: É fácil falar, difícil é fazer!

É lamentável ver a imprensa codoense, representada por pessoas tão competentes, distorcer informações ou, ainda, não se certificar das mesmas para poder fazer um julgamento correto ou no mínimo justo com as pessoas que estão liderando ações relevantes em nosso município.

Competente secretária Rosina Benvindo

O que se espera de nossos colegas jornalistas, que são tão queridos, ouvidos e assistidos, é que a veracidade dos fatos narrados ou denunciados seja respeitada, o que só é possível quando se usa da imparcialidade. Espero e desejo que nossos colegas possam ler mais sobre Tucídides, um grande historiador grego que foi reconhecido pelos críticos como imparcial em suas narrativas, porque relatava os fatos com concisão e procurava explicar-lhes as causas. Isto acontecia porque ele se preocupava com a verdade e certamente em ser justo.

O que me motivou a escrever foram as repetidas críticas, denuncias e falas infundadas, sem buscar explicação para as causas. Mas o que me inquietou mesmo foi um artigo postado no blog do Acélio Trindade (profissional que tenho muito respeito e admiração) dia 21 de abril de 2015 que tem como título: Construção de 18 escolas parou e Codó também tá fora da erradicação das escolas de taipa.

Quero informar a todos que se interessam pela educação de nosso município que Codó aderiu sim ao Programa Escola Digna do governo estadual. A adesão foi feita por mim, Rosina Benvindo, através do site da SEDUC, antes do prazo final (13/03/15). A documentação exigida foi entregue em mãos (SEDUC- S.Luís) pela técnica da SEMED Maria do Carmo Pires no dia (20/03/15). Como fizemos adesão de 30 escolas e a quantidade de documentos exigidos era enorme, os documentos que restaram foram entregues no dia (27/03/15), como comprova o protocolo de recebimento em anexo. Portanto, quero ratificar a adesão do município de Codó ao programa Escola Digna.

Escola do Povoado Taboca - região da Trizidela
Escola do Povoado Taboca – região da Trizidela

Quero informar também que Codó tinha 76 escolas de taipa até o ano de 2013. Em 2014 foram nucleadas 11 escolas, restando 65 escolas de taipa. Destas 65 restantes, elas estão solicitadas para construção da seguinte forma: 17 estão informadas e aprovadas pelo PAR (Plano de Ações Articuladas) esperando liberação de recursos do FNDE; 18 estão conveniadas com o Estado do Maranhão e 30 aderiram ao Programa Escola Digna. Como já foram construídas 5 escolas do convênio com o Estado do Maranhão, restam portanto 60 escolas de taipa e não mais 76 como foi informado no blog.

Quanto ao convênio celebrado com o governo do Estado e a prefeitura de Codó, representada pelo prefeito Zito Rolim em 27 de dezembro de 2013 para a construção de 18 escolas, ficou acordado que o Estado passaria R$1.600.000,00 (Hum milhão e seiscentos mil Reais), só que até o momento o governo do Estado, na gestão passada, repassou somente R$480.000,00 (Quatrocentos e oitenta mil), recurso este que foi empregado na construção de cinco escolas, restando apenas 13 das 18 conveniadas. É bom saber que este recurso que o Estado ficou de repassar para os municípios é um recurso mais que justo, pois quando o mesmo municipalizou o Ensino Fundamental (Escola Clodomir Milet e Escola João Ribeiro) repassou somente os alunos para o município. No entanto, o valor aluno do ano de 2012 ficou no censo do Estado, então o município ficou apenas com o ônus. Para amenizar a problemática, o Estado resolveu celebrar este convênio e o prefeito Zito Rolim achou por bem construir escolas no campo para diminuir as mazelas existentes na educação da zona rural de Codó. Antes mesmo de o fantástico divulgar os problemas das escolas precárias na zona rural de Codó já havia a preocupação em tentar amenizar as dificuldades da educação do campo. Tanto é verdade que o convênio foi celebrado em 27 de dezembro de 2013 e o fantástico divulgou as imagens em 09 de março de 2014.

Ademais, quem é codoense é conhecedor da extensão territorial do município de Codó, dificultando assim ações exitosas, visto que as demandas são enormes. O prefeito atual herdou de gestões passadas uma quantidade enorme de escolas de taipa e de escolas em estado de deterioração. O que ele fez ao longo destes 6 anos e 5 meses de gestão foi desconstruir escolas de taipa e construir escolas de alvenaria, além de reformar e ampliar outras tantas.

Além dos codoenses, o próprio MEC também é conhecedor dessas dificuldades da educação do campo existentes em Codó. Para se ter uma ideia, dos 5.570 municípios brasileiros, somente 81 tem uma quantidade expressiva de escolas de taipa, e infelizmente Codó é um deles. E dos 217 municípios maranhenses, 11 demonstram esta triste realidade, e Codó lidera esta lista. Por conta deste triste panorama da educação do campo no Brasil, foi que o MEC criou em 2013 o Programa Pronacampo, para poder, através do PAR, dar suporte aos municípios no sentido de atender os alunos do campo no mesmo padrão dos alunos estudantes da cidade.

A imprensa pode divulgar sim informações, mas informações fidedignas que não maculem a imagem de pessoas que não merecem!

Rosina de Araújo Benvindo – Pedagoga (UFMA) – Especialista em Supervisão Educacional (FAESPI) e Secretária Municipal de Educação.

20 comentários sobre “Por Rosina Benvindo: É fácil falar, difícil é fazer!”

  1. Se a secretária tivesse uma boa assessoria de comunicação nada disso estaria acontecendo, inclusive essa nota. O problema tá na péssima comunicação do governo Zito.
    Uma secretaria que não tem informativo e usa muito mal a TV oficial.

    1. Concordo. O governo peca muito em divulgar suas informações oficiais e fica levando lapada de graça!
      Os adversários sabem muito bem divulgar os erros, pq então o governo não tem um núcleo competente para fazer valer sua boa imagem?
      Respondo: Na própria TV do prefeito não tem gente competente nem mesmo pra apresentar um simples comercial, quanto menos divulgar ações midiáticas em beneficio do mesmo!!
      FICA DE OLHO ZITO.

  2. Meu caro Fabio ,TV ficou para atores e jornalista,quem sabe escrever faz é no papel sua defesa.e levando-se em conta,Codó é uma cidade carente de profissionais Competentes e os poucos que temos são de outras cidades.Esta situação são heranças deixas pelos INCOMPETENTES Ex-prefeitos e banda.

  3. A carapuça serviu? kkkkkk. O problema é que secretário nenhum tem autonomia pra nada, só fazem o que o prefeito ordena, inclusive ……., aí tu imagina a bagaceira.

  4. ACELIO!
    SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE DIRETOR E VICE DE ESCOLA DA REDE ESTADUAL, O PRAZO PARA INSCRIÇÕES FOI PRORROGADO. PORÉM, ESPERO UMA MATÉRIA INFORMATIVA ACERCA DOS QUESTIONAMENTOS LEVANTADOS:
    O EDITAL NÃO FALA DA NECESSIDADE DOS CANDIDATOS AO CARGO DE DIRETOR E VICE, TEREM SE QUER ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ESCOLAR (OU ENTÃO EM ÚLTIMO CASO O DIRETOR) QUE É UM REQUISITO IMPORTANTE PARA SE ADMINISTRA COM CONHECIMENTO VISANDO UMA ESCOLA MELHOR, ASSIM, COMO OUTRO FATOR PREPONDERANTE, POSSUI DUAS NOMEAÇÕES, PARA DESTA FORMA, FICAR A DISPOSIÇÃO DA ESCOLAR POR PELO MENOS 40H EFETIVAS PARA MELHOR ADMINISTRAR O AMBIENTE EDUCACIONAL OU SERÁ AQUELA VELHA E CONHECIDA SITUAÇÃO, QUE VENHA QUALQUER UM, MESMO SEM EXPERIÊNCIA OU QUALIFICAÇÃO.

  5. Tomou Alberto. É o seguinte explicou…explicou e nada. 6 anos no poder e a cidade já recebeu para educação milhões e milhões e ainda tem escola de taipas. Secretária trabalha mais e fala menos.

    1. Leia novamente, minha cara(o) Felicidade. Se ainda não houver entendido, leia novamente e quantas vezes forem necessárias…OH DIOS MIO!!!!!

  6. UMA PERGUNTA QUE A SECRETÁRIA DEVERIA RESPONDER OU O PREFEITO SE TIVEREM CORAGEM PARA ISSO.
    AONDE FORAM PARAR OS R$ 32.000.000,00 (TRINTA E DOIS MILHÕES DE REAIS) DO FUNDEB 40% DO ANO DE 2014?
    PORQUE NÃO CONSTRUIRAM AS 18 ESCOLAS DO FANTÁSTICO ? E PRECISAM DE UM MÍSERO CONVÊNIO DO ESTADO DO MARANHÃO?
    REALMENTE SECRETÁRIA: USO DAS SUAS PALAVRAS E QUESTIONO DO MESMO MODO: É fácil falar, difícil é fazer!.
    CASO O SEU “CHEFE” E “PREFEITO CASSADO” TIVESSE A CORAGEM E A VONTADE DE FAZER AS ESCOLAS DE PALHA E NÃO DE FALAR E ASSINAR UM CONVÊNIO E NÃO CUMPRIR NÃO EXISTIRIA MAIS ESTE PROBLEMA.
    DEIXO UM RECADO. NÃO TENTE CONVENCER O POVO COM ESTES ARGUMENTOS FALHOS E SEM BASE CONCRETA, PORQUE NÃO VAI CONSEGUIR.
    EM VERDADE, VOCES DO GOVERNO “CUIDANDO DAS ESCOLAS DELLE” DEVERIAM TRABALHAR MAIS PARA FAZER JUS DO CARGOS QUE OCUPAM.

  7. É facil assumir(cargo publico), dificil é ouvir (reclamaçoes.

    Ja que ela nao gosta de reclamaçoes, e por que assumiu a secretaria?

  8. BELISSIMA NOTA DE ESCLARECIMENTO, QUE POR SINAL POR UM INSTANTE ME CAUSOU COMOÇÃO, QUERO FAZER ALGUMAS PONDERÇAÕES QUE ACHO OPORTUNAS:
    1 – O RECURSO DESTINADO AO FUNDEB, A LEI FEDERAL FALA QUE O MINIMO PARA GASTAR COM OS PROFISISONAIS DA EDUCAÇÃO É DE 60% POR CENTO, E TODOS OS MUNICIPIOS SO GASTAM O PERCENTUAL MINIMO (60%), SOBRA 40% POR CENTO DE RECURSO QUE PODEM SER GASTOS COM A MANUTENÇÃO DA EDUCAÇÃO, OU SEJA, QUE PODE SER UTILIZAOD UMA PARTE NA RECONSTRUÇÃO DE ESCOLAS COMO A SECRETÁRIA FALOU;
    2 – SE AS NOTICIAS VEICULADAS SÃO INFUNDADAS OU LEVIANAS, É PORQUE FALTA TRANSPARENCIA NA ADMINISTRAÇÃO E NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PARA DEIXAR A POPULAÇÃO INFORMADA DOS ACONTECIMENTOS;
    3 – NA EPOCA DE CAMPANHA ELEITORAL, OS PRÉ – CANDIDATOS PROMETEM TUDO E, DEPOIS QUE GANHAM SO QUEREM TRABALHAR COM RECURSOS DO GOVERNO FEDERAL E SEMPRE PÕE A CULPA DE TUDO NOS GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAL;
    4 – SECRTÁRIA NAO ADIANTA RECLAMAR QUE É HERANÇA DE OUTRAS GESTÕES, PQ TEMOS DE COBRAR DA GESTÃO ATUAL, ENTRA NO MINISTÉRO PÚBLICO CONTRA OS REPSONSAVEIS;
    5 – PENSO QUE SEUS ESCLARECIMENTOS CONTRIBUIRAM PARA AMENIZAR A SITUAÇÃO, MAS CODÓ PRECISA MELHOR E MUITO, A EDUCAÇÃO É APENAS UMA PEÇA NESSE TABULEIRO.

    CODÓ, PRECISA EVOLUIR EM TODOS OS ASPECTOS, DESDE UM JORNALISMO SERIO E COM RESPONSABILIDADE, MAS A EDUCAÇÃO É A UNICA FORMA DE ALMEJAR UM FUTURO PROMISSOR, DAR OPORTUNIDADE AOS FILHOS DAS PESSOAS DE BAIXA RENDA DE TER UMA EDUCAÇÃO DIGNA E DE QUALIDADE, OU PELO MENO UMA ESCOLA COM O MINIMO NECESSARIO…SE NÃO CONSEGUEM RECONSTRUIR ESCOLAS DE TAIPA, COMO CONSEGUIRÃO CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DE NOSSA CENTENARIA CIDADE.

  9. Aumenta para 52 número de investigados por agiotagem no Maranhão; veja a lista
    Outros 11 gestores passaram a ser investigados após desdobramentos das operações “Imperador”, “Morta Viva” e “Marajá”

    07/05/2015 13h15min – Atualizado em 07/05/2015 13h17min

    Yuri Almeida PUBLICADO POR
    YURI ALMEIDA

    Subiu oficialmente para 52 gestores – entre prefeitos e ex-prefeitos – o número de investigados pela polícia por participação direta no esquema de agiotagem e desvio de recursos públicos da merenda escolar, medicamentos, e do aluguel de máquinas e carros no Maranhão.

    Documentos apreendidos nas operações “Morta Viva” e “Marajá”, contra agiotagem e desvio de verba pública em prefeituras do Maranhão
    HONÓRIO MOREIRA/OIMP/D.A PRESS
    MÁFIA DA AGIOTAGEM
    Documentos apreendidos nas operações “Morta Viva” e “Marajá”, contra agiotagem e desvio de verba pública em prefeituras do Maranhão
    O aumento no número de investigados se deu após desdobramentos das operações “Imperador”, “Morta Viva” e “Marajá”, que descobriu o envolvimento de mais três prefeitos com a máfia dos agiotas Gláucio Alencar; Eduardo Costa Barros, o Eduardo DP; e Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como “Pacovan”. Até o balanço da Operação Detonando, que originou as três últimas, apenas 41 prefeitos e ex-prefeitos eram suspeitos de participar da quadrilha que pode ter desviado mais de R$ 100 milhões dos cofres municipais.

    Os novos suspeitos de locupletar dinheiro público para pagar empréstimos a juros contraídos em campanha, segundo investigações da Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), são os prefeitos e ex-prefeitos de: São Mateus, Miltinho Aragão; Bacuri, Richard Nixon; Riachão, Crisogono Vieira; Pedro do Rosário, Irlan Serra; Marajá do Sena, Perachi Roberto Farias; Matinha, Beto Pixuta; Governador Nunes Freire, Indalécio Fonseca; São Bento, Carrinho; Coroatá, Luis da Amovelar; Olinda Nova do Maranhão, Conceição Campos; e de Codó, Zito Rolim.

    Ambos tiveram encontrados cheques em posse do trio de agiotas ou celebraram contratos milionários com duas construtoras e uma distribuidora de medicamentos registradas em nome de laranjas. Eles devem ser chamados para depor nos próximos dias ou terem o pedido de prisão temporária decreta em seu desfavor.

    Confirmação de lista

    Apesar do surgimento de novos nomes, a prisão da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlete Pontes; e do prefeito de Marajá do Sena, Edivan Costa (PMN) – além do pedido de prisão do ex-prefeito de Zé Doca, Natim -, confirma a veracidade da lista vazada da Seic e da Gaeco.

    Segundo a lista, que continha apenas 41 nomes, os gestores investigados na máfia da agiotagem e desvio de recursos comandaram os municípios arrolados durante o período de 2009 a 2012, ou estão no poder atualmente.

    Abaixo, a nova lista de 52 prefeitos e ex-prefeitos suspeitos de escamoteamento de dinheiro pública por meio da Máfia da Agiotagem,:

    1 – Sebastião Lopes Monteiro (Apicum­-Açu)
    2­ – Leão Santos Neto (Arari)
    3 – Richard Nixon Monteiro dos Santos (Bacuri)
    4 – Raimundo Nonato Lisboa (Bacabal)
    5 – José Farias de Castro­ (Brejo)
    6 ­– Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)
    7 – José Haroldo Fonseca Carvalho­ (Cândido Mendes)
    8 – José Martinho dos Santos Barros­ (Cantanhede)
    9 – Humberto Ivar Araújo Coutinho­ (Caxias)
    10 – José Rolim Filho ­(Codó)
    11 – Soliney de Sousa e Silva ­(Coelho Neto)
    12 – Luís Mendes Ferreira ­(Coroatá)
    13 – José ­Francisco Pestana (Cururupu)
    14 – Maria Arlene Barros Costa­ (Dom Pedro)
    15 – Indalecio Wanderley Vieira Fonseca (Governador Nunes Freire)
    16 – ­Raimundo Almeida (Lago Verde)
    17 – Jorge Eduardo Gonçalves de Melo­ (Lagoa Grande)
    18 ­–João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida)
    19 ­– Manoel Edvan Oliveira da Costa (Marajá do Sena)
    20 ­– Perachi Roberto Farias (Marajá do Sena)
    21 ­– Marcos Robert Silva Costa (Matinha)
    22 ­– Joacy de Andrade Barros (Mirador)
    23 – José Lourenço Bonfim Júnior­ (Miranda do Norte)
    24 –­ Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal)
    25 – Iara Quaresma do Vale Rodrigues (Nina Rodrigues)
    26 –­ Conceicao de Maria Cutrim Campos (Olinda Nova do Maranhão)
    27 –­ Glorismar Rosa Venancio (Paço do Lumiar)
    28 – Enoque Ferreira Mota Neto (Pastos Bons)
    29 – Tancledo Lima Araújo (Paulo Ramos)
    30 –­ José Irlan Souza Serra (Pedro do Rosário)
    31 –­ Maria José Gama Alhadef (Penalva)
    32 –­ Henrique Caldeira Salgado (Pindaré Mirim)
    33 ­– José Arlindo Silva Sousa (Pinheiro)
    34 – Crisogono Rodrigues Vieira (Riachão)
    35 – Marconi Bimba Carvalho de Aquino (Rosário)
    36 ­– Márcio Leandro Antezana Rodrigues (Santa Luzia)
    37 – José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá)
    38 – Carlos Alberto Lopes Pereira (São Bento)
    39 – Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão)
    40 – Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão)
    41 – Alexandre Araújo dos Santos­ (São Francisco do Brejão)
    42 – Luiza Moura ­da Silva Rocha (São João do Sóter)
    43 – João Castelo Ribeiro Gonçalves (São Luís)
    44 – Hamilton Nogueira Aragão (São Mateus)
    45 –­ Leocádio Olímpio Rodrigues (Serrano do Maranhão)
    46 –­ Juvenal Leita de Oliveira (Sucupira do Riachão)
    47 ­– Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon)
    48 –­ Domingos Sávio Fonseca Silva (Turilândia)
    49 – Raimundo Nonato Abraão Baquil­ (Tutoia)
    50 – Abnadab Silveira Léda­ (Urbano Santos)
    51 –­ Miguel Rodrigues Fernandes (Vargem Grande)
    52 –­ Raimundo Nonato Sampaio (Zé Doca)

  10. Assisto todos os dias os canais locais, na TV do prefeito este ….. de … com a voz de taquara rachada além de ser ruim ruim mas ruim ele ainda tem a pachorra de chamar a atenção do pessoal de apoio (topo Marcelo Resende) super deselegante, se fosse um Boris casou tudo bem, mas … abaixa a bola nego

  11. UMA PERGUNTA MERECEDORA DE UMA RESPOSTA: “””SENHORA ROSINA BENVINDO, COMO FOI DILUÍDO O MONTANTE DE R$149.000.000,00 DESTINADOS PARA A EDUCAÇÃO MUNICIPAL, DESDE JANEIRO DE 2013 ATÉ O MÊS DE MARÇO DE 2015??. (sem adição dos convênios). VEJA, EU NÃO QUIS COLOCAR OS VALORES POR ÁREA, DEIXEI ALGUNS, BEM EXPRESSIVOS, PARA POSTERIOR DIVULGAÇÃO DEPENDENDO DA RESPOSTA QUE, TENHO CERTEZA, JAMAIS RECEBEREI.
    OUTRA INFORMAÇÃO QUE SOLICITEI HÁ MAIS DE 16 MESES: DEMONSTRE, SENHORA ROSINA BENVINDO, UM RELATÓRIO DAS ESCOLAS EXISTENTES, (tanto faz ser de palha ou alvenaria) E QUANTOS ALUNOS MATRICULADOS EM CADA UMA DAS ESCOLAS ATÉ O NÚMERO 27.773 DIVULGADOS PELO GOVERNO QUE CUIDA DA SUA GENTE. ESSA INFORMAÇÃO SERVIRÁ PARA DISSIPAR DÚVIDAS, POIS 27.773 EQUIVALEM A 23,53% DA POPULAÇÃO CODOENSE, TOTALMENTE ANORMAL.
    AGORA O ÚLTIMO PEDIDO, PARE E FAÇA PARAR A CONTÍNUA “”LENGA LENGA”” DE QUE OS GOVERNOS PASSADOS SÃO OS RESPONSÁVEIS POR TUDO DE RUIM EXISTENTE EM CODÓ. NÃO, SENHORA ROSINA, O RESPONSÁVEL É O ROLIMzito, O MOÇO QUE CUIDA EXCLUSIVAMENTE DA SUA GENTE. (bem cuidados).
    QUANTO CUSTOU A OBRA PARA HOMENAGEAR O PARDINHA??. DAVA PARA CONSTRUIR DUAS ESCOLAS. FIM

Deixe uma resposta