Presidente denuncia que os 17 vereadores estão excluindo o sindicato das discussões e aprovando tudo que NAGIB quer

Professor Marcos Antonio da Silva

O presidente do SINTSERM, professor Marco Antonio da Silva, esteve na sexta-feira, 14, no programa COISAS DO POVO, da rádio Eldorado AM, reclamando que a entidade está sendo deixada de lado das discussões na Câmara que mexem diretamente com a vida dos servidores públicos municipais.

Citou o exemplo do projeto do Concurso Público de 124 vagas apenas. Havia argumentos do sindicato que sua diretoria e seus associados gostariam de ver em pauta na Câmara, mas os vereadores estariam ignorando o SINTSERM.

O presidente criticou o fato dos 17 vereadores, sem exceção, já terem aprovados dois projetos importantes para o governo Nagib sem qualquer objeção.

“Nós não fomos convidados para a realização dessa sessão extraordinária, outro fato também que nos causou estranheza, porque nós tínhamos interesse em apresentar propostas nesse projeto e que houvesse aditivos ou emendas apresentadas pelo sindicato para que fosse defendida lá no plenário da Câmara e não aconteceu nada disso, a mesma coisa o projeto do Concurso Público, foi votado de forma unânime, do jeito que o prefeito mandou todo mundo, ali, validou o projeto, não fizeram nenhuma aditivo”

“Embora saibamos que ele tenha maioria lá pra aprovação de seus projetos, mas nos causou muita estranheza o fato de não ter sido colocado pra apreciação no dia da votação nenhum aditivo, nenhuma emenda pra esse projeto porque nós questionamos, apesar de n’ao ter sido convidado pra reunião na comissão também, porque essa comissão ela convocou o poder executivo, a estrutura da administração pra fazer lá suas colocações mas não convocou o sindicato pra fazer a defesa, né, e nos causou estranheza isso aí”

“Eu não duvido não que esses nossos representantes lá na Câmara de Vereadores possam estar aprovando, sem nenhum problema, tudo que o prefeito queira fazer aqui no município de Codó”

6 comentários sobre “Presidente denuncia que os 17 vereadores estão excluindo o sindicato das discussões e aprovando tudo que NAGIB quer”

  1. OS SINDICATOS, SEM DÚVIDA ALGUMA SÃO DE GRANDE IMPORTÂNCIA PARA AS DEFENDER OS INTERESSES DO TRABALADOR PORÉM MUITOS COMPONENTES SÃO PARTICIPANTES POR INTERESSE PRÓPRIO, SÃO INSUFLADORES DE BADERNAS E METEM POLÍTICA PELO MEIO.

  2. A reza tá sendo grande,será que aqueles que se intitulam opositores não estão usando de manobras políticas pra beneficiar aquilo que eles tem dos lados quando estão vestidos e enganando o povo?
    Porque os da situação ninguém duvida de nada, fazem qualquer coisa por faz-me rir, a Não Sei que o diga.

  3. O maior exemplo do sindicalista e o próprio MOLUSCO que está, graças a Deus tracafiado. TAMBÉM nunca trabalhou havida. Diz que era torneiro, tenho minhas dúvidas. Dizem, não sei sr é verdade que o mesmo cidentou-de propositadamente para afastar-se do serviço e entrar na badetna na porta das indusyrias do ABC.
    EXISTEM CENTENHAS DE DRSMANDOS NA VIFA DRSTE PTRSIDIÁTIO QUE POVO TEM QUE TOMAR CPNHECIMENTO. SE TIVRTEM DÚVIFAD, PESQUISEM !

  4. TRABALHO NESTA CIDADE DESDE OS MEUS 14 ANOS DE IDADE, ESTUDEI E SOU CONCURSADO DESDE 1998, TRABALHEI CONTRATADO PARA O ESTADO DURANTE 2 ANOS ATRAVÉS DA APROVAÇÃO EM SELETIVO DE PROVAS ESCRITA E MEU NOME É MARCOS ANTONIO.

  5. Sindicato não é órgão eleito em votação no município todo, não é parlamento. O povo deve sim cobrar muito e mudar se preciso for seus vereadores, mas sindicato não tem poder especial. É só um órgão que supostamente defende categoria, mas nem isso faz, só serve para baderna e como instrumento partidário.

Deixe um comentário