Secretaria Estadual realizará Audiência Pública em São Mateus

Localizado no município de São Mateus do Maranhão, o Projeto Salangô foi iniciado com um volume significativo de recursos da União e uma contrapartida do Governo do Estado, com o objetivo de ser o maior projeto agrícola de irrigação do Maranhão na produção de arroz irrigado, frutas e hortaliças.

O Salangô tem uma área total de 3.600 hectares, sendo 600 hectares para o plantio do arroz irrigado e 2 mil hectares para o regime de arroz sequeiro.bacabal

Como a água para a irrigação do plantio de arroz na região de São Mateus é captada do Rio Mearim, surgiu um problema de ordem ambiental.

É que após a elaboração do projeto, descobriu-se que não existe água suficiente para atender a demanda por causa de uma ruptura do leito do rio. E por conta dessa ruptura que fica numa curva acentuada, a água está sendo despejada direto na Lagoa do Jardim município de Bacabal.

Para que haja água suficiente para viabilizar o projeto, a SEMA está propondo uma espécie de “Fechamento Controlado” da lagoa e para evitar problemas futuros como estiagem durante o verão ou problemas de assoreamento, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais, está propondo uma Audiência Pública com todos os órgãos públicos inerentes ao assunto como as comunidades que margeiam o Rio Mearim nas proximidades do Projeto Salangô.

A Audiência Pública que deverá ocorrer no mês de Março foi decidida em uma reunião na sede da SEMA presidida pelo Secretário da pasta Marcelo Coelho em São Luis com a presença de representantes do DNIT/AHINOR, SAGRIMA, Recursos Hidricos do Maranhão e dos Secretários Municipais de Meio Ambiente Anderson Viana e  Andrea Lima de Bacabal e São Mateus respectivamente.

Ascom/Bacabal

Deixe uma resposta