SEGURANÇA – Cidade de Caxias disporá de sistema de videomonitoramento em janeiro

Caxias – O município de Caxias está se preparando para receber o primeiro serviço de videomonitoramento da região. A execução do projeto vem ocorrendo desde o mês de outubro e já está em estágio avançado. A meta é que até o fim de janeiro de 2014 o sistema esteja em funcionamento.

Sec. Silvino Rocha
Sec. Silvino Rocha

A sala onde os vídeos serão armazenados já está montada na sede da Guarda Municipal. O sistema já começou a ser instalado com a montagem do painel de vídeo AL, que é composto por seis monitores de 46 polegadas, prontos para receber os sinais das câmeras filmadoras.

A obra é realizada em parceria com a empresa Citéluz. Após a instalação da central de videomonitoramento, haverá treinamento dos guardas municipais, que atuarão na prestação de serviço, acompanhando as imagens diuturnamente. O treinamento será realizado pelos técnicos da empresa.

“Nossos servidores atuarão no centro de comando e acompanharão as imagens 24 horas, identificando possíveis focos de danos ao patrimônio público e ações criminosas”, explicou o secretário municipal de Segurança Pública, Silvino Rocha.

“O sistema de monitoramento vai ser entregue à Prefeitura em pouco tempo. A Citéluz tem a missão de manter o sistema funcionando com softwares e equipamentos para que a cidade tenha essa ferramenta de segurança”, completou o gerente da empresa em Caxias, Danilo Araújo.

Silvino Rocha informou que inicialmente serão 30 câmeras, monitorando 24 horas o centro comercial, alguns bairros e pontos turísticos. “O sistema vai propiciar que nós passemos a dar uma contribuição grande e efetiva para que muitas vidas sejam preservadas. É um sonho que está sendo realizado”, enfatizou o secretário.

Uma equipe de cinco pessoas trabalhará diariamente no monitoramento eletrônico. As ocorrências, visualizadas pelas telas, serão encaminhadas via radiocomunicação para a Polícia Militar (PM). Caxias, segundo o secretário, será pioneira no serviço por ser a única cidade do interior do estado a contar com o serviço que só existe em São Luís.

Qualidade – O secretário de Segurança Pública de Caxias, que no início do ano esteve em São Luís conhecendo a estrutura do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), acompanhado do prefeito Léo Coutinho (PSB), visitou semana passada as instalações do Guardião, sistema de vigilância por câmeras da Polícia Militar do Piauí.

O comandante-geral da PM-PI, coronel Gerardo Rebelo Filho, em conversa com o secretário, ficou admirado com o número de câmeras do projeto inicial do sistema de videomonitoramento de Caxias, cuja população é de cerca de 160 mil habitantes.

Atualmente, 30 câmeras fazem a vigilância eletrônica de Teresina, a capital do Piauí.

Mais

Os monitores do sistema de videomonitoramento foram alvo de vandalismo. Pessoas, até o momento não identificadas, danificaram os monitores, que seriam utilizados no sistema de Caxias. A denúncia é do secretário municipal de Segurança Pública, Silvino Rocha, após ser informado sobre o fato por um guarda municipal que estava de serviço no local. Os monitores foram pintados com tinta amarela e riscados com algum objeto pontiagudo. O fato ocorreu no fim de semana passado. “Para mim, é uma questão lamentável sob todos os aspectos. O registro da ocorrência já foi feito e estamos querendo a abertura de inquérito policial para apurar as responsabilidades contra aqueles que causaram danos ao patrimônio público”, disse o secretário.

Como medida preventiva, e para facilitar as investigações policiais, o acesso ao prédio sede da Guarda Municipal foi restringido apenas aos guardas de serviço interno.

FONTE: Jornal O ESTADO DO MARANHÃO

Deixe um comentário