Site denuncia que jagunços queimaram capela na zona rural de Codó, expulsaram famílias e mataram animais

A comunidade Vergel, localizada no município de Codó, Maranhão, denuncia  que dois jagunços  incendiaram  a capela da comunidade, expulsaram 5 famílias e mataram alguns animais.

Nessa área já ocorreram 3  homicídios e há duas pessoas  marcadas para morrer. A última morte foi da liderança Raimundo Pereira.

A Paróquia de São Raimundo, em Codó está organizando uma missa para a próxima segunda-feira, 14 de janeiro,  como forma de rememorar as lutas e o martírio das vítimas.

Contudo, segundo os moradores, a capela foi incendiada pelos jagunços para que a missa não seja realizada. Os camponeses prometem resistir e seguir com a realização da missa.

FONTE: www.viasdefato.jor.br

3 comentários sobre “Site denuncia que jagunços queimaram capela na zona rural de Codó, expulsaram famílias e mataram animais”

  1. VERGEL, nau é nome de proprietario e sim da localidade.. esse lugar sempre foi conhcido como um local perigoso, lá as familias se destruiram entre-se, uns matando os outros.. ha anos isso acontece por lá, stá um local abondonado, mais ainda muito perigoso..

Deixe uma resposta