Suspeitos de matar empresário da Lan House se entregam à polícia

O assassinato do empresário MARCOS SANDRO FERREIRA DOS SANTOS, de 27 anos, ocorreu na tarde do dia 16 de abril, dia do aniversário de Codó, quando ele estava trabalhando dentro da Lan House de sua propriedade, na Av. Vitorino Freire, bairro São Sebastião.

No mesmo dia a polícia prendeu Eduardo Craveiro Oliveira. Ele foi autuado no inquérito da Polícia Civil como partícipe do crime por ter emprestado  motocicleta NNG -5899, BROS cor preta, aos dois suspeitos de terem assaltado e matado o jovem empresário.

Por meio de Craveiro a polícia identificou os dois suspeitos de terem executado o latrocínio, roubo seguido de morte – eram eles: RAILSON DA SILVA BAYMA, vulgo DRÁCULA, e Cleiton da Silva Santos.

SE ENTREGARAM

Desde então, nem a Civil, nem a PM pararam de procura-los. De acordo com informações do tenente-coronel, Jurandir de Sousa Braga, só pelo DENÚNCIA CODÓ (fone disponibilizado para a população denunciar) foram 61 informes do paradeiro da dupla.

Uma incursão foi feita na casa de parentes de Drácula ontem (21) pela manhã, sem sucesso.

À tarde, depois das 16h, para a surpresa de todos, Drácula e Cleiton apareceram na delegacia, desacompanhados de advogados e de familiares, entregaram a arma usada no crime e se entregaram confessando toda a ação delituosa que culminou com a morte do dono da Lan House com um tiro no pescoço.

Os dois foram ouvidos pelo delegado que preside o inquérito e como já havia mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra os dois, ficaram presos.

4 comentários sobre “Suspeitos de matar empresário da Lan House se entregam à polícia”

    1. Podia muito bem alguem atirar no pescoço deles sem querer… É mesmo cadê esse povo dos direitos humanos? Tem que ver se os coitadinhos estão bem agasalhados para não passar frio. Agora duvido se eles foram na casa da família da vitima saber se os filhos dele não estão passando fome… Direitos humanos só apoiam os bandidos!!!!

  1. E agora, vai ficar assim mesmo, se entregaram e pronto, daqui a alguns dias estarão soltos novamente e vão continuar a cometer seus delitos e a vida continua, a sociedade que respostas rápidas, monte o processo, faças as investigações, e coloquem a júri popular e mande pra pedrinhas, porque lá eles vão ter a vida que merecem.

Deixe uma resposta