TRAGÉDIA – Avião cai em cima de uma casa e mata 5 no Sul do Maranhão

Um avião com cinco pessoas a bordo caiu em cima de uma residência na madrugada deste domingo (3), em Balsas, a 810 km de São Luís, no sul do Maranhão. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, todas as pessoas que estavam na aeronave morreram.

Os corpos já foram retirados do avião e aguardam remoção do Instituto Médico Legal (IML). A aeronave era um monomotor Embraer-720C, de prefixo PTWPH, segundo informações do site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Após queda dentro de uma residência em Balsas
Após queda dentro de uma residência em Balsas

De acordo com a polícia, morreram a idosa Maria de Jesus Cruz e Silva, de 87 anos, que era transportada de um Hospital São José, em Balsas, para outro em Teresina, no Piauí; a filha dela Francisca Pereira e Silva (idade não informada); o neto Alan Patric Silva Setulvedo, 32; o piloto Delano Martins Coelho, 36, e a esposa dele, Lorena Alves de Lima, 22.

piloto do avião é o mesmo que pilotava o avião Cessna 210, de prefixo PR-VPI, que caiu em fevereiro deste ano, em Nova Araguaína, no Tocantins. Ele era o proprietário da aeronave, segundo o site da Anac, e possuía habilitação para pilotar, de acordo a polícia.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil e Cenipa foram encaminhadas ao local. A polícia informou que aguarda chegada de perícia especializada e que as partes do avião serão encaminhadas para o Instituto de Criminalística de Imperatriz, a 400 km de Balsas.

A casa onde a aeronave caiu, localizada no Rua Doutor Rosy Cury, no bairro Catumbi, pertence a uma família. Na residência, estavam o pai, identificado como Mácio André Ertell, a esposa Sabrina, e o filho, de 11 anos. A mãe sofreu um corte no pé. O pai e o filho não tiveram ferimentos. Segundo a polícia, a princípio, a família será deslocada para casa de familiares que, também, moram em Balsas, até que o local do acidente seja liberado, após as avaliações dos peritos.

A mãe contou que a família dormia em apenas um quarto no momento do acidente. “Estávamos dormindo quando ouvimos um estrondo. Meu marido levantou, abriu a porta e viu o fogo. Ele pegou logo nosso filho e eu e nós pulamos a janela do quarto e corremos para o corredor externo, foi quando vimos o avião e gritamos socorro. Os vizinhos arrombaram o portão e conseguimos sair. Só eu que cortei o pé, mas não sei dizer como foi”, relatou Sabrina Ertell.

Sabrina contou ainda que o avião caiu em cima do quarto do filho que, naquela madrugada, havia pedido para dormir com os pais. “Meu marido trabalha em fazenda e passa a semana só nós dois em casa. Ontem, ele pediu pra dormir todo mundo junto, eu tentei convencer ele a dormir no quarto dele, mas acabei cedendo. Ainda bem”, revelou.

G1 MARANHÃO

Deixe uma resposta