Veja o que mandou dizer o governo do Estado após reportagem mostrando buraqueira entre o 17 e a cidade de Codó

São apenas 17 km entre o povoado 17 e a cidade de Codó, trecho da rodovia estadual MA-026 em condições que só levam à muitas reclamações.

“Péssimo estado, péssima condição mesmo, pra uma cidade do tamanho de Codó e o acesso que tem é esse aqui do km 17, é, realmente muito ruim…AGORA UM TRECHO RELATIVAMENTE PEQUENO? Com certeza, eu acho que isso os governantes tem que olhar isso aí, né’, reclamou o coordenador financeiro Gilvan Sousa.

São incontáveis buracos que levam os motoristas a reduzirem a velocidade o tempo todo na tentativa de sair do trecho com o mínimo de prejuízo possível, como destacou ontem, à nossa reportagem, o caminhoneiro João Batista de Sousa.

 “é arriscado cortar um pneu, aí vai embora bucha, vai embora mola, vai embora um bocado de coisa, né, só traz prejuízo…TRECHO MUITO RUIM? Péssimo, não é nem ruim não, é péssimo”

HEMODIÁLISE E OS BURACOS

Muita gente vem de cidades vizinhas com familiares para hemodiálise em Codó, para eles é a pior parte da viagem que se torna ainda mais longa e cansativa.

Seu Antonio Marques de Moraes vem 3 vezes por semana de Capinzal do Norte, reclama da situação.

 “Maltrata a gente demais, tá entendendo? Porque o cara quando sai de uma máquina daquela ali ele sai abatido, todo baqueado, vem tonto, cai pressão, sobe pressão, não tem jeito não o mau-trato é grande”

A ESPERANÇA

Falta acostamento, sinalização e, o mais urgente, asfalto. Mas muita gente ainda mantém a esperança de ver o fim de todos estes problemas nestes 17 kms de estrada estadual.

“Eu quero uma estrada boa, legal, que eu possa viajar tranquila…E A SENHORA TEM ESTA ESPERANÇA AINDA? Eu tenho sim”, respondeu a aposentada Marlene Sousa que veio do estado do Tocantins visitar Codó e disse-nos que deseja voltar já sobre um asfalto reformado.

O MANDOU DIZER O ESTADO

Nós pedimos a manifestação do governo do Estado sobre este assunto, em nota respondeu da seguinte maneira:

Fonte: Sinfra

15/07/19

 A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) informa que está aguardando o novo processo licitatório para resolver o problema mostrado na reportagem.

3 comentários sobre “Veja o que mandou dizer o governo do Estado após reportagem mostrando buraqueira entre o 17 e a cidade de Codó”

  1. essa estrada nao sai pq os governantes nao querem, pois toda vez qando eles querem algo conseguem, buraco por cima de buraco, ai o pai do prefeito manda tampar apenas um buraco com cimento na frente da fabrica dele, e uma falta de vergonha tudo isso.

  2. A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) informa que está aguardando o novo processo licitatório para resolver o problema mostrado na reportagem.
    Resposta: Daqui a quatro anos, quando começar as eleições de novo para os abestados votarem nele de novo kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. CONCORDO PLENAMENTE COM O DESCASO ETERNO DA RSTRADA DO KM 17.
    PORQUE NÃO REFAZER TODA A ESTRADA AO INVÉS DE FICAR TAPANDO BURACOS COM ASFALTO CONHECIDO POPULARMENTE COMO “SONRISAL” ?
    O QUE MUITO ME ADMIRA É A ETERNA RECLAMAÇÃO DO PESSOAL DO 17, SEMPRE DANDO MUITO TRABALHO ETERNAMENTE RECLAMANDO ENQUANTO OS SEUS PROPRIETÁRIOS NADA FAZEM.

Deixe um comentário