VÍDEO: Asfalto no residencial SÃO Pedro virou atoleiro em menos de 3 anos

A situação de algumas ruas e avenidas do residencial SÃO PEDRO cujo asfalto vai completar 3 anos no dia 13 de maio é de atoleiro. Nós estivemos ontem, 1º, em pontos críticos como os da rua Madri, onde o carro de coleta de lixo atolou duas vezes e desistiu de passar.

E também na Avenida Europa que tem dois locais onde o asfalto virou lama, literalmente. Acompanhe o vídeo com a reclamação dos moradores.

7 comentários sobre “VÍDEO: Asfalto no residencial SÃO Pedro virou atoleiro em menos de 3 anos”

  1. Porque os vereadores e os moradores não denunciam a construtora que construiu o residencial e asfaltou às ruas.
    Também não deveriam as autoridades e nem o banco que financiou terem recebidos a obra, sem vistoria técnica e comprovar se a camada asfáltica era de espessura legal e não causaria acúmulo de águas.
    Os defeitos devem ser reparados pela construtora.
    Não justifica àquelas águas das casas sendo direcionadas às ruas.
    Deveria haver fossas em tamanho suficiente a receber todos os resíduos sólidos e líquidos de cada e em cada residência.

    1. Sua escrita é muito ofensiva e você usa de codinome, no caso a responsabilidade é minha pela ofensa (ainda que você se identificasse). Enquanto não a moderar, não será liberada na íntegra. Por favor, não insista, colabore. Agradeço a gentileza.

Deixe um comentário