VÍDEO: Codoenses temem voltar a andar de jumento por causa do preço da gasolina

O blogdoacelio saiu de posto em posto na manhã de ontem, 6, e constatou que o codoense precisa gastar gasolina pra encontrar  onde ela está mais barata. Os consumidores voltaram a ser surpreendidos a cada vez que chegam para abastecer.

São 15 postos de combustível em Codó. Os preços são muito parecidos, por isso mesmo tem muita gente em busca  da diferença que centavos podem proporcionar.

Tem de R$ 4,94 que foi o menor preço encontrado. Do mesmo tipo (comum) tem de R$ 4,99. Já a aditivada pode ser encontrada de até R$ 5,01.

MOTO GUARDADA, NO PEZÃO

Encontramos empresários individuais (MEI) já preocupados, obrigados a repassar os custos ao seu consumidor final.

A lavradora Marisa Costa Alves disse-nos que já está tendo que deixar a moto guardada pra economizar, voltou a fazer a saídas mais próximas a pé.

“voltei a andar a pé porque não posso comprar a gasolina,  tá muito cara, compra um pouquinho e digo – não, essa aqui  vou deixar pra viagem m ais longe, vou mais perto de pé mesmo…SE O CONSUMIDOR NÃO FIZER ISSO? Não vai pra lugar nenhum, o dinheiro de comprar a comida, vai pra comprar gasolina”, disse

DA MOTO PARA O JEGUE

Seu Manoel Francisco Alveso diz que aquele que trocou a bicicleta pela moto agora terá que trocar a moto pelo lombo do jumento (jegue).

 “Onde é que vai parar isso aí, a gente daqui uns dias vai voltar pro jumentinho de novo porque na moto não tem condição, saiu da bicicleta porque tava forçando demais, foi pra moto agora não aguenta o consumo é voltar pro jegue, com certeza”, afirmou com certa indignação

MATERIAL PARA RÁDIOS

6 comentários sobre “VÍDEO: Codoenses temem voltar a andar de jumento por causa do preço da gasolina”

  1. Antes quando o preço da gasolina tava em R$ 3,00 tinha panelaço, aptaço e tudo mais. Agora a gasolina tá R$ 5,00 R$ 6,00 e ninguém protesta. Ah sei naquele tempo era porque a Dilma Ravana presidência. E agora?

  2. Esse aumento absurdo não é culpa do Presidente da República não. A culpa começa pelo Governador do Maranhão que aprovou a lei pra aumentar o ICMS ano passado e essa lei entrou em vigor em Março de 2019 o ICMS sobre o combustível o deixando mais caro. O Maranhão tem o ICMS mais caro do Brasil. O Governo cobra R$1,091 sobre o combustível. Diferente de São Paulo “por exemplo” que cobra R$1,009. Sem falar que mesmo nosso Estado cobrando esse absurdo ainda tem cidades que vedem a gasolina a R$4,40; R$4,50… o PROBLEMA é que em Codó tem um CARTEL MAQUIADO nessas pequenas diferenças de preços por litro pagos no combustível. É isso que eles querem que muitos não procure se informar e jogue a culpa em outra parte que não tem nada haver.

Deixe um comentário