VÍDEOS – Agência Nacional fecha 6 vendedoras de passagens em Peritoró e vai fiscalizar mais cidades da região

Os destinos, como mostram os anúncios de cada agência considerada clandestina pelo órgão federal de fiscalização, eram diversos, a maioria para Estados das regiões sul e  sudeste do país.

A que menos tempo estava em atividade, operava na venda de passagens há pelo menos 3 anos, até serem investigadas e descobertas pelo serviço de inteligência da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).;

 ‘ Foi de um levantamento feito pela nossa gerência de Inteligência onde foi constatado diversos de pontos de venda de passagens clandestinos, saindo daqui do Maranhão, cidade de Peritoró, pro Sul do país”, explicou o fiscalizador da ANTT, Márcio Carvalho.

Seis (6) agências foram fechadas por venda irregular de passagens. Quem chega agora querendo comprar alguma encontra a porta fechada com este aviso de interdição da ANTT. Todos os proprietários localizados foram avisado de que a violação da interdição resulta em prisão feita pela Polícia Federal.

De acordo com Márcio Carvalho, que esteve à frente da operação, nenhuma tinha autorização pra venda de passagens, inscrição  estadual, nem  Alvará de funcionamento.

As agências fechadas ainda  terão 30 dias para recorrer administrativamente da autuação, caso não consigam reverter a situação serão multadas pelo funcionamento clandestino.

 “Eles foram autuados, uma autuação, eles têm 30 dias, após a notificação pra poder recorrer, após isso, não sendo indeferido o recurso vira uma multa…QUAL VALOR ESTABELECIDO, UMA MÉDIA? Se virar multa, uma das multa é no valor de R$ 7.600, a outra por divulgar sem ter autorização pra isso é por volta de R$ 3.500…ISSO POR CADA ESTABLECI8MENTO FECHADO? Por cada estabelecimento fechado”

Deixe um comentário