4ª Campanha ‘ Zé Pague os outros por favor’ faz oração em sufrágio da alma de vigias e zeladoras

A última vez que vigias e zeladoras de Codó receberam salários foi dia 24 de julho. Era pra receber o mês seguinte dia 28 de agosto e o prefeito os surpreendeu tirando-os da folha de pagamento da Prefeitura para mandar para uma terceirizada.

Desde 28 de agosto, o prefeito e a empresa dizem que o dinheiro já está na conta e que o BRADESCO passou a dificultar falando em atualização de contas-salário.

Ontem a notícia foi a de que os vigias e zeladoras não precisarão ir ao banco para a referida atualização, outra notícia, sustentada inclusive pelos vereadores da base aliada do governo, foi a de que o BRADESCO passará a fazer a transferência uma a uma, conta por conta e não se sabe quando todos os cerca de 900 trabalhadores, já passando fome, estarão todos pagos.

Em meio a tudo isso, a 4ª CAMPANHA ‘ZÉ PAGUE OS OUTROS POR FAVOR’ segue a todo vapor, inclusive abraçada por outros veículos de comunicação como a rádio Mirante AM, programa A VOZ DO POVO com Daniel Sousa, pelo programa FALA CODÓ, com Alberto Barros, pela FCTV.

Neste vídeo faço a ORAÇÃO do ‘ZÉ NOSSO QUE ESTAIS NO FÉU’ em sufrágio da alma dos nossos vigias e zeladoras que estão passando fome em Codó.

4 comentários sobre “4ª Campanha ‘ Zé Pague os outros por favor’ faz oração em sufrágio da alma de vigias e zeladoras”

  1. Essa grita do blogueiro é desproporcional ao procedimento administrativo, pois a sua ladainha aleivosa insinua como se o governo tivesse dado calote — o que não é verdade. A verdade é que, dialéticamente, as aleivosias promovem o governo; haja vista que logo sucumbem diante da verdade.

  2. Presidente da Câmara de Codó declara em sessão o secretário municipal da Casa Civil foi demitido, que sua criação é nula.
    e como fica os salários do secretário e benefícios todos auferidos, uma vez q nunca existiu a secretária? e os servidores da casa civil podem ir trabalhar hj ou estariam descumprimento a lei?
    pode explicar acelio, pfv

Deixe um comentário