Após semana pedagógica proveitosa aulas começarão dia 11 na rede municipal

Os professores de Codó estão participando da Semana Pedagógica que começou na última segunda-feira, 1º. Em quatro locais distintos  cada grupo trabalha seus próprios desafios.

Palestrante no grupo da zona rural
Palestrante no grupo da zona rural

No anfiteatro do Centro Unificado de Esportes do Vereda ficaram segunda e terça os  professores do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental, onde o  IDEB esteve entre as  preocupações.

 “A cada  ano que passa o IDEB em vez de melhorar em alguns momentos tem até caído, esse índice, então cada vez que cai é mais um desafio pra gente recuperar, a gente precisa estar muito bem focado nisso, unir as nossas forças, articular toda esta rede de conhecimento para que a gente possa tá revertendo esse quadro”, destacou o professor Sebastião Ribeiro

Os primeiros dois dias na escola Modelo Remy Archer foram dos educadores da zona rural. Mais de 300 efetivos participaram onde uma meta já até foi estabelecida para 2016, de acordo com o coordenador pedagógico, professor Paulo Roberto da Costa Nascimento.

 “A partir deste ano nós temos que passar de 4 (pontos)…ESSA É A META? É o nosso grande desafio e nós vamos conseguir com fé em Deus”, disse

ANALFABETISMO NO CAMPO

Para que tais metas sejam atingidas muitos problemas ainda precisam ser eliminados. No campo, por exemplo, a coordenadora-geral,  Ana Maria da Silva Lima “professora  Zuca”,  destacou o Analfabetismo ainda provocado, entre outros motivos,  pelo ensino de muitas séries dentro  um único ambiente.

 “Nós temos que erradicar esse analfabetismo no campo, nós ainda temos muitas dificuldades em alfabetizar alunos na zona rural por conta que ainda temos o famoso multisseriado, então nós estamos buscando método para que, pelo menos, erradiquemos um pouco desse multisseriado na zona rural”, afirmou

Durante os dois primeiros  dias todos ouviram palestras de especialistas sobre diversos assuntos e até aquelas que trataram  apenas da motivação do professor.

Os três últimos dias estão ocorrendo nas escolas de cada educador, como explicou professor Cícero Barros,  coordenador dos anos finais do Ensino Fundamental, que já deu previsão do início do ano letivo que está sendo planejado, dia 11 de fevereiro.

 “A partir dos dias 3, 4 e 5 os professores se dirigirão à suas unidades de ensino onde, com cada um de seus supervisores, irão trabalhar o planejamento anual  e a acolhida do aluno para o início do ano letivo…QUANDO COMEÇAM AS AULAS? O ano letivo no nosso calendário escolar está previsto para começar no dia 11 de fevereiro”

Um comentário sobre “Após semana pedagógica proveitosa aulas começarão dia 11 na rede municipal”

  1. Os professores nao Acélio.”os professores” Porque os contratados ficaram de fora,e as aulas mas uma vez vai começar sem os contratados,um absurdo que vem acontecendo em todos os anos do governo Zito.E quem é os principais prejudicado?. Os alunos.Os professores contratados Acélio fazem toda a diferença.Só gostaria de saber o porque,e nao venham dizer que o motivo é a crise,é só desculpas para o que há de verdade por trás.

Deixe uma resposta