Fale com Acélio

A aposentada , Pedrina de Sousa Barbosa, moradora da rua Tomé de Sousa, vem há meses enfrentando um grande problema causado, segundo ela, pela instalação de um poste da CEMAR na calçada da casa dela.

Dona Pedrinha
Dona Pedrinha

“Tá complicado, mas pra eles não é nada. Eles acham que eles têm direito de ajeitar um e prejudicar outros viu”, afirmou irritada

Ocorre que um profundo buraco foi aberto em frente à casa dela colado na fossa séptica da residência que recebe todo o resíduo líquido e as  fezes, principalmente, do banheiro. Por conta disso, ela e quatro netinhos foram obrigados a isolá-lo. Tomar banho agora só no quintal.

Poste prejudica a fossa
Poste prejudica a fossa

“Tá isolado o quarto e o banheiro também, ninguém usa mais o banheiro, banha no quintal porque a água que vem do banheiro fica acumulada aqui, descendo o sumo da merda aqui, eu abro um rêgo doente como você sabe que eu sou doente, é só pra me prejudicar e mais nada. Crianças podem, a qualquer momento, pegar nesse poste aí, esse buraco aí é muito fundo pode até uma criança vir caí aí dentro e ser puxado porque aí é muito fundo”, reclamou

IGNORADA PELA CEMAR

Dona Pedrinha, que luta contra um câncer, segundo a própria, deixou de ter paz. Por três vezes tentou solucionar o caso diretamente no escritório da empresa sediado em Codó, mas foi ignorada.

Na última vez em que funcionários da Cemar estiveram na porta dela agiram, na sua opinião, com deboche dizendo para as crianças que  “só voltariam quando o poste caísse”.

“E a Cemar fica fazendo isso comigo  porque ela é uma empresa muito rica então ela acha que tem direito de prejudicar a saúde de qualquer um ser humano”, disse completando

“Três vezes, a última vez eles estiveram aqui e disseram para as crianças, não pra mim, que eles só voltavam aqui se o poste caísse, que eles não tinham nada a fazer. A história da CEMAR foi essa e o rapaz, o Pedro lá no Fórum ligou para o gerente vir conversar comigo e ele não veio fez de conta que era um cachorro que tava falando com ele, ele não tá nem se importando,  então meu filho eu sou obrigada a procurar meus direitos porque é minha vida, a vida de minhas crianças que está em jogo”

NA JUSTIÇA

A aposentada denunciou sua situação ao juizado cível da Comarca de Codó, há cerca de um mês, e aguarda a decisão da Justiça.

 “A solução é eles pagarem os postes e pagar toda a despesa que eu fiz aqui de banheiro, calçada tudo, tá tudo esculhambado. É eles tirar o poste, eu não vou aceitar este poste aqui, eles beneficiaram a clínica aí na frente e prejudicaram a vida minha e de meus netos”, afirmou

2 comentários sobre “Aposentada tem vida prejudicada por ação da Cemar na Tomé de Sousa”

  1. Essa CEMAR!!! de mal a pior.Um circuito na última terça deixou a rua vizinha a esta(rua Porto Alegre) por mais de 4 horas sem energia e na casa de minha mãe queimou uma TV e a Nano dela

    1. Vc tem razão, na casa da mamãe tbm na Rua Porto Alegre não foi diferente, lá foram queimados: TV, geladeira, ar condicionado,telefone sem fio e três lâmpadas

Deixe um comentário

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

EDITAL

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

FACULDADE IPEDE

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

MUNDO DOS PARAFUSOS

Av. SANTOS DUMONT
CONTATO: (99)98161-3612

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Cacau Show – Codó-MA

 

Reginaldo

Baronesa Janaína

SÔNIA VARIEDADES

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias