Associação de Umbanda e Candomblé de Codó recebe R$ 150.000,00 do Governo Federal

A Associação de Umbanda e Candomblé de Codó e Região obteve liberação, dia 08 de outubro de 2013,  de recurso da ordem de R$ 150.000,00, vindos do Governo Federal para capacitação de seus membros. A informação é do Portal da Transparência. Veja abaixo o extrato informativo de liberação.

Número Convênio: 786483

Objeto: Este projeto tem como objeto capacitar lideranças de Casas Tradicionais de Matriz Africana em gestão institucional e de projetos, formar agentes jovens de Educacao Ambiental e criar uma rede com Casas Tradicionais de Matriz Africana para o compartilhamento e defesa de seus interesses.

Órgão Superior: PRESIDENCIA DA REPUBLICA
Convenente: ASSOCIACAO DE UMBANDA E CANDOMBLE DE CODO E REGIAO
Valor Total: R$ 150.000,00
Data da Última Liberação: 08/10/2013
Valor da Última Liberação: R$ 150.000,00

15 comentários sobre “Associação de Umbanda e Candomblé de Codó recebe R$ 150.000,00 do Governo Federal”

  1. Candidatura de César Pires para vaga de conselheiro do TCE é imoral
    Por Luís Pablo 16-10-2013 às 08:54 Política Comente

    É totalmente imoral a candidatura do deputado estadual César Pires para vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.
    O Blog do Luis Pablo apurou que Pires tem uma pilha de irregulares no órgão fiscalizador.

    Em uma vasta documentação obtida pelo blog consta uma serie de irregularidades no período em que o deputado foi secretário de Estado de Educação. São processos de deixar a pessoa de cabelo em pé.

    “Como é que uma pessoa que está cheia de bronca aqui no TCE poderá ser um conselheiro?”, disse uma fonte do Tribunal de Contas, ao titular do blog.

    1. Marcelo Senzala, eu Anelita gostaria que voce me endique um pai ou uma mae de santo que possa me ajudar aos meus propositos de saude e outros sou de sao luiz do anil meu nome e anelita.
      Eu gostaria de saber o telefone da Associação de Umbanda e Candomblé de Codó para fazer contato via telefone ou email obg.

  2. Será q será usado isso mesmo, tanto dinheiro q podia ta beneficiando crianças carentes, tratar doentes mentais e drogados de nossa cidade, pois muitos andam perambulando nas ruas e praças de Codó.

  3. “capacitar lideranças…”, “gestão institucional e de projetos…”, “agentes jovens de Educacao Ambiental…” “rede com Casas Tradicionais…”

    Que salada de objetivo é esse?

    1. Prezados Codóenses é uma honra Codó esta sendo conhecida como deve ser e para nós que cuidamos só de numeros aprovamos qualquer projeto, pois vivemos em um páis LAICO, sem qualquer discriminação de raça, etnia ou credo religioso. Em vez de criticarem de forma pejorativa faz a coica acontecer mesmo como a Associação dos Umbandistas de Codó que correram atras e conseguiram, Parabens Associação de Umbanda e Candomblé.

  4. Marcelo Senzalla, parabéns pela sua liderança. Sou testemunha da sua dedicação em melhorar a vida de seus membros associados. O curso vai capacitar as pessoas a organizar suas associações e a elaborar projetos sociais. E ainda vai capacitar sete servidores públicos municipais conforme entendimento com o Prefeito de Codó.
    A verdade é que as Igrejas Evangélicas tem projetos sociais e fazem um grande trabalho em nossa comunidade codoense, mas a maioria não está formalizado, por isso, não captam recursos. Não tem CNPJ, Estatutos, etc. Esta é a realidade de 99% de todas as associações codoenses evangélicas, católicas, umbandistas, espíritas e tantas outras.
    Cada tribo, comunidade, grupo,etc. tem o direito de buscar melhorar a vida de seus membros. O Marcelo está fazendo isso. Cabe a nós Evangélicos nos organizar e também pleitear os recursos que o governo e as instituições como Vale, Petrobrás, Banco do Brasil e outras colocam à disposição.
    Em 2014, estaremos fundando o INSTITUTO TERRA COCAIS que têm como objetivo principal levar capacitação a todas as Associações rurais ou urbanas, credo, cor ou qualquer filosofia de vida, orientando-as na captação e aplicação de recursos em projetos sociais em suas comunidades.

  5. Marcelo Senzalla, parabéns pela sua liderança. Sou testemunha da sua dedicação em melhorar a vida de seus membros associados. O curso vai capacitar as pessoas a organizar suas associações e a elaborar projetos sociais. E ainda vai capacitar sete servidores públicos municipais conforme entendimento com o Prefeito de Codó.
    A verdade é que as Igrejas Evangélicas tem projetos sociais e fazem um grande trabalho em nossa comunidade codoense, mas a maioria não está formalizado, por isso, não captam recursos. Não tem CNPJ, Estatutos, etc. Esta é a realidade de 99% de todas as associações codoenses evangélicas, católicas, umbandistas, espíritas e tantas outras.
    Cada tribo, comunidade, grupo,etc. tem o direito de buscar melhorar a vida de seus membros. O Marcelo está fazendo isso. Cabe a nós Evangélicos nos organizar e também pleitear os recursos que o governo e as instituições como Vale, Petrobrás, Banco do Brasil e outras colocam à disposição.
    Em 2014, estaremos fundando o INSTITUTO TERRA COCAIS que têm como objetivo principal levar capacitação a todas as Associações rurais ou urbanas, sem distinção de credo, cor ou qualquer filosofia de vida, orientando-as na captação e aplicação de recursos em projetos sociais em suas comunidades

  6. Inconstitucional!

    Onde está ao princípio do “estado laico”?

    A partir do momento em que o governo ERRA ao financiar e liberar verbas para determinada religião, torna-se inconstitucional, e os outros grupos religiosos? ficam desfavorecidos?

    Lamentável a postura do Governo Federal.

Deixe um comentário