Aumenta o interesse das mulheres por participarem das eleições de 2016

As eleições 2016 já começaram. Em Codó, a grande maioria dos pré-candidatos já iniciou sua fase de preparação para o período de campanha política e de cair em campo para comunicar isso ao eleitorado.

No entanto, o eleitorado feminino está chegando a conclusão que sua representatividade no parlamento ainda é muito insignificante.

Para se ter uma ideia, dos 11 vereadores da câmara municipal de Codó, apenas um edil pertence ao gênero feminino.

Visando essa grande carência de representatividade política para o público feminino, um grande número de pré-candidatos a vereador no município de Codó é formado por mulheres. Recentemente o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a veicular nas emissoras de rádio e televisão de todo o país a campanha “Igualdade na Política”, que visa estimular a participação da mulher na política.

De acordo com a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) essa propaganda institucional tem por objetivo incentivar a participação feminina na política, além de esclarecer os cidadãos sobre as regras e o funcionamento do sistema eleitoral brasileiro.

Mulheres codoenses competindoIMG-20160720-WA0003

A Lei das Eleições também assegura a reserva de 30% do número de candidaturas para as mulheres, em cada partido político ou coligação. De acordo com um estudo comparativo entre alguns países, apenas a aplicação da lei não é suficiente para que haja incremento na quantidade de cadeiras ocupadas por mulheres.

Para isso, precisaria, também, capacitar e criar programas de apoio, realizando campanhas de incentivo, a fim de despertar as condições para que elas participem dos processos decisórios do país.

Aproveitando esse bom incentivo, um grande número de mulheres codoenses lançaram suas pré-candidaturas e estão decididas a ampliar o número de cadeiras na câmara municipal.

Esta semana, a pré-candidata Nalvinha Mesquita recebeu dois apoios de peso para sua pré-candidatura. O primeiro a declarar apoio a pré-candidatura de Nalvinha foi o renomado médico e diretor do SAMU em Codó, Dr. Digeógio.

Apoio a pré-candidatura de Nalvinha Mesquita pois Codó precisa da sensibilidade e da força da mulher na câmara municipal. Por isso fico muito feliz de apoia-la nessa jornada”, declarou o médico. Outro nome que declarou apoio a pré-candidatura de Nalvinha esta semana foi o empresário e fazendeiro da região da Trizidela  Álvaro Nunes.

Nalvinha Mesquita agradeceu ao apoio e reconheceu que os dois amigos serão fundamentais para ajudar em sua caminhada.

Quero agradecer muito ao apoio e carinho de Dr. Digeorgio e de Álvaro Nunes. As mulheres ocupam hoje baixos percentuais de vagas nos cargos eletivos no Brasil. São 10% dos deputados federais e 14% dos senadores, apesar de serem metade da população e da força de trabalho na economia. O percentual é idêntico nas Assembleias Estaduais e menor nas Câmaras de Vereadores e nos poderes Executivos. Por isso precisamos mudar esse panorama”, finalizou Nalvinha.

Ascom

3 comentários sobre “Aumenta o interesse das mulheres por participarem das eleições de 2016”

  1. ESSA MOÇA SERÁ A SUBSTITUTA DE CHIQUINHO DO SAAE. JÁ ESTÁ ACERTADO, CHIQUINHO VICE DE NAGIB.

    NEGOCIAÇÕES:

    1. NALVINHA VEREADORA OCUPANDO VAGA DE CHIQUINHO;
    2. CHIQUINHO VICE-PREFEITO E VAGAS PARA FUNCIONÁRIOS NA PREFEITURA;
    3. CHIQUINHO NO COMANDO DO SAAE POR MAIS 4 ANOS.

Deixe um comentário