Balanço do TRE-MA mostra quantos timbirenses passaram pela biometria

Arquivo - recadastramento
Arquivo – recadastramento em Timbiras

O prazo para que o eleitor regularizasse sua situação perante a Justiça Eleitoral encerrou nesta quarta-feira, 7 de maio. No Maranhão, assim como em todo o Brasil, os cartórios e postos instalados pelo Tribunal Regional Eleitoral registraram um elevado número de pessoas à procura de atendimento, apesar de todas as campanhas desenvolvidas alertando sobre o prazo.

“Em 4 de março de 2013 iniciamos o processo de recadastramento biométrico dos eleitores da capital e desde então pedíamos ao eleitor para que ele não deixasse para última hora. Infelizmente, muitos arriscaram e vão ficar com os títulos cancelados, impedidos de votar nas eleições de 2014”, explicou Froz Sobrinho, presidente do TRE-MA.

Só em São Luís, no último dia, apesar de terem sido distribuídas senhas de não-agendados para quem estava nas filas, o Fórum Eleitoral, Shopping São Luís, Viva Cidadãos e CSU Cohab funcionaram com capacidade máxima.

Em outros municípios, como Paço do Lumiar e Raposa, que fazem parte da região metropolitana, o atendimento ocorreu até a madrugada. Em 2012, o Maranhão somava 4 milhões 558 mil e 855 eleitores aptos a votar. Em 2014, os números oficiais serão divulgados pelo TSE em julho, mas estima-se que sejam de 4 milhões 502 mil eleitores.

Biometria

Em 2013 e 2014, 6 cidades maranhenses passaram pelo processo de recadastramento biométrico: São Luís, São José de Ribamar, Barra do Corda, Timbiras, Fernando Falcão e Jenipapo dos Vieiras.

De acordo com dados da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal, 627 mil eleitores de São Luís se regularizaram, sendo que a estimativa é que permaneçam cancelados 130 mil eleitores. Nos demais municípios os números de eleitores recadastrados são:

– São José de Ribamar: 82 mil 180 eleitores;
– Barra do Corda: 49 mil 512 eleitores;
Timbiras: 17 mil 152 eleitores;
– Fernando Falcão: 5 mil 922 eleitores;
– Jenipapo dos Vieiras: 9 mil 277 eleitores

Deixe uma resposta