Blogdoacelio continua sendo referência até em sala de aula

Exposto em parede de escola
Exposto em parede de escola

Desde que este blog entrou no ar, no dia 30 de janeiro de 2011, tenho tido muitas alegrias. Aos poucos fomos ganhando espaço na vida dos leitores, viramos leitura obrigatória nos meios de comunicação que prezam por informação segura e chegamos ao topo da preferência dos internautas (onde estamos há mais de 2 anos).

Uma dessas alegrias é fomentar o debate dentro da sociedade seja com assuntos polêmicos como foi a minha opinião sobre a juventude alienada ou com textos sobre nosso cotidiano.

SEM RÁDIO OU TV

No caso da juventude alienada rádios e TVs evitaram destacar o assunto porque possuem seus interesses políticos. Retransmitir para o grande público uma opinião desfavorável à uma grande massa que vota alienadamente não é bom para as campanhas.

Mas mesmo sem o impulso dos grandes veículos, o blog do Acélio foi parar nas salas de aula. Diversos professores, no auge da polêmica, pararam-me para falar que exagerei nos termos ou dizer que era aquilo mesmo e que alguém precisava falar publicamente, já que o ato precisava de bastante coragem e de alguém despio dos temores impostos por uma sociedade conservadora e pra lá de hipócrita (faça isso, faça aquilo, isso pode, isso não pode).

Houve professores que leram o texto em sala de aula para fomentar o debate, soube de discussões acaloradas, contra e a favor,  até em instituições  de ensino superior.

Foi ótimo, muitos odiaram meu posicionamento sobre os alienados, os vereadores que adoram gobilas que votam me espancaram na Câmara, radialistas ligados à grupinhos barrelas e sem futuro político me trucidaram, mas, enfim, todos pensaram a respeito do tema fazendo com que o blog atingisse seu principal objetivo.

Duas páginas atrás dos alunos
Duas páginas atrás dos alunos

MAIS UMA ESCOLA

Na última sexta-feira, estive na escola Cristo Rei, comunidade de Bacabinha, onde moram 222 famílias. Lá deparei-me com outra cena que trouxe-me muita  felicidade – páginas do blog expostas nas paredes de uma sala.

Desta vez o assunto de polêmico nada tinha, tratava de um problema local, os brejos secos, fato que deve ter despertado a curiosidade dos estudantes.

Devo dizer que  alunos do curso de licenciatura em Química do IFMA (último período) desenvolviam na escola um excelente projeto no momento em que fotografei as páginas na parede e devem ter alguma coisa a ver com a iniciativa (depois falarei de tal projeto aqui).

De toda forma, fiquei felicíssimo. Temos uma utilidade, não fazemos jornalismo de brincadeira, tratamos a coisa com seriedade e isso nos garante a tão cobrada credibilidade.

Está provado que somos referência, até em sala de aula.

Só fontes seguras tem o respeito das mentes que pensam melhor (educadores) e nós estamos, certamente, entre estas dentro do nosso município.

6 comentários sobre “Blogdoacelio continua sendo referência até em sala de aula”

  1. Bomba, bomba e bomba!

    O Blog do Luis Pablo vai estourar uma bomba sobre o prefeito do município de…. O cabra querendo escapar dos grampos das policiais Estadual e Federal comprou um celular de tecnologia israelense. É coisa de primeiro mundo. Detalhe: e caro também.

    Tudo será publicado com provas documentadas. Aguardem!

  2. (faça isso, faça aquilo, isso pode, isso não pode). Muito bonito na teoria, mas na prática… Na morte do Júnior na Fábrica de Cimento em setembro/2013, FCFM e FCTV não foi colocado matéria sobre o caso nas duas do Grupo FC. No seu blog também não saiu nada, por quê? Disseram que Grupo FC não permitiu. Você é acostumado chamar alunos, juventude e outros de alienados. Será que tu és superior a eles. Blog ser lembrado em salas de aulas é bom, mas tem que haver um grande cuidado com o assassinato da gramática.

  3. O que esperar de um profissional competente: SIMPLES SUCESSO, ponto final.

    Agora aqueles com frases pífias ao final do programa na Tv do 43, é sinônimo de incapacidade de produção e formação intelectual do apresentador.

    Você Acélio é um sucesso em qualquer lugar, pela sua simplicidade e por em nenhum momento querer aparecer, muito menos diminuir SUPOSTOS “inimigos do além” criados por apresentador somente na cabeça “vazia”, mas não e pode esperar outra coisa de “apresentado” sem voz e sem formação profissional.

Deixe uma resposta