Juventude responde à chamado e garante sucesso da Caravana Esportiva de Codó

A Caravana Esportiva de Codó levou centenas de crianças, adolescentes, jovens, adultos e até idosos à Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) na manhã de ontem, 27.

Todos foram em busca da diversidade de práticas esportivas disponibilizadas pela organização que ficou a cargo de um grupo de profissionais da empresa FC Oliveira, liderada pelo empresário Chiquinho Oliveira. Tudo com o apoio do Governo do Estado que também enviou uma equipe para sustentar, in loco, a parceria de sucesso.

Na quadra da AABB houve futebol de salão, tinha Vôlei ao fundo, no campo society nada menos que 24 equipes se inscreveram para disputar a premiação.

As meninas jogaram partidas de futebol de travinha, bem ao lado crianças e pré-adolescentes se divertiam com o futevôlei.

Filas se formavam para o pula-pula, enquanto ao redor muitos brincavam de bambolê ou aproveitavam o escorregador. Em meio ao rebuliço que se tornou o local, havia distribuição de picolés e sorvete.

Um público mais adulto curtiu, debaixo da cobertura, aulões de aeróbica, no local também houve disputa de forró.

A NECESSIDADE DOS JOVENS

Em entrevista ao blogdoacelio, o empresário Francisco Carlos de Oliveira disse que sentiu, depois de ficar admirado com a grande participação popular no primeiro evento, a necessidade de ofertar esporte e lazer aos jovens.

“A avaliação que nós fazemos nesse momento é a carência de lazer para a juventude de nossa cidade, eu quero aqui dizer que o GOVERNO FLÁVIO DINO, através da SEDEL e do Grupo FC Oliveira, nós acertamos na hora de estarmos fazendo o plano piloto, Codó é o plano piloto para que o governo leve essas ações para várias cidades de nosso Estado”, disse

Para o empresário, o esporte tira faz com que muitos jovens não se envolvam com o grande mal do século, as drogas.

“Esse jovem precisa de lazer, esse jovem precisa de esporte porque todos nós sabemos que lazer e esporte tira essa juventude da droga e a nossa maior preocupação hoje é saber conduzir essa juventude para que não entre no mundo perdido, que é o mundo da droga”, afirmou

NOVOS PLANOS

Em outubro o evento será realizado noutro bairro ainda a ser anunciado.

Chiquinho Oliveira também garantiu que a Caravana Esportiva do governo do Estado, governador Flávio Dino,  e do Grupo FC Oliveira vai até à zona rural.

“Com certeza, essa programação se estende, se não me engano até janeiro, ou seja, nós vamos chegar com essa programação até na zona rural, em pouco tempo nós vamos chegar com essa programação no povoado Cajazeiras (86 kms da sede) e nós vamos percorrer os principais bairros de nossa cidade com essa caravana”, garantiu

5 comentários sobre “Juventude responde à chamado e garante sucesso da Caravana Esportiva de Codó”

  1. Parabéns ao jovem Francisco Nagib, a população esportiva codoense agradece o empenho que você vem demonstrando pela classe, espero que após eleito continue com o belíssimo trabalho que o prefeito Zito vem fazendo pelo esporte de Codó.

  2. AL aprova projeto de Joaquim Haickel que dá incentivos fiscais a quem patrocinar a cultura e o esporte
    Publicado em 1 de dezembro de 2010 por gilbertoleda

    Haickel garante que projeto é constitucional

    A Assembléia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (1º), dois projetos de lei de autoria do deputado Joaquim Haickel (PMDB) que concedem incentivos fiscais a empresas localizadas no Maranhão dispostas a financiar projetos esportivos e culturais.

    Na prática, quem patrocinar eventos e atividades nesses dois segmentos será recompensado com abatimento no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

    É ASSIM QUE FUNCIONA DESDE 2011. ENTÃO, DESDE 2011, AS EMPRESAS PUDERAM CONSEGUIR ABATIMENTO NO ICMS E DESTINAR OS VALORES CONCEDIDOS ÀS CARAVANAS ESPORTIVAS.

  3. Cômico, patético, só agora??? E a quadra que era pra ser construída em timbiras e até hoje nunca foi seu FC… ??? Ano passado ele recebeu o mesmo incentivo e preferiu levar pra timbiras, porém nunca construiu nada…

  4. O senhor M tem empresa, o B tem empresa, o R tem empresa. Apesar disso nunca usaram suas empresas para promoverem eventos esportivos na cidade. Agora vem criticar quem faz.

Deixe um comentário