Codó pegando fogo e vereadores discutindo calçadas e construção de trailer pra venda de lanches

Enquanto existem muitos outros assuntos orbitando sobre a cabeça dos codoenses, o assunto mais importante para os vereadores ontem (6) na Câmara foi as rampas da rua Afonso Pena e pequenas construções (de trailers para venda de lanches, por exemplo, citados por Pedro Belo) erguidas, na opinião dos edis, fora dos padrões do Código de Postura do Município e debaixo das barbas da falta de fiscalização da Prefeitura.

Quem puxou o bloco desses assuntos, pra lá de importantes num município que anda bombando nas páginas digitais, no rádio e na TV por razões nada agradáveis (Cassação de prefeito, contratos de obras para fiscalizarem, falta de merenda na zona rural, dentre outros) foi Maria Paz, que criticou até os comerciantes.

“Então tem que ser feito um trabalho urgente até porque uma pessoa idosa, ela tem dificuldade de andar nas calçadas e aí se alguém cair, machucar, quebrar um braço alguém tem que se responsabilizar, e esse alguém se é o município ou quem fez a rampa, porque eu acredito que as duas tem responsabilidade, um porque não pediu a orientação e o outro porque não fiscalizou. Então eu acredito que o município tem que dá uma atenção especial pra essas rampas na Afonso Pena, eu falo na Afonso Pena porque é o maior fluxo da cidade de Codó”

“Os comerciantes que estão reformando as lojas eles continuam fazendo errado, então tá mostrando que o órgão público e eles não tão se entendendo não tão pedindo orientação pra fazer o correto (…) então eu peço aqui, encarecidamente até que a Secretaria responsável, que é a secretaria de Obras junto com a de patrimônio, eu acredito, né, senhor presidente , que dê uma atenção ali antes que aconteça um acidente mais grave com qualquer pessoa e também pra melhor o acesso principalmente para os cadeirantes”

PEDRO BELO ENGROSSOU O CALDO

Pedro Belo (PCdoB) engrossou o coro por assuntos relevantes. Chamou de ‘outra coisa séria’ construções feitas de maneira irregular (leia-se sem orientação da Prefeitura).

“Essa questão da rampa é um problema sério no município de Codó, as calçadas feitas de qualquer maneira, isso é um problema sério no município de Codó e se você for olhar a Lei Orgânica do município lá tá dizendo que você tem que respeitar a regulamentação de suas construções para que dê acesso às pessoas.

“Outras coisas sérias no município de Codó é essas construções que estão sendo feitas de maneira irregular. Eu passo ali na Marcos Rocha, claro que todo mundo tem que comer, tem que colocar seu comércio, pra poder vender, e eu olhei ali no início da passarela foi colocado um trailer pro cara vender um lanche e agora o cara fez a construção de cimento, você passa no troca-troca tá sendo construído em cima da água fria uma construção de cimento, passo ali perto do Pedro Celestino outra construção de cimento, nós temos que atentar pra isso e eu queria que esta Casa enviasse indicação até para o setor jurídico, ao secretário Márcio Esmero que eles criem esse grupo, um departamento dentro da própria secretaria para dimensionar essas construções”, disse

DOMINGOS REIS FECHOU O ASSUNTO

Coube a Domingos Reis (PT) fechar a cova de assuntos relevantes. Disse que todo codoense constrói como quer hoje em dia, até fechando ruas e isso eles (vereadores) não podem admitir.

“Na verdade parece que o nosso Código de Postura hoje não está mais sendo usado (…) porque você ver o seguinte: a pessoa vai construir hoje uma rua, qualquer coisa que seje, primeira coisa que faz pega uma carrada de barro, uma carrada de areia e já interdita a rua, ninguém passa, ninguém pode trafegar e fica por isso mesmo até a pessoa concluir a obra, então nós não podemos admitir isso”, disse

N altura de um campeonato desses, onde a principal partida é a Prefeitura contra o time do povo, é duro o cabra dormir com o barulho de um apito desses.

22 comentários sobre “Codó pegando fogo e vereadores discutindo calçadas e construção de trailer pra venda de lanches”

  1. Por mais que o assunto pareça irrelevante tem fundamento a preocupação dos vereadores, agora o que preocupa é que eles só levantam esses assuntos quando querem desviar o foco deixar de colocar em pauta as coisas cabeludas. Agora lamentável mesmo é a possibilidade da reforma política ampliar o mandato desse povo por mais dois anos, vixe….

  2. Os problemas grande de hoje existem pq deixaram crescer, eles estão certo tem q resolver agora enquanto ta pequeno, agente anda na Afonso pena já n tem nem espaço pra caminhar ao de pequenas barracas e todo dia surgi uma nova…na época q o Ricardo mandou retirar os treeler muitos foram contra eu fui um mais hoje agradeço pq se n Codó estava só treeler…

  3. Realmente, essas calçadas estão muito poluídas, tanto com caixas de som ou com vendedores ambulantes, isso dificulta demais a passagem de quem quer ir e vim, por favor tomem logo uma decisão sobre isso.

  4. Gostaria comunicador de obter respostas sobre o mais educação pois até agora não começaram as aulas.
    Vou citar também o centro de hemodiálise até agora nunca foi inaugurada e pois sei já foi liberada para tals fins ou nosso amigo prefeito está esperando os pacientes morrerem de fadiga em uma “lata velha” sem arcodicionado.
    Por fim gostaria de respostas obre as casas populares.
    OBRIGADA E BOM DIA…

  5. O Acelio tem a moda de barrar alguns comentarios contra FC. Pois bdm, se o FC chegar à Prefeitura de Codo, não sei quando, a população não quer isso. Todas as firmas que irão prestar serviços pra Prdfeitura de Codo serão: FC LIMPEZA, FC CONTRUTORA, FC DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS, FC ALIMENTOS, BOI BOM, LIQUIGAS, FC FARDAMENTO ESCOLAR, FCFM, FCTV, ETC. E os donos de clubes vão passar por apertos.

  6. É muito melhor a prefeitura comprar na mão do FC do que ficar comprando fora, pelo menos vai gerar emprego aqui.Marrudo,de onde vem os medicamentos da prefeitura? De onde vem a merenda escolar? De onde vem o material de limpeza? Vem tudo de fora, são três milhões de reais indo para outros estados.Agora imagina o Codó sem FC Oliveira, sem a liquigás,sem a FC Motos, sem os frigoríficos Boi Bom.Significa três mil pessoas sem emprego.

    1. Humberto, só FC, os outros empresários de Codo vai ficar chupando dedo. Vamos ter um portão em cad entrada da cidade, até os lavradores vão pagar imposto até pela venda de um litro de castanha, é só esperar pra ver. Só que vai demorar, o povo ja disse que não quer FC na Prefeitura mermao.

  7. Sou a favor de que o seu Chiquinho não faça mais política, pois o que ele faz como empresário é grandioso para Codó. Fazendo política vai ficar sofrendo críticas mentirosas. .Tudo que faz é com competência e indo para a prefeitura vai desbancar os esquemas e iniciar a era da competência, isso tá fazendo o Marrudo tremer na base.

    1. Kely, acho que, quem treme na base é vc, viu? E vc sabe bem como é. Sou aposentado minha filha e agora façoLguns bicos pra ccomplementar a renda.

  8. NÃO SÃO VEREADORES DA OPOSIÇÃO?

    CADÊ OS VEREADORES DO COMUNISTA FLÁVIO DINO QUE QUEREM SER CANDIDATOS A PREFEITO DE CODÍ E NÃO TEM A CORAGEM SEQUER DE FALAR SOBRE A CASSAÇÃO DO ZITO E DA CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS ….. PELO PREFEITO.

    ESSES AI FICARÃO SEMPRE MUDOS E CALADOS, E ASSIM PERMANECERÃO.É ASSIM QUE AGEM CONTRA QUEM ESTÁ NO PODER.

  9. Esse, Marrudo, e um babaca.Todo governo eh assim, o prefeito atual falava mal do senhor Biné, tá fazendo pior. PARABÉNS as TVs que denunciam as coisas ruim que aconteçem em nossa cidade, pois a TV do governo, só vai dizer estão trabalhando. Em todo mundo eh assim, Cara pálida.

    1. Felicidade minha filha, você quer saber porque eu sou Marrudo? Politicos tem que tolerar nois eleitores. Voce deve ser uma funcionariazinha do FC.

  10. É bom a preocupação com acessibilidade, mas se estão querendo fazer obras em locais mais antigo, por que não olhar para infraestrutura dos novos bairros? Seria bom que os novos bairros já fossem feitos com tais infraestruturas de acessibilidade, esgoto, meios fios, etc… Assim, não precisariam correr atrás do prejuízo.

Deixe um comentário