Codó receberá R$ 300.000,00 para campanha de diagnóstico precoce da hanseníase

Maria Paz
Maria Paz

A Vereadora Maria Paz (PV) chamou a atenção das autoridades municipais e da população codoense para um importante assunto de saúde pública: o diagnóstico precoce e tratamento gratuito da hanseníase. A parlamentar anunciou que o governo municipal conseguiu, junto ao governo federal, recursos da ordem de R$ 300.000,00 para a implementação, em Codó, das ações da Campanha Nacional Diagnóstico Precoce da hanseníase.

Essa é mais um conquista da saúde de nosso município. É um importante recurso que será usado em beneficio da saúde dos codoenses. O Brasil é o 2º país em casos de hanseníase em todo mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) nosso país registrou em 2011 cerca de 30 mil novos casos da doença. Número inferior apenas aos 127 mil casos da Índia, que tem uma população cinco vezes maior”. Alertou.

A vereadora também disse que a campanha terá início em março, logo após o carnaval. Uma equipe composta por seis profissionais na área da saúde (2 enfermeiros e 4 técnicos em enfermagem) percorrerão pelo período de um ano a zona urbana e rural do município de Codó, visitando as famílias de casa em casa. Os profissionais farão o diagnóstico da doença, orientarão a população sobre os sintomas e encaminharão os infectados para o tratamento, que é oferecido gratuitamente pelo SUS. Também serão desenvolvidas atividades e divulgação do material da campanha na rede pública de saúde e na mídia local.

Maranhão é o terceiro do país em número de hanseníase

Um balanço divulgado pelo governo federal indica que três estados registram as maiores incidências de hanseníase do país, com coeficiente de prevalência acima de três casos para cada 10 mil habitantes – Mato Grosso (7,69), Tocantins (5,54) e Maranhão (5,22). Em Codó, a campanha e os atendimentos para o diagnóstico precoce serão mais ostensivos na periferia e zona rural.

Maria Paz pediu na tribuna que a população siga as orientações propostas pela campanha e pela Secretaria Municipal de Saúde, no sentido de reduzir os casos da doença no município, detectar as pessoas infectadas e oferecer o tratamento adequado.

Iremos começar um grande campanha que foi lançada pelo Ministério da Saúde e recebemos a verba para trabalhar para diminuir os casos em nosso município e em nosso país. As pessoas têm que procurar cuidar mais da saúde. A hanseníase é uma doença silenciosa, mas se detectada a tempo possui tratamento e cura. É preciso intensificar os esforços para a informação, diagnostico, tratamento e cura de nossa população e atacar a hanseníase”. Finalizou.

Ascom/Vereadora Maria paz

3 comentários sobre “Codó receberá R$ 300.000,00 para campanha de diagnóstico precoce da hanseníase”

Deixe um comentário