Codó, Timbiras e Coroatá estão entre os municípios que mais desmatam o cerrado brasileiro

Na região dos Cocais, entre os municípios que mais desmatam o cerrado aparecem Codó, Timbiras, Aldeias Altas, Caxias, São João do Sóter e Coroatá.

Cerrado em chamas

A informação foi divulgada na última segunda-feira (26) pelo Ministério do Meio Ambiente, que publicou uma portaria identificando as cidades prioritárias no monitoramento e controle do desmatamento ilegal no bioma.

CONCENTRAÇÃO DEVASTADORA

A lista com as 52 cidades desmatadoras concentra 44% da devastação registrada no cerrado, embora representem pouco mais do que 3% do número total de cidades do Cerrado, onde o corte de vegetação passou a ser monitorado por satélites desde 2008.

Os critérios para a entrada da lista de municípios prioritários do Cerrado foram dois: o desmatamento de mais de 25 km² entre 2009 e 2010 e o registro mais de 20% de vegetação nativa remanescente

O Maranhão é o Estado com maior número de cidades devastadoras. O Ministerio entende que as atividades que mais motivam o desmatamento são a pecuária, a produção de carvão, e a agricultura de soja, algodão e arroz.

A LISTA

Abaixo a lista com os 20 municípios maranhenses que mais desmatam:

Aldeias Altas, Alto Parnaíba, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriti, Caxias, Chapadinha, Codó, Coroatá, Grajaú, Parnarama, Riachão, Santa Quitéria do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São João do Soter, Timbiras, Tuntum, Urbano Santos e Vargem Grande.

Deixe uma resposta